sexta-feira, 30 de julho de 2010

ITAMAR, SERRA, ANASTASIA E AÉCIO UNIDOS


PSDB organiza evento político para formalizar apoio de Itamar a Serra em Minas
Publicidade
POr PAULO PEIXOTO, na Folha:

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, recebeu nesta tarde o apoio formal do ex-presidente Itamar Franco (PPS), durante encontro político no apartamento do ex-governador tucano Aécio Neves, em Belo Horizonte. Serra agradeceu com alegria de receber e afirmou que esse apoio "tem enorme importância política, eleitoral e moral".

Candidato ao Senado por Minas, Itamar nunca havia dito com todas as letras que apoiaria Serra. Recentemente, disse que o apoiaria porque seu partido integra a aliança com o PSDB. Hoje, contudo, destacou sua "lealdade" à coligação que apoia o tucano e ainda afirmou que não fez nenhuma exigência a Serra.

Serra vai ter comitês paralelos aos de Anastasia em Minas
Aécio e Anastasia escondem Serra em material
Hélio Costa acusa PSDB de "aliciar" prefeitos em Minas

Victor Schwaner/Nitro/Divulgação

Ato do PSDB de Minas Gerais formalizou o apoio de Itamar Franco (PPS) ao candidato à Presidência, José Serra
Itamar estava usando uma tipoia no braço esquerdo por conta da clavícula quebrada em um acidente em casa.

Ao final do encontro, em entrevista, Itamar disse: "Aqui em Minas a gente aprende o seguinte: acima de tudo a ética, a lealdade e o comportamento que se deve ter quando se juntam em uma coligação, como agora. Eu estou nessa coligação. Cabe a mim apoiá-la".

Anteriormente, Itamar havia criticado Serra porque ele vinha poupando o presidente Lula e, algumas vezes, fazendo elogios a algumas ações do petista.

Questionado sobre a crítica que fizera ao presidenciável, Itamar disse que não se esqueceu disso e repetiu que, "se a gente não quer falar mal do adversário, a gente não deve falar bem".

Questionado, depois, sobre o fato de Serra ter mudado o discurso, partindo mais para o ataque com o governo e o PT, e se esse comportamento o agradava, Itamar disse: "Vou observar bem de perto se ele mudou". Nesse instante Serra interveio: "Vou ouvir sempre o presidente, mas longe de vocês [imprensa]".

Aécio disse que estava "imensamente feliz" com esse "entendimento".

FILME NO CELULAR

Quando fotógrafos e cinegrafistas registravam a formalização do apoio, ainda dentro do apartamento de Aécio, Serra pegou o celular de uma assessora e começou a filmar Itamar e fez a seguinte declaração: "Estou aqui com o presidente Itamar. Viemos nos encontrar aqui junto com Aécio e com o [governador Antonio] Anastasia, firmando a nossa unidade em torno de Minas Gerais e do Brasil. Estou muito emocionado. Um homem da integridade e da importância de Itamar Franco para o Brasil do nosso lado. Juntos pela vitória de Minas e pela vitória do Brasil".

A despedida de Serra com Itamar se deu com um abraço. Serra cochichou algo no ouvido do ex-presidente, que disse "vai com Deus" ao candidato.

Serra, Aécio e Anastasia participam de evento de campanha na Região Metropolitana de Belo Horizonte nesta noite.

Pesquisa Ibope Governo de Minas 30 julho de 2010: Helio Costa tem 39% das intenções de votos em Minas contra 21% de Anastasia


RIO - Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira sobre as eleições em Minas Gerais indica que Helio Costa (PMDB) possui 39% das intenções de voto contra 21% de Antonio Anastasia (PSDB).

Ainda de acordo com a pesquisa, Vanessa Portugal (PSTU) tem 2% das intenções de voto. Professor Luiz Carlos (PSOL), Pepê (PCO), Fabinho (PCB) e Edilson Nascimento (PT do B) aparecem empatados com 1%. A estimativa de votos brancos ou nulos é de 8%. Eleitores indecisos representam 25%.
Matérias Relacionadas:
Na corrida para o Senado, o ex-governador Aécio Neves (PSDB) lidera a pesquisa com 70% das intenções de voto. seguido de Itamar Franco (PPS) com 39%, Pimentel (PT) com 18% e Marilda Ribeiro (PSOL) com 2%. Alfredo (PRB), Betão (PCO), Efraim Moura (PSTU), José João da Silva (PSTU), Miguel Martini (PHS), Mineirinho (PSOL) e Rafael Pimenta (PCB) tem 1%. O candidato Zito Vieira (PC do B) não teve nenhum voto. Os votos brancos e nulos representam 11%. Estão indecisos 29% dos eleitores.

A pesquisa, encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, foi registrada no TRE/MG sob protocolo nº 54379/2010 e no TSE sob o nº 20792/2010. Foram entrevistadas 1.806 pessoas, entre 26 a 29 de julho.

QUAL É O SITE DE ANASTASIA CANDIDATO AO GOVERNO DE MINAS GERAIS MG BLOG ENDEREÇO ANTÔNIO ELEIÇÃO 2010

j
http://www.anastasia2010.com.br/
j

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Fernando Collor xinga jornalista da Isto É


Portal Imprensa: Por Eduardo Neco

Fernando Collor xinga jornalista da IstoÉ e diz que vai "meter a mão na sua cara".




O senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTB-AL) ligou para a redação da sucursal de Brasília (DF) da revista IstoÉ, na tarde desta quinta-feira (29), e ameaçou esbofetear o jornalista Hugo Marques por conta de uma nota na edição de 21 de julho sobre o pedido de impugnação da candidatura do político alagoano.
"Quando eu lhe encontrar, vai ser para enfiar a mão na sua cara, seu filho da puta", vociferou Fernando Collor após explicar ao repórter o motivo de sua ligação. (Ouça a gravação)

Em entrevista ao Portal IMPRENSA, Marques declarou que, ao constatar o teor da ligação, desligou o telefone imediatamente. "Eu não queria ouvir insultos e nem responder. Fico preocupado dele tentar arrancar alguma agressividade minha. Se eu criar um conflito com ele, fico impedido de cobrir. Então não falei nada", contou.

Sobre o fundamento das ameaças do ex-presidente - que concorre ao governo de Alagoas -, Marques pontuou que os dados sobre a candidatura de Collor estão no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). "Ele tem que convencer a Justiça Eleitoral, não a mim".
Marques afirmou que não irá se manifestar contra Collor, tampouco acionar entidades de classe, mas pontuou ser "lamentável" a atitude do ex-presidente "em um regime democrático". "Não tenho nada contra ele, mas é lamentável que um sujeito desses ligue para uma redação e ameace uma pessoa. Ele poderia ter mais cautela, poderia respeitar os direitos humanos".
De acordo com o repórter, Collor estaria desgostoso com a revista por conta de outras matérias em que o político é citado. Sobretudo a respeito uma entrevista com sua ex-mulher, Rosane Malta, em que é indicado como sonegador de impostos.

