terça-feira, 21 de julho de 2009

VÍDEO DO PREFEITO DE PARAOPEBA DANDO TIRO ATIRANDO EM ADVERSÁRIO FUNCIONÁRIO PÚBLICO



(DATA ORIGINAL DA POSTAGEM 10 DE JULHO DE 2011)
Paraopeba. O prefeito do município de Paraopeba, Marcelo Uberaba (PT), é procurado pela polícia da cidade após tentar matar a tiros um adversário político, no fim da tarde de ontem, no bairro Industrial. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu na casa de Wilson de Campos Rocha, 52. Um vídeo feito por uma testemunha no momento do atentado está sendo analisado pela polícia.




Funcionário da prefeitura há mais de 30 anos e presidente do PMDB na cidade, Rocha acredita que o crime tenha motivação política. A vítima contou que está movendo uma ação civil pública contra o prefeito por superfaturamento em compras de materiais da prefeitura.

"Parece que ele ficou magoado. Já tivemos discussões na política e em campos de futebol, mas nada além disso. Nunca chegamos ao ponto de uma agressão física", afirmou o funcionário público.



A tentativa de homicídio, conforme o presidente do PMDB relatou à polícia, aconteceu durante o intervalo do jogo da seleção brasileira. Por volta das 17h30, o prefeito parou o carro em frente à casa do desafeto, na contramão, e começou a gritar o seu nome. "Meu filho de 16 anos saiu para ver quem era e eu fui atrás. Quando apareci no portão, ele estava com a arma na mão dizendo que ia me matar", relatou Rocha.

Após troca de ofensas, o prefeito teria atirado duas vezes para o alto. Em seguida, segundo a vítima, Uberaba disparou na direção dele e do filho. "Por sorte, não fui atingido", disse.

O delegado titular da cidade, Francisco do Nascimento Júnior, afirmou que recolheu dois projéteis na porta da casa de Rocha. Algumas testemunhas também foram ouvidas no local e confirmaram terem escutado os disparos.



"Ainda não encontramos ninguém que tenha visto o fato", afirmou o policial. Até o fechamento desta edição, o prefeito permanecia foragido. (com Bruno Trindade)


Carro foi abandonado em praça
O carro do prefeito de Paraopeba, Marcelo Uberaba (PT), suspeito de tentativa de homicídio contra um adversário político, foi encontrado, ontem, uma hora depois do atentado. O veículo, de acordo com a polícia, foi abandonado na praça principal de Caetanópolis, município vizinho.


De acordo com o delegado titular, Francisco do Nascimento Júnior, Uberaba pode ter trocado de carro para dificultar a localização. "A gente está trabalhando com essa hipótese", disse. (AG)


No vídeo, o foragido prefeito Marcelo Uberaba do PT e o seu aliado, o charlatão Luis Inácio Lula da Silva do PT juntos

Postar um comentário