terça-feira, 28 de julho de 2009

Moradora de Betim morre com suspeita de gripe suína


Mulher de 25 anos foi internada na sexta-feira e faleceu ontem pela manhã
Por Thiago Nogueira, Especial para o Tempo:
A demora em diagnosticar possíveis sintomas de gripe suína pode ter causado a morte da operadora de caixa Keila Daniele de Sales Souza, 25. Com febre, vômitos, dor de cabeça e falta de ar, ela foi internada no Hospital Municipal José Sabino Neto (antiga UAI Teresópolis), em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, na última sexta-feira.
No domingo, o estado de saúde dela piorou, evoluindo para uma pneumonia grave. Na tarde de anteontem, a equipe médica da unidade suspeitou de gripe suína. O hospital de Betim, então, solicitou uma vaga no CTI do hospital referência Eduardo de Menezes, na capital. Contudo, de acordo com nota divulgada pela Prefeitura de Betim, não havia leitos no hospital de Belo Horizonte. Profissionais do Hospital Eduardo de Menezes estiveram em Betim e coletaram amostras da paciente. Porém, ontem, pela manhã, Keila sofreu uma parada respiratória aguda, seguida de parada cardíaca, provocando a morte.
A família de Keila acusa o hospital de negligência médica. "Minha mãe a levou ao hospital na sexta e disseram que estava com úlcera nervosa. No sábado, falaram que era Aids. Só no domingo que eles coletaram amostras e disseram que poderia ser gripe suína", contou Katiane Cristine Sales, irmã de Keila. Leiam mais
Postar um comentário