A respeito de um eventual encontro com o ex-presidente, Marques disse não estar temeroso. "Sou faixa roxa de Karatê (risos)", afirmou. "Estou há 22 anos denunciando bandidos de peso pesado e essa deve ser a décima ameaça, e isso não me intimida", finalizou.
A reportagem tentou contato com o diretório nacional e regional do PTB e com a coordenação de campanha de Collor e não obteve retorno. A assessoria de imprensa de seu gabinete no Senado declarou que não tem relação com as atividades do senador fora de seu mandato, e por isso não poderia se pronunciar.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

PESQUISA SENADO MINAS GERAIS

DATAFOLHA 23/09/2010: ITAMAR AUMENTA VANTAGEM SOBRE PIMENTEL - ITAMAR variou de 40% para 43%. Ele agora tem 11 pontos de vantagem sobre Pimentel, que manteve os 32% da pesquisa anterior.

POR EVANDRO SPINELLI, NA FOLHA:

O ex-presidente Itamar Franco (PPS) ampliou sua vantagem sobre o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT) na disputa pela segunda vaga de senador em Minas. Aécio Neves (PSDB) continua liderando com folga, aponta pesquisa Datafolha.

Datafolha passa a divulgar índice dos votos válidos para senador

Na semana em que Aécio apresentou um depoimento do candidato a presidente de seu partido, José Serra, no horário eleitoral, ele passou de 71% para 67%, uma variação no limite da margem de erro da pesquisa, de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Já Itamar, que mostrou Aécio em seu programa eleitoral, variou de 40% para 43%. Ele agora tem 11 pontos de vantagem sobre Pimentel, que manteve os 32% da pesquisa anterior.


Zito Vieira (PC do B) tem 3%. Marilda Ribeiro (PSOL), Rafael Pimenta (PCB) e Miguel Martini (PHS) têm 2% cada um. Com 1% estão José João da Silva (PSTU), Betão (PCO), Efraim Moura (PSTU) e Mineirinho (PSOL).

Os indecisos para uma são 24% e 13% não sabem em quem votar para as duas vagas de senador.

A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número 31.369/2010. Foram ouvidos 1.974 eleitores em 88 cidades mineiras na terça e quarta-feira desta semana.


DATATEMPO 17/11/2010: FERNANDO PIMENTEL APROXIMA-SE DE ITAMAR: AÉCIO, 71,50%. ITAMAR 40,20%. E PIMENTEL, 34,40%.

POR CARLA KREEFFT, NO O TEMPO:
A última pesquisa DataTempo/CP2, realizada entre os dias 11 e 13 de setembro sobre as intenções de voto para o Senado em Minas Gerais, mostra o ex-governador Aécio Neves (PSDB) e o ex-presidente da República Itamar Franco (PPS) na liderança. Ambos seriam eleitos para representar o Estado se o pleito fosse hoje.

Aécio é a primeira opção de voto de 66,89% dos pesquisados e a segunda possibilidade de voto de 4,58%. Somando as duas opções, Aécio é o escolhido de 71,50% dos eleitores mineiros.
O ex-presidente Itamar, aliado de Aécio Neves, aparece na segunda colocação no levantamento. Ele é a primeira opção de 5,50 % dos pesquisados e a segunda de 34,70%. Somando as duas preferências do eleitorado, o ex-presidente e ex-governador é o predileto de 40,20% dos interrogados.

Já o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT) aparece como primeira opção de voto de 12,36%. Ele é a segunda alternativa de 22,01% dos pesquisados. No total das opções, Pimentel é escolhido por 34,40% dos entrevistados.

Bem atrás. Já Zito Vieira, candidato pelo PCdoB e aliado de Pimentel, aparece como a primeira opção de voto para 0,05% dos entrevistados. Ele é a segunda possibilidade de voto de 1,98% dos entrevistados no Estado. Na soma das duas opções, Zito aparece na terceira colocação com 2% das intenções de voto.

Nenhum dos outros candidatos ao Senado por Minas Gerais alcançou 1% das intenções de voto na primeira e segunda opções e nem na soma delas.



PESQUISA IBOPE SENADO 13/09/10:
O ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) continua com boa dianteira na disputa por uma vaga ao Senado. O tucano registra 67% das intenções de voto. Seu companheiro de chapa, o ex-presidente Itamar Franco (PPS), registra 41% e Fernando Pimentel (PT) aparece em 3º, com 28%. Os demais candidatos aparecem com, no máximo, 2% das intenções de voto. 19% citaram apenas um candidato, 26% estão indecisos e 11% pretendem votar em branco ou nulo.



PESQUISA IBOPE SENADO 13/09/10:
O ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) continua com boa dianteira na disputa por uma vaga ao Senado. O tucano registra 67% das intenções de voto. Seu companheiro de chapa, o ex-presidente Itamar Franco (PPS), registra 41% e Fernando Pimentel (PT) aparece em 3º, com 28%. Os demais candidatos aparecem com, no máximo, 2% das intenções de voto. 19% citaram apenas um candidato, 26% estão indecisos e 11% pretendem votar em branco ou nulo.


DATAFOLHA SENADO MINAS 11/09/10: AÉCIO TEM 67%. ITAMAR 42%. E PIMENTEL 29%.
Do G1 MG


INTENÇÃO DE VOTO PARA O SENADO EM MINAS GERAIS %
Resposta estimulada e múltipla
Aécio Neves (PSDB) 67%
Itamar Franco (PPS) 42%
Pimentel (PT) 29%
Marilda Ribeiro (PSOL) 3%
Zito Vieira (PCdoB) 3%
Rafael Pimenta (PCB) 3%
José João da Silva (PSTU) 1%
Miguel Martini (PHS) 1%
Betão (PCO) 1%
Efraim Moura (PSTU) 1%
Mineirinho (PSOL) 1%
Alfredo (PRB)* 1%
Em branco/nulo/nenhum 13%
Não sabe 35%
(*) Candidatura indeferida pelo TRE.
Fonte: Datafolha

Aécio Neves (PSDB) e Itamar Franco (PSB) lideram a disputa pelas duas vagas ao Senado por Minas Gerais segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (16).

O ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB) lidera com 67% das intenções de voto. O ex-presidente da República Itamar vem em segundo, com 42% das preferências. Fernando Pimentel (PT), ex-prefeito de Belo Horizonte, aparece em terceiro lugar, com 29% das intenções de voto.

Na pesquisa anterior, Aécio tinha 64% e Itamar 44%. Fernando Pimentel aparecia com 30%.

Marilda Ribeiro (PSOL), Zito Vieira (PCdoB) e Rafael Pimenta (PCB), vêm em seguida, com 3% das intenções de voto cada.

José João da SIlva (PSTU), Miguel Martini (PHS), Betão (PCO), Efraim Moura (PSTU) e Mineirinho (PSOL) têm 1% cada. Alfredo (PRB) teve a candidatura indeferida pelo TRE, mas ainda aparece na pesquisa Datafolha e teve 1% das intenções de voto.

Outros 13% afirmaram que votariam em branco ou anulariam o voto. O percentual dos eleitores que não sabem em quem votar para o Senado atingiu 35%. O Datafolha consultou 1.685 eleitores de 8 a 9 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa foi registrada no Tribunal regional Eleitoral com o número 69732/2010.


PESQUISA IBOPE 3 DE SETEMBRO DE 2010:
O Ibope perguntou ainda aos entrevistados as intenções de voto para o Senado. Dois candidatos serão eleitos em Minas Gerais. Aécio Neves (PSDB) caiu um ponto em relação à outra pesquisa do órgão e apresenta 67% dos votos. Itamar Franco (PPS) aparecia com 44% e tem 41%. Fernando Pimentel (PT), que tinha 21% passou para 23%. Os votos brancos ou nulos somavam 8% e agora permanecem com os mesmos 8%.Os pesquisados que ainda não sabem em quem votar eram 31% e passaram para 33%.Com 1% cada, aparecem Marilda Ribeiro (PSOL), Betão (PCO), Miguel Martini (PHS), Efraim Moura (PSTU), Mineirinho (PSOL) e Zito Vieira (PC do B). Rafael Pimenta (PCB) e José João da Silva (PSTU) não atingiram 1% das intenções de voto.

