terça-feira, 7 de julho de 2009

Partido formaliza apoio a Costa e Newton chama Itamar de cadáver

A executiva regional do PMDB vai intensificar ações para consolidar a candidatura do ministro das Comunicações Hélio Costa ao governo de Minas em 2010. Uma resolução foi aprovada na reunião da executiva do partido, ontem, pelo apoio incondicional à candidatura de Costa. O documento foi entregue ao ministro em um jantar que reuniu os principais nomes da legenda.
O presidente estadual do PMDB, Fernando Diniz, disse que a recente decisão do PT de ter candidato próprio ao governo não vai atrapalhar as negociações para uma aliança entre as duas legendas. “Todos os esforços para a candidatura dos partidos em âmbito nacional devem orientar o restante das discussões”, afirmou Diniz.
Eleições internas. Se a bancada está unida em torno de Hélio Costa para o governo do Estado, o mesmo não se pode dizer da sucessão dentro do próprio partido. No discurso, todos defendem que a decisão deve acontecer mais próximo do pleito. Mas nos bastidores, o consenso parece estar longe.
O nome de Fernando Diniz divide alguns setores do partido, com grande rejeição entre a bancada estadual, mais próxima do deputado Adalclever Lopes, o candidato da oposição.

Newton. O ex-governador Newton Cardoso comentou a filiação de Itamar Franco, seu desafeto, ao PPS. “Ressuscitaram o Itamar? Ele é um cadáver”. (Guilherme Ibraim/Rafael Gomes)
Postar um comentário