terça-feira, 28 de julho de 2009

CONHEÇAM O "ARNALDO SERVIDOR" ELE QUER QUE EU LARGUE DO PÉ DO SAAE

Amigo leitor vai abaixo em vemelho um dos comentários mais reveladores já enviados a este blog por um sujeito que se identifica como “Arnaldo servidor”, a origem do seu comentário eu sei de onde é, e vocês não terão dificuldade em descobrir. Vale a pena ler a sua fala para conhecer bem como pensa essa gente. Faço em azul as intervenções sobre sua fala que considero pertinente.

Caro Leonardo, pelo visto vc não entendeu nada da proposta do SAAE com esta estação de envase. A finalidade é tão somente a valorização de uma empresa Setelagoana, da qual todos nós desta terra (o que vc não é) temos uma parte!

Começo pela finalidade. Sim, vocês colocam o negócio “empresa Setelagoana” acima da população, isso você não precisava nem dizer que para boa parte dela, população, já está claro. Afinal, quem é que vai alugar as maquinas, caminhões, não é mesmo? O SAAE é fundamental. Assim, como não lutar pelo negócio, não é? Em Sete Lagoas se aplica bem a aquela frase: "o último refúgio dos canalhas é o patriotismo".

Você está prestando um grande serviço para a conscientização da sociedade ao confessar esta visão de que nós imigrantes desta terra não temos parte no patrimônio público local e ele é privativo dos, como você diz?, “nós desta terra”. Acho que nunca alguém tinha sido tão claro.

Neste sentido bairrista vocês a propósito só trouxeram os forasteiros para o governo porque no grupo falta competência. Por isso precisaram contratar essas pessoas para lhes prestar um servicinho, não é?

Seria bom que vc deixasse de vez de pegar "no pé do SAAE" qto a qualidade de sua água (...)

Seria bom prá quem? A população por exemplo adorou o trabalho deste blog por ter revelado que o SAAE trata a água envasa com um sistema que a que chega a ela não tem, sabia? Ah, e as pessoas não gostaram nem um pouco. Bem, mas eu sei que vocês não me suportam porque eu não faço parte da imprensa a favor.

E sabe de uma coisa vocês vivem em conflito com a Câmara e a população não é por conta tentar acabar com esse ou aquele privilegio, não. É por essa arrogância que você demonstra.

Outro ponto. Sei que para um sujeito como você que considera que Sete Lagoas uma espécie de cuba com leis particulares. É por isso, que gente como você pensa ser a cidade uma propriedade privada e querem castrar a liberdade do debate público, que cheire a fiscalização. Ainda bem, que a maioria da população que é sua conterrânea não pensa como você.

Sim, tenho ficado sozinho nessa tarefa de alertar a população, mas não me importo quando eu denunciei os problemas com o PAC no governo anterior também estava sozinho até que PF bateu à porta da prefeitura e aí cidade percebeu que estava com a razão. Um mês depois de minha fala na Câmara Sete Lagoas a cidade era investigada. E quando disse que o PAC emPACaria foi do mesmo modo e outras tantas outras coisas que daria mais alguns posts.

(...) seria bom também se você parasse de TENTAR jogar a população contra o SAAE.


Sabe quem joga a população contra o SAAE? A política implantada no SAAE por vocês. Hoje mesmo encontrei diversas pessoas indignadas ao saberem pelo blog – são cerca de 5.000 mil leitores só em Sete Lagoas por semana - que o SAAE terá uma água que “passa por várias etapas, com filtros, inclusive barreira ultravioleta com lâmpada específica para matar germes e bactérias, dando ótima qualidade à água.” E outra que é distribuída a população só passa por UM SIMPLES PROCEDIMENTO DE CLORAÇÃO. Isso é que é jogar a população contra o SAAE. E tenho certeza que os funcionários do SAAE estão constrangidos com essa prática.

A qualidade da água da cidade já esta mais que comprovada com a vinda da Ambev para a cidade, ou seja a água que você alega que não presta, agora é distribuida para o mundo através das cervejas aqui fabricadas!

Pois é né só, então como você explica o cidadão não suportar tomar liquido retirado do subsolo e viver comprando água mineral? A explicação é óbvia: a água retirada e entregue em nossas residências só passa por um simples procedimento de cloração. Agora imagina o tratamento que recebe a água retirada pela ambev de sete lagoas? Você deve saber que até água do mar pode boa para beber basta que se faça dessalinização (tratamento) dela.

A pergunta é outra: é viável economicamente tratar a água do subsolo de Sete Lagoas para que ela fique com um padrão pelo menos igual a envasada pelo SAAE, ou ainda com o padrão sofisticado de tratamento da água da AMBEV, para atender toda a população? NÃO!!! O custo é insuportável.

Mais uma coisa, se o SAAE acabar onde você distribuiria seus santinhos nas proximas eleições??? E qual seria seu novo "alvo" ???

Vão duas questões aí. Começo pela eleição e santinho, o seu governo só chegou onde está porque faltou alguém para fazer esse debate franco que faço hoje, no período da campanha. Imagine se a população que não nasceu em Sete Lagoas ficasse sabendo que os bens sociais da cidade são considerados de propriedade exclusiva de quem nasceu aqui.

Quanto ao “novo alvo” ele não existe porque meu alvo será sempre uma cidade melhor para se viver e trabalhar. Assim, se a água é o problema luto para melhor, a saúde á mesma coisa – a propósito você sabia que fui eu que dei idéia da macroregião que viabilizou os recursos para o Hospital Regional e não é só: até a localização onde o hospital vai ficar foi uma briga minha. Eu não tenho o SAAE como alvo; tenho a cidade melhor como alvo. Não fosse isso eu não defenderia uma das poucas coisas boas do governo, que é o trabalho na Educação.

O papo SAAE x Copasa é coisa do passado, vire suas atenções para algo maior ok?
(Arnaldo servidor)
17:50
Publicar Recusar

As pessoas sempre questionam por que milhões de pessoas em Minas podem ter uma água de boa qualidade fornecida pela Copasa e elas não podem?
Postar um comentário