NOVA PESQUISA SENADO MG (30/08/10)

Aécio e Itamar mantêm larga vantagem para o Senado, diz EM Data

Ex-prefeito de BH, Fernando Pimentel aparece em 3º

Por Isabella Souto - Estado de Minas:

O ex-governador Aécio Neves (PSDB) e o ex-presidente da República Itamar Franco (PPS) seriam os novos senadores de Minas Gerais se as eleições fossem hoje. Pesquisa realizada pelo Instituto EM Data apresenta uma larga vantagem dos dois candidatos sobre os demais 10 postulantes às cadeiras no Senado. Aécio Neves é o preferido de 76% dos mineiros, e seu companheiro de chapa, Itamar Franco, tem o voto de 41%. O ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), aparece na terceira colocação, com 24% das intenções de voto. Todos os outros candidatos somam 5% das intenções de voto.

pesquisa foi feita com 1,1 mil eleitores de 51 municípios entre a quinta-feira e o domingo. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. Na pesquisa espontânea, em que não é apresentada a lista com os nomes dos candidatos, Aécio Neves continua na liderança, mas com 38% das intenções de voto – metade do índice apresentado na pesquisa estimulada. Desta vez, Itamar e Pimentel aparecem empatados tecnicamente, com 15% e 13% respectivamente. Os outros candidatos não atingiram pelo menos 0,5%. Os votos brancoS e nulos somaram 129% – como são dois votos para senador, a soma é 200%.

Na pesquisa estimulada também foi grande o número de eleitores que disseram não votar em ninguém, nulo, branco ou indeciso: 54% dos entrevistados. O número reflete o ainda grande desinteresse dos mineiros pelas eleições. Apenas 8% se disseram muito interessados na disputa, enquanto 26% estão interessados; 38%, mais ou menos, e 26%, desinteressados. Além disso, muitos ainda não sabem que terão que escolher dois candidatos este ano – que substituirão Eduardo Azeredo (PSDB) e Hélio Costa (PMDB), licenciado do cargo para disputar o governo de Minas Gerais.

“É provável que o quadro se altere mais radicalmente faltando 15 ou 20 dias para as eleições. Muitos eleitores nem sabem que terão que votar em dois candidatos”, explica Adriano Cerqueira, cientista político e diretor do EM Data. Outra questão é que a maioria das pessoas não acompanha o trabalho do Senado – e, muitas vezes, nem sabe qual é o papel de um senador. A crise vivida pela Casa no ano passado também pode contribuir para o desinteresse do eleitorado para o pleito deste ano.

Por região

A pesquisa analisou ainda o potencial de votos dos candidatos nas seis mesorregiões de Minas Gerais. O ex-governador Aécio Neves lidera a corrida em todas elas – com percentuais que variam de 64% no Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste a 86% na Região Central, Vertentes e Oeste. O ex-presidente Itamar Franco aparece na segunda colocação em cinco delas, com índices que vão de 39% no Norte, Jequitinhonha e Mucuri a 55% na Região Central, Vertentes e Oeste. Itamar Franco perde a segunda colocação apenas na Região Metropolitana, onde Fernando Pimentel, que já comandou a Prefeitura de Belo Horizonte por dois mandatos, aparece com 35% das intenções de voto. Na região, Itamar é o preferido de 28% dos entrevistados.

A menor votação do ex-prefeito de BH é na Região Sul, onde 9% dos eleitores o escolheram para ocupar uma das cadeiras no Senado. E é nos municípios com mais de 100 mil eleitores que Pimentel consegue mais votos e, mais uma vez, ultrapassar, ainda que ligeiramente, a preferência de Itamar: 33% a 32%. Nos demais grupos de habitantes – até 10 mil eleitores, de 10.001 a 30 mil eleitores e de 30.001 a 100 mil eleitores –, Itamar Franco aparece à sua frente, na segunda colocação. Aécio Neves lidera em todos eles, com índices que variam de 74% a 79% da preferência


NOVOS NÚMEROS DO IBOPE (28/08/10) aponta Aécio com 68% das intenções de voto ao Senado em MG. Itamar Franco (PPS) aparece com 44% e Pimentel (PT), com 21%.
Do G1:
Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (28) aponta o ex-governador Aécio Neves com 68% das intenções de voto na disputa pelo Senado em Minas Gerais. Em segundo lugar aparece o ex-presidente Itamar Franco (PPS), com 44%. Veja os resultados da pesquisa:


INTENÇÃO DE VOTO PARA SENADOR
CANDIDATO %
Aécio Neves (PSDB) 68%
Itamar Franco (PPS) 44%
Pimentel (PT) 21%
Betão (PCO) 1%
Marilda Ribeiro (PSOL) 1%
Miguel Martini (PHS) 1%
Rafael Pimenta (PCB) 1%
Zito Vieira (PC do B) 1%
Efraim Moura (PSTU) * 0%
José João da Silva (PSTU) * 0%
Mineirinho (PSOL) * 0%
Brancos e nulos 8%
Indecisos 31%
* não atingiu 1%
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo". Foram realizadas 1.806 entrevistas entre os dias 24 e 26 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A soma dos resultados para o Senado é maior que 100% porque o eleitor pode escolher dois candidatos nas eleições deste ano.

O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) com o número 65090/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 26113/2010.


Última pesquisa Datafolha publicada para o senado Minas (28/08/2010): Datafolha confirma Aécio e Itamar na liderança pelo Senado em MG - Aécio tem 70%, Itamar Franco 44% e Pimentel cresce e chega a 25%

Da Folha:
Aécio Neves (PSDB) é o candidato mais bem votado entre todos pesquisados pelo Datafolha e agora lidera a disputa por uma das vagas ao Senado de Minas Gerais com 70% das intenções de voto (ele tinha 68% no levantamento anterior).

Segundo Pesquisa Datafolha feita nos dias 23 e 24, em segundo lugar está Itamar Franco (PPS), com 44% (tinha 47%). Fernando Pimentel (PT) subiu cinco pontos e agora tem 25%.

Marilda Ribeiro (PSOL) tem 3% das citações, Rafael Pimenta (PCB) e Miguel Martini (PHS) tem 2% cada um. Têm 1% das intenções de voto Mineirinho (PSOL), José João da Silva (PSTU), Alfredo (PRB), Zito Vieira (PC do B), Betão (PCO) e Efraim Moura (PSTU).

Entre os eleitores mineiros, 10% afirmam votar em branco ou anular o voto para uma das vagas, e 5% para as duas. Estão indecisos sobre uma das vagas 22%, e para as duas, 10%.

Foram ouvidos 1.261 eleitores em 52 municípios de Minas Gerais. Contratada pela Folha e pela Rede Globo, a pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número 25.452/2010.

DA GLOBO, IBOPE:
NOVA PESQUISA SENADO 23 DE AGOSTO DE 2010
  • AÉCIO DE 70% PARA 69%.
  • ITAMAR DE 39% PARA 43%.
  • PIMENTEL DE 18% PARA 19%.
  • Marilda Ribeiro (PSOL) CONTINUA COM 2%.
  • BRANCOS E NULOS ERAM 11% PARA 8%.
  • NÃO SABEM EM QUEM VOTAR ERAM 29% AGORA SÃO 30%.
  • Miguel Martini (PHS) Rafael Pimenta (PCB), Betão (PCO), e Alfredo (PRB), Zito Vieira (PC do B)têm 1% cada um.
  • Mineirinho (PSOL), Efraim Moura (PSTU), José João da Silva (PSTU) não atingiram um por cento da intenção de voto.
  • Margem de erro 2%.


PESQUISA DATATEMPO, PUBLICADA NESTE SABADO, 21 DE AGOSTO DE 2010:




PESQUISA PARA O SENADO MINAS, PUBLICADA 21 DE AGOSTO DE 2010:




JOÃO GUALBERTO JR., NO O TEMPO:
Aécio Neves (PSDB) e Itamar Franco (PPS) continuam como favoritos na disputa pelo Senado em Minas. É o que revela a nova pesquisa DataTempo/CP2. No levantamento em que a primeira e a segunda opções dos entrevistados são somadas, o ex-governador é líder absoluto, com 75,50% da preferência do eleitor. Já o ex-presidente aparece com 43,20% na soma das intenções. Na terceira colocação está o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT), citado por 24,40% no cenário acumulado. Como neste ano serão escolhidos dois novos senadores, o DataTempo/CP2 questionou quais serão o primeiro e o segundo escolhidos.

Matérias Relacionadas


A diferença de 18,8 pontos percentuais de Itamar para o petista e a liderança absoluta do tucano parecem revelar que o quadro sucessório está consolidado. Porém, muitos eleitores estão em dúvida, e, enquanto as intenções do ex-presidente demonstram queda nos últimos meses, a curva de Pimentel sobe. Em maio, a distância entre os dois era de 39,6 pontos. Em junho, quando foi divulgada a pesquisa mais recente, a margem sofreu uma queda brusca, indo para 23,3 pontos. Agora, em agosto, a diferença aparece 4,5 pontos menor.

Quadros. No cenário de primeira opção, que revela o nome preferido do eleitor, Aécio mantém grande folga. Ele está na frente, mencionado por 68,76% dos entrevistados. O segundo lugar é o ex-presidente, mas distante, com 9,88% da preferência. Já Pimentel, ainda em terceiro, tem 5,79%.

Já o quadro que traz a segunda alternativa revela a indecisão do eleitorado mineiro. Das pessoas ouvidas na sondagem, 28,11% responderam não saber em quem vão votar para o Senado. O índice é próximo ao obtido pelo primeiro colocado, Itamar, citado por 33,32%. Pimentel vem em segundo, com 14,66 pontos a menos, e Aécio tem 6,70%.





DA FOLHA (pesquisa de 16 de agosto de 2010):
O ex-governador mineiro Aécio Neves (PSDB) amplia sua vantagem na disputa por uma das duas vagas ao Senado por Minas Gerais e tem o melhor desempenho entre os candidatos pesquisados pelo Datafolha.

Segundo pesquisa feita de 9 a 12 de agosto, Aécio tem 68% das intenções de voto, seis pontos a mais do que no levantamento anterior, de 20 a 23 de julho. Em segundo lugar aparece o ex-presidente Itamar Franco (PPS), com 47% (41% em julho).

Fernando Pimentel (PT), ex-prefeito de Belo Horizonte, caiu de 23% para 20%, mas continua em terceiro.

Os demais candidatos em Minas estão bem atrás. Miguel Martini (PHS) e Marilda Ribeiro (PSOL) tem 3% cada um. Rafael Pimenta (PCB), Betão (PCO), José João da Silva (PSTU) e Alfredo (PRB) têm 2% cada um. Mineirinho (PSOL), Efraim Moura (PSTU) e Zito Vieira (PC do B) têm 1% cada um.

Brancos e nulos somam 15%, e 35% estão indecisos.

A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. Foram ouvidos 1.264 eleitores de 51 cidades mineiras. A pesquisa está registrada no TSE sob o número 22754/2010. Os contratantes são a Folha e a Rede Globo.


Elaine Resende - Estado de Minas

Caso as eleições fossem hoje, os mineiros elegeriam para as duas vagas ao Senado o ex-governador Aécio Neves (PSDB) e o ex-presidente Itamar Franco (PPS), com 71% e 44% das intenções de voto, respectivamente, integrando a bancada mineira ao lado do senador Eliseu Resende (DEM). Os números são da pesquisa Vox Populi divulgada na noite dessa terça-feira pelo Jornal da Band. Segundo a pesquisa, o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT), que disputa uma vaga pela coligação adversária de Aécio e Itamar, estaria fora, com 24%.
Comparada com o último levantamento feito pelo DataFolha, a diferença entre os dois institutos de pesquisa supera a margem de erro com relação ao nome de Aécio Neves. Pelo DataFolha, o tucano aparece com 62%, 9 pontos percentuais a menos que o Vox Populi. Já Itamar obteve 41% dos votos, seguido por Pimentel com 23% no levantamento divulgado na última segunda-feira.

De acordo com o Vox Populi, Aécio tem o primeiro voto da maioria dos 1 mil entrevistados (61%), seguido por Itamar 44% e Pimentel 7%. A pesquisa também indica que a maior parte do segundo voto dos que preferem em primeiro lugar Aécio vão para Itamar (30%), ambos da coligação "Somos Minas Gerais". O ex-prefeito da capital, nesse caso, tem 17%.

Com 2% dos votos está a candidata Marilda Ribeiro (PSOL). Zito Vieira (PC do B) e Rafael Pimenta (PCB) têm 1% cada. Os outros candidatos ao Senado não pontuaram. Votos brancos e nulos somam 7% e os indecisos 32%. A margem de erro é de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa foi feita entre os dias 17 e 20 de julho, sendo registrada com o número 50.606/10 no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG).

MARCIO LACERDA PREFEITO DE BH BELO HORIZONTE É VICE CAMPEÃO ENTRE SETE PREFEITOS DE CAPITAIS AVALIADOS PELO DATAFOLHA; ANASTASIA MESMO DESCONHECIDO FICOU EM QUINTO ENTRE OS GOVERNADORES


O Tempo:
Pesquisa divulgada ontem pelo Datafolha mostra que o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), é o segundo melhor avaliado entre as sete capitais onde houve o levantamento. A instituição também aferiu a aprovação de oito governadores de Estado e o mandatário mineiro, Antonio Anastasia (PSDB), ficou em quinto lugar.

O prefeito de Curitiba (PR), Luciano Ducci, do mesmo partido de Lacerda, teve nota média de 6,5, a maior entre os envolvidos na pesquisa. Ducci teve 50% de aprovação e apenas 5% de reprovação. Marcio Lacerda, há um ano e sete meses no cargo, tem 51% de avaliação positiva (ótimo/bom). Outros 31% consideram sua gestão regular e 12%, ruim ou péssima. A nota média atribuída à administração dele é 6,3.

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), tem a maior taxa de aprovação entre governantes de oito unidades da Federação (PE, BA, SP, RJ, RS, PR, MG e DF).

Candidato à reeleição, Anastasia tem a gestão aprovada por 35% dos eleitores mineiros. A avaliação regular alcança 26%, e 7% consideram o governo ruim ou péssimo. Outros 32% não souberam avaliar. A nota média do governo é 6,2.

No cargo há pouco menos de quatro meses, Anastasia era vice de Aécio Neves (PSDB), que deixou o governo para disputar o Senado.

terça-feira, 27 de julho de 2010

DILMA ROUSSEFF APOIA O MST, AS FARC BRASILEIRAS


“Acho que não é cabível vestir o boné do MST
. Governo é governo, movimento é movimento. Não concordo que alguém do governo assuma a bandeira do MST”.

Dilma Rousseff (PT), no dia 20 de abril, em entrevista em Pernambuco.

Nas fotos, Dilma Rousseff(PT), no dia 24 de junho, em encontro com os sem-terra no Sergipe.

Uma imagem vale mais do que mil palavras. A candidata petista tem um discurso para cada ocasião, fazendo da mentira a sua principal estratégia de campanha. Assim é com religião. Assim é com aborto. Assim é com programa de governo. Por que seria diferente com o seu apoio a esta verdadeira guerrilha rural, esta FARC brasileira que é o MST? Aliás, o MST treina militantes em acampamentos das FARC, preparando-os para a "guerra nas selvas".

Crianças do MST e criança nas FARC: o fuzil é uma questão de tempo.

Ontem, José Serra(PSDB), citando uma entrevista em que o líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra João Pedro Stédile declarou apoio a Dilma, disse que o MST aumentará o número de invasões caso Dilma seja eleita: "Porque com ela vão poder fazer mais invasões, mais agitação". Alguém duvida sobre quem está mentindo e sobre quem está falando a verdade? Do Blog do Coronel

Lula escreveu uma "Carta aos Brasileiros". Dilma, pelo seu passado, deve escrever um "Pedido de Desculpas aos Brasileiros".



Lula, para se eleger, precisou escrever uma "Carta aos Brasileiros". Ora, mas Lula era um santinho perto da Dilma. Lula era apenas um pelego experimentado por sei lá quantas eleições, com mais de 20 anos de estrada política, que, no final das negociações, fossem políticas, fossem econômicas, sempre enchia a cara de uísque com os empresários e adversários. Está certo que, na qualidade de pelego do Fidel Castro, fundou o Foro de São Paulo, onde sentava lado a lado com Raul Reyes, um dos maiores assassinos das FARC, recentemente morto em combate em um acampamento clandestino no Equador. No entanto, Lula não pegou em armas para matar brasileiros e não se tem notícia que assaltou cofres privados. Lula jamais mentiu que tinha curso superior, muito menos doutorado pela Unicamp, aliás, sempre se orgulhou de ser apenas um torneiro mecânico formado pelo SENAI. Lula nunca mentiu que não apoiava o MST, meteu na cabeça o boné da guerrilha rural e pronto. Lula pediu para retirar a descriminalização do aborto do PNDH 3, lá em janeiro. Em 2002, Lula tinha contra si apenas o fato de que poderia alterar profundamente a economia., acabando com os ganhos do Plano Real. O seu passado não trazia nenhuma mancha visível, a não ser o seu radicalismo. O mensalão e o mar de lama em que se meteu veio durante a sua primeira gestão. Dilma, não. Em 2010, tem contra si a mais absoluta falta de experiência e capacidade técnica para comandar um país do tamanho do Brasil. Não tem currículo. Muito menos força política, já começando a sua campanha dominada pelo PMDB do Sarney e pelo PT do Palocci, do Zé Dirceu e do Marco Aurélio Garcia. Além do fato que não assume posição em nada, mudando de idéia sobre religião, aborto, propriedade privada, liberdade de imprensa, tributos, a cada semana. Já vai para o terceiro Plano de Governo. Além disso, jamais se arrependeu por ter participado da mais violenta e sanguinária organização terrorista dos anos 60/70. Expressa orgulho sobre isto. Jamais pediu desculpas, por exemplo, pela morte de Mario Koezel, o jovem soldado que a sua organização armada explodiu em pedaços, na porta de um quartel. Se Lula escreveu a "Carta aos Brasileiros", Dilma Rousseff deveria escrever um " Pedido de Desculpas aos Brasileiros". No mínimo. Se o país aceitaria é outra história. Até agora, pelo dizem as pesquisas, quem já sabe quem é Dilma não aceita. E quem ainda não sabe vai mudar de idéia. Do Coronel

DOMINGOS SÁVIO É CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL

EU, LEONARDO BARROS, E O AMIGO, DOMINGOS SÁVIO - TENHO GRANDE RESPEITO PELO SEU TRABALHO. O NÚMERO DE SÁVIO 4560 (FEDERAL), O MEU É 23023 (ESTADUAL).

Desejo muito sucesso ao amigo Domingos Sávio na campanha vitóriosa rumo a Brasília e quanto a seu grande trabalho realizado na Assembleia em favor de Minas e desse grande número de cidades, a seguir em azul, quero deixar claro que elas poderão contar com a minha representação na Casa Legislativa mineira, a partir de 2011 a se confirmar a nossa eleição como muitos acreditam. Me espelharei muito no exemplo desse grande líder.

Abaeté, Araújos, Arcos, Bambuí, Barroso Belo Horizonte, Biquinhas, Bom Despacho, Bom Sucesso, Camacho, Campo Belo, Candeias, Carmo da Mata, Carmo do Cajuru, Carmópolis de Minas, Cássia, Cedro do Abaeté, Cláudio, Conceição da Barra de Minas, Conceição do Pará, Confins, Contagem, Coronel Fabriciano, Coronel Xavier Chaves, Córrego Danta, Córrego Fundo, Delfinópolis, Diamantina, Divinópolis, Dores do Campo, Dores do Indaiá, Doresópolis, Estrela do Indaiá, Formiga, Fruta de Leite, Funilândia, Guapé, Ibiá, Ijaci, Ipatinga, Itaguara, Itapecerica, Itatiaiuçú,Itaúna Japaraíba Juatuba Lagoa da Prata Lagoa Dourada Lavras Leandro Ferreira Luz Madre de Deus de Minas Martinho Campos Mateus Leme Moema Morada Nova de Minas Nazareno Nepomuceno Nova Serrana Oliveira Onça de Pitangui Paineiras Pains Papagaios Pará de Minas Passa Tempo Passos Pedra do Indaiá Perdigão Pimenta Pitangui Piumhi Pompéu Prados Quartel Geral Resende Costa Ritápolis Rubelita São Tiago Salinas Santa Cruz de Minas Santo Antônio do Amparo Santo Antônio do Monte São Francisco de Paula São Gonçalo do Pará São João Del Rei São José da Lapa São Roque de Minas São Sebastião do Oeste Serra da Saudade Tapiraí Timóteo Tiradentes Vargem Bonita

Visite SITE de Domingos Sávio: http://www.deputadodomingossavio.com.br/

A seguir 10 razões para votar em Domingos Sávio para Deputado Federal:

1. É um político sério e competente, que trabalha com honestidade, transparência e ética.

2. Tem ficha limpa de verdade e está preparado para fazer a diferença em Brasília.

3. É comprometido com a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

4. Após ser eleito Deputado Estadual em 2002, dobrou sua votação em 2006, sinal de um trabalho feito com seriedade e competência.

5. É um deputado atuante, defensor de diversas causas sociais, em especial: educação, saúde, segurança pública, cultura, esporte e desenvolvimento sustentável.

6. Trabalha sempre com espírito democrático, ouvindo todos os anseios da comunidade.

7. É um político influente, com capacidade de viabilizar recursos do Governo Federal para o interior. Já fez isso como Deputado Estadual.

8. A parceria de longa data com Aécio Neves é a certeza de que juntos em Brasília farão muito mais por Minas Gerais.

9. É bem informado e articulado, possui desenvoltura para atuar em diferentes frentes.

10. Domingos Sávio é trabalhador, sua trajetória provou que ele está preparado para lutar pela nossa gente em Brasília.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

CANDIDATO DE MINAS É O PRIMEIRO BARRADO POR FICHA LIMPA

Athos Avelino foi condenado por abuso
de poder político na campanha de 2008
Foi barrado o primeiro candidato com base na Lei da Ficha Limpa. Athos Avelino Pereira, que concorre ao cargo de deputado estadual pelo PPS-MG, teve seu registro de candidatura negado por cinco votos a zero no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Minas na tarde desta segunda-feira.

Segundo o tribunal, as causas do indeferimento da candidatura foram a ausência de documentos para o registro (certidões criminais e cíveis, além de comprovante de escolaridade) e a inelegibilidade decretada em 2009.

O TRE considerou Pereira como inelegível por três anos por cometer abuso de poder em 2008, quando tentou a reeleição para prefeito em Montes Claros (MG). De acordo com a decisão da época, o candidato também fez uso indevido dos meios de comunicação.

A ação de impugnação da candidatura foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais e pelo candidato a deputado estadual Luiz Tadeu Martins Leite (PMDB), filho do atual prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, que derrotou Pereira em 2008.

RECURSO

Renato Galuppo, advogado do PPS em Minas Gerais, disse que o partido vai recorrer. Para ele, a Ficha Limpa é inconstitucional por negar o princípio de que o réu só pode ser considerado culpado quando não cabe mais recurso. Como Pereira foi condenado pelo TRE e, posteriormente, pelo TSE, mas ainda não teve o recurso julgado pelo STF, não poderia ter a candidatura impugnada, disse o advogado.

Athos Avelino tem três dias para recorrer da decisão.

ATHOS AVELINO É O PRIMEIRO CANDIDATO A TER REGISTRO INDEFERIDO PELA LEI DO FICHA LIMPA EM MINAS


Estado de Minas:

Athos Avelino foi condenado por abuso de poder político na campanha de 2008
O TRE-MG indeferiu, na sessão desta segunda, o pedido de registro de candidatura de Athos Avelino Pereira (PPS), ex-prefeito de Montes Claros, no Norte de Minas. O político sairia candidato ao cargo de deputado estadual. A ação foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral e pelo candidato a deputado estadual pelo PMDB, Luiz Tadeu Martins Leite, filho do atual prefeito montes-clarense, Luiz Tadeu Leite. Este é o primeiro caso julgado pelo Plenário do TRE-MG envolvendo a chamada Lei da Ficha Limpa, que barra a candidatura de políticos condenados por crimes eleitorais por um colegiado de juízes, dentre outras causas de inelegibilidade.

A candidatura foi impuganada porque o deputado não apresentou os documentos exigidos por lei - certidões criminais e cíveis e comprovante de escolaridade - e porque já tinha sido condenado por abuso de poder político na campanha de 2008. Em junho de 2009 o TRE-MG declarou o político inelegível por três anos.

Athos Avelino Pereira, que administrou o município entre 2004 e 2008, quando postulou sua reeleição. Segundo o relator do caso, o então juiz Antônio Romanelli, houve abuso de poder político (evento religioso realizado em Montes Claros para promover Avelino, então candidato à reeleição) e uso indevido dos meios de comunicação social na campanha do então prefeito da cidade, nas eleições de 2008.

Também o então vice-prefeito, que tentou a reeleição na chapa de Avelino, Sued Kennedy Parrela Botelho, foi declarado inelegível. A Justiça Eleitoral de Montes Claros havia se posicionado contra a inelegibilidade, ao julgar a ação de investigação judicial eleitoral proposta pela Coligação 'Montes Claros para Todos' (PMDB/PV/PP/PRB/PC do B), que lançou o candidato a prefeito Luiz Tadeu Leite, vencedor nas urnas em outubro de 2008.

Athos Avelino Pereira foi o segundo colocado no pleito de 2008 para prefeito em Montes Claros, com 58.087 votos. Ele pode recorrer no prazo de três dias.

AÉCIO E ITAMAR TENTARÃO ALAVANCAR ANASTASIA EM MINAS

POR PAULO PEIXOTO, NA FOLHA:
Liderando as intenções de voto para o Senado em Minas, seguido pelo aliado Itamar Franco (PPS), o ex-governador Aécio Neves (PSDB) disse nesta segunda-feira que a campanha para elegê-los senador estará conectada com a do tucano Antonio Anastasia para o governo mineiro, para alavancá-lo.

A pesquisa Datafolha divulgada no sábado, em que o governador Anastasia, candidato à reeleição, aparece em segundo lugar, mas 26 pontos atrás do líder Hélio Costa (PMDB) --44% contra 18%-- já causou agitação no partido, com as lideranças regionais sendo orientadas a divulgar mais o nome dele.

De principal coordenador da gestão Aécio durante sete anos e três meses, Anastasia passou a ser, desde 31 de março último, o governador do Estado. Contudo, avaliam os tucanos, isso não foi suficiente ainda para torná-lo conhecido do eleitor mineiro, especialmente no interior.

A aposta está na mobilização da base aliada de Aécio pelo Estado afora e nos programas eleitorais no rádio e na TV, que terão início em meados de agosto. Além disso, Aécio e Itamar, os nomes mais conhecidos dessa chapa, trabalharão intensamente pela divulgação do aliado.

Aécio disse que acompanha esse momento com "absoluta serenidade" e que a diferença aferida não é "nada que nos aflija".

A despeito de ele e Itamar estarem liderando as pesquisas para o Senado --62% e 41%, respectivamente--, na comparação com Anastasia, Aécio disse que a campanha deles é "conjunta".

"Nós somos uma chapa, um projeto que passa pela reeleição do governador Anastasia, passa pela eleição do senador Itamar e pela minha. Então, o empenho é absolutamente o mesmo para a eleição de Anastasia, de Aécio e de Itamar", afirmou o tucano.

Segundo Aécio, o fato de ele e Itamar liderarem a disputa para senador é uma "sinalização positiva", porque mostra que, tornando Anastasia também conhecido, a situação eleitoral dele se tornará mais fácil.

Exposete 2010: Ingresso, Programação, Preço do Passaporte, Onde comprar, Shows, Expo 7, Telefone, João Wellington, Data

Já está tudo definido para Exposete 2010, a festa virá com muitas novidades e uma programação musical eclética, contando com artistas renomados.

O evento ocorrerá entre os dias 4 e 8 de agosto.

Além dos tradicionais shows o público também irá ver atrações de rodeio com os principais cowboys do circuito nacional, contando pontos aqui para a final de Las Vegas (EUA); Camarote do Produtor Rural (com shows no próprio camarote e visão privilegiada do palco principal); Circuito de Quarto de Milha com provas funcionais e palestras técnicas.

Existe ainda a possibilidade de que seja montado um camarote da Brahma, semelhante aos montados em grandes eventos como o Carnaval do Rio de Janeiro. “Este camarote deve ter a presença de artistas globais, restaurante próprio, buffet e bebidas liberadas. Claro que, por isso, paga-se um preço um pouco mais alto, mas é uma grande oportunidade para curtir a Exposete de um lugar privilegiado”, afirmou o empresário João Wellington, produtor do evento.


A progamação da 44º Exposete:

DIA 04 – QUARTA – LUAN SANTANA
DIA 05 – QUINTA – FERNANDO E SOROCABA
DIA 06 – SEXTA – JORGE E MATEUS
DIA 07 – SÁBADO – VICTOR E LEO
DIA 08 – DOMINGO – EXALTASAMBA (R$ 10,00 ANTECIPADO)

PASSAPORTES:
1º LOTE ATÉ 10/06 – R$ 60,00
2º LOTE ATÉ 10/07 – R$ 70,00
3º LOTE ATÉ 04/08 – R$ 80,00

PONTO DE VENDAS:
* LIMÃO DE GRAVATA (31) 3773-3795

Ainda não foi divulgado a venda de Camarote.

Maiores informações: (31) 3291-5010 ou www.joaowellington.com.br

"ESTAMOS FAZENDO FILANTROPIA COM PARAGUAI E BOLÍVIA"


O candidato tucano à Presidência, José Serra, disse que é “inegável” que a Venezuela abrigue, em seu território, guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). “Todo mundo sabe, até as árvores da floresta amazônica – até não, coitadas, elas são as principais testemunhas, de que as Farc se abrigam na Venezuela”, afirmou. Serra disse que, em um eventual governo seu, proporia uma política de pacificação para as rusgas entre Colômbia e Venezuela, mas ressalvou que não se deve “ter viés para um lado, porque aí você perde a capacidade de negociação”. Serra criticou as relações do Brasil com países sul-americanos e com a China. "Estamos fazendo filantropia com Paraguai e Bolívia. Com a China, só fizemos concessões", afirmou. O presidenciável tucano também criticou as relações do governo brasileiro com Cuba. "É amigo de Cuba? Tudo bem. Mas então use isso para soltar os presos políticos." Segundo ele, o PT, por ser um partido homogêneo, usa a política externa para agradar a setores do partido. O candidato do PSDB voltou a dizer que o PT tem relações com as Farc, mas dessa vez utilizou um raciocínio diferente. "Todo mundo sabe que existe uma simpatia pelo [Hugo] Chávez [presidente da Venezuela]. Ele abriga as Farc." Para o tucano, se o Itamaraty tivesse o mesmo empenho que demonstrou na questão nuclear do Irã para resolver os problemas da América Latina, as disputas entre os dois países vizinhos já estariam resolvidas. “Eu diria que (o contencioso entre Venezuela Colômbia) é muito mais prioritário do que o programa nuclear do Ahmadinejad, que consumiu uma massa de energia incrível. Para quê? Para nada”, finalizou.

A CULPA É DO CORPO

Caros,
Por puro cansaço não consegui produzir essa madrugada. Perdoem-me. Havia até programado uma convocação, mas o corpo não quis saber de negociação, e pediu cama. Ao longo da semana tiro um pouco deste atraso. Sobre a campanha vai muito bem, com grande número de apoios espontâneos de gente as mais humildes, anônimas e também grandes lideranças reconhecidas. Sou muito grato a todos, que sabem serão bem representados porque querem o mesmo que este cidadão: progresso, qualidade de vida, democracia... Então, sei que posso contar com a paciência pela produção irregular e também com a ajuda valiosa de vocês nesta campanha para levar a nossa alternativa a quem busca como nós uma cidade, região, estado melhor para se viver. Seja Sete Lagoas que está ficando para trás enquanto Minas avança precisa de lideranças que, mesmo não estando na administração local, faça valer sua força para fazer com que essa situação mude; BH que está avançando a passos largos com o prefeito Márcio Lacerda, sabe que também vai poder contar com todo meu apoio, aliás disse isso pessoalmente ao prefeito Márcio Lacerda, que demonstrou grande apreço pela nossa candidatura. Quanto a vocês amigos "(e)leitores" [como diz o nosso amigo Junior] uma forma de ajudar usando o blog é ir ao arquivo do blog, apanhar um post (artigo) que tenha gostado e encaminhá-lo às pessoas do seu relacionamento via e-mail, e outras tantas ações que podem criar por conta própria. Ah, sim: me ajudem doando algum dinheiro para a campanha, não importa se é uma pequena ou maior quantia, vai ajudar. A conta corrente é: 55092-2; agência é 512-6; e o banco é Bradesco. Obrigado!
Leonardo Barros

INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

(DATA ORIGINAL DA POSTAGEM 26 DE AGOSTO DE 2010)
DO G1, PESQUISA PARA PRESIDENTE DATAFOLHA 26 DE AGOSTO DE 2010: Dilma tem 49%, e Serra, 29%

INTENÇÃO DE VOTO PARA A PRESIDÊNCIA(resposta estimulada) %
Dilma (PT) 49
Serra (PSDB) 29
Marina (PV) 9
Plínio (PSOL) 0
Zé Maria (PSTU) 0
Eymael (PSDC) 0
Rui Costa Pimenta (PCO) 0
Ivan Pinheiro (PCB) 0
Levy Fidelix (PRTB) 0
Branco/nulo/nenhum 4
Não sabe 8
Fonte: Datafolha
0 - Não atingiu 1%

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (26) mostra a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 49% das intenções de voto, contra 29% do candidato do PSDB, José Serra. A candidata do PV, Marina Silva, obtém 9% no levantamento.

Dos demais candidatos (Plínio, PSOL, Zé Maria, PSTU, Eymael, PSDC, Rui Costa Pimenta, PCO, Ivan Pinheiro, PSB, e Levy Fidelix, PRTB), nenhum atingiu 1% das intenções de voto. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos totalizam 4% e os que não sabem, 8%. Veja os números ao lado.

A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Levando em consideração a margem de erro, Dilma pode ter entre 47% e 51%, Serra, entre 27% e 31%, e Marina, entre 7% e 11%.

O levantamento foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". Foram realizadas 10.948 entrevistas em 385 municípios entre segunda-feira (23) e terça-feira (24). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 25.473/2010.

Na pesquisa anterior do Datafolha, feita no dia 20 deste mês, Dilma teve 47%, Serra, 30%, e Marina, 9%.

Votos válidos
Considerando apenas os votos válidos, ou seja, descontando brancos e nulos, a pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta (26) afirma que Dilma alcança 55%, o que seria suficiente para elegê-la já no primeiro turno. Serra fica com 33%, e Marina, com 10%.

Na pesquisa anterior, a taxas de Dilma, Serra e Marina eram de 54%, 34% e 10%, respectivamente.

Segundo turno
De acordo com o Datafolha, num eventual segundo turno entre Dilma e Serra, a petista teria 55% e o tucano, 36%. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 53% das intenções de voto, e Serra, 39%.

Avaliação do governo
O levantamento também mostrou como os eleitores avaliam o governo Lula. Para 79%, o governo é ótimo ou bom; para 17%, regular; para 4%, ruim ou péssimo.

Na pesquisa anterior, esses percentuais eram de 77%, 18% e 4%, respectivamente.

Segundo o instituto, com a taxa de 79%, Lula bate novo recorde, tornando-se o primeiro presidente da República a alcançar esse percentual de popularidade nas pesquisas do
Datafolha. O recorde anterior, também de Lula, 78% de aprovação, foi no início de julho.


PESQUISA DATAFOLHA, 21 DE AGOSTO DE 2010:
SERRA TEM 30% DE INTENÇÃO DE VOTOS, E DILMA 47%.
Do G1, em São Paulo

Pesquisa Datafolha divulgada na madrugada deste sábado (21) aponta que a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, tem 47% das intenções de voto, contra 30% do candidato do PSDB, José Serra. A candidata do PV, Marina Silva, aparece com 9% no levantamento. É a primeira pesquisa divulgada depois do início da propaganda eleitoral no rádio e na TV.

Dos demais candidatos, nenhum candidato obteve 1% das intenções de voto. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos totalizam 4% e os que não sabem, 8%.

A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Desta forma, Dilma pode ter entre 49% e 45%, Serra, entre 32% e 28%, e Marina, entre 11% e 7%.

O levantamento foi encomendado pelo jornal "Folha de S.Paulo". Foram realizadas 2.727 entrevistas nesta sexta-feira (20). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 24460/2010.

A pesquisa anterior do Datafolha foi divulgada no dia 13 deste mês, com entrevistas feitas dos dias 9 a 12. No levantamento, Dilma teve 41%, Serra, 33%, e Marina, 10%. Dos demais candidatos, nenhum atingiu 1%.

Segundo turno
Segundo a pesquisa divulgada neste sábado, num eventual segundo turno entre Dilma e Serra, a petista teria 53% e o tucano, 39%. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 49% das intenções de voto, e Serra, 41%.

Em 2006, nesta mesma época, Lula abria 23 pontos de vantagem sobre Alckmin. Tinha o dobro dos votos. Até as eleições, 50 dias depois, Lula cresceu 2%. Alckmin cresceu 18%.A eleição chega na fase da propaganda eleitoral completamente aberta e vem muita novidade por aí. Novidade boa para o Brasil e ruim para os bolivarianos.

Anastasia conta com TV para enfrentar "desconhecimento"



Por PAULO PEIXOTO, na Folha:

Com 26 pontos atrás do seu principal concorrente na disputa eleitoral mineira, o governador Antonio Anastasia (PSDB), que tentará se reeleger, disse neste domingo que tem ainda contra ele o "desconhecimento" e que somente a campanha na televisão poderá ajudar a superar essa questão.

Segundo pesquisa Datafolha divulgada ontem, Anastasia tem 18% das intenções de voto, contra 44% do senador peemedebista Hélio Costa. O percentual de eleitores indecisos em Minas é de 23% _maior, portanto, do que o índice que expressa a preferência pelo tucano.

"Ainda tenho contra mim um desconhecimento muito grande. Agora é interessante observar que no voto espontâneo há um empate, e há, portanto, 75% de pessoas que não têm candidato ainda", disse Anastasia, que se referiu à declaração de votos espontâneo. Nela, Costa aparece com 10% e ele com 7% _a margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

"Então, acredito que a eleição em Minas vai começar a se definir a partir da propaganda eleitoral na televisão. Quando teremos, através do grande veiculo que é a televisão, o conhecimento maciço dos candidatos e das propostas. O otimismo é absoluto, nós temos uma estrutura política muito forte."

Anastasia tem como principal cabo eleitoral o ex-governador Aécio Neves, que lhe passou o cargo no final de março passado para concorrer ao Senado. Além de Aécio, o PSDB mineiro diz ter o apoio de quase 600 dos 853 prefeitos do Estado para ajudar nessa difícil tarefa. Esse apoio, diz Anastasia, é fruto do "reconhecimento do trabalho" tucano realizado nos últimos sete anos e meio.

Pelo Twitter, Hélio Costa comemorou o resultado, dizendo ter ficado feliz com telefonemas informando sobre os números. No microblog, escreveu que manterá apenas "a humildade e o trabalho".

O peemedebista agradeceu aos petistas Patrus Ananias, ex-ministro e candidato a vice na sua chapa, e Fernando Pimentel, ex-prefeito e candidato ao Senado, e a Zito Vieira (PC do B), que também disputa vaga de senador.

sábado, 24 de julho de 2010

Evangélicos protestam contra candidata abortista. Muito pior do que um ovo


Da Folha Poder:

A candidata Dilma Rousseff (PT) enfrentou protesto hoje ao visitar a sede da Convenção Nacional das Assembleias de Deus. Uma faixa onde estava escrito "Apoiar a Dilma é negar a Bíblia" foi aberta por dois fiéis da igreja Batista de Brazlândia, cidade próxima à capital. O técnico em eletrônica Silvio Moreira Santos, 35, que segurava uma das pontas da faixa, gritou quando a candidata entrou. "Essa senhora apoia o aborto e o casamento gay. Somos contra isso. Esse mulher não pode ganhar". A outra ponta da faixa era segurada pelo pastor Wilson de Araújo Sampaio, da mesma igreja. Não houve confronto com militantes da candidatura de Dilma Rousseff nem com outros religiosos. Quando a ministra entrou na Catedral das Assembleias de Deus, um segurança pediu para que a faixa fosse recolhida e foi atendido. Do Coronel.

PESQUISA DATAFOLHA MINAS GERAIS 24 DE JULHO DE 2010: HÉLIO COSTA 44%; ANASTASIA 18%


Hélio Costa (PMDB) abre 26 pontos de vantagem. Apoiado por Lula, Hélio aparece com 44%. Carregado por Aécio, Antonio Anastasia (PSDB) obtém 18%.

Bem atrás, estão embolados, com percentuais que oscilam entre 1% e 2%: Professor Luis Carlos (PSOL), Vanessa Portugal (PSTU), Edilson Nascimento (PTdoB), Fabinho (PCB), Pepê (PCO) e Zé Fernando Aparecido (PV).

PESQUISA DATAFOLHA DE 24 DE JULHO DE 2010: SERRA TEM 37%; DILMA 36%

Do G1, em São Paulo e Brasília

Pesquisa Datafolha para presidente da República divulgada neste sábado (24) mostra uma situação de empate técnico entre os candidatos José Serra (PSDB), com 37% das intenções de voto, e Dilma Rousseff (PT), com 36%. Como a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, Serra pode ter entre 35% e 39% e Dilma, entre 34% e 38%.

Esta é primeira pesquisa Datafolha após a oficialização das candidaturas a presidente e a terceira consecutiva do instituto que aponta empate entre os dois candidatos – na de maio, ambos tinham 36% e na do início deste mês, Serra aparecia com 39% e Dilma, com 37%.

O Datafolha realizou 10.905 entrevistas com eleitores de 16 anos ou mais, dos dias 20 a 23, em 379 municípios. O levantamento foi encomendado pelo jornal “Folha de S.Paulo” e pela TV Globo e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número 19890/2010.

A candidata Marina Silva (PV) aparece em terceiro lugar na pesquisa, com 10% das intenções de voto. Nos dois levantamentos anteriores, ela tinha 10% e 9%.

Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) e Zé Maria (PSTU) têm 1% das intenções de voto cada um, segundo a pesquisa. Nenhum dos demais presidenciáveis (Rui Costa Pimenta, PCO, Ivan Pinheiro, PCB, Levy Fidelix, PRTB, e Eymael, PSDC) chega a 1%. Dentre os entrevistados, 10% se dizem indecisos e 4% pretendem votar em branco ou anular o voto.

Resposta espontânea
Na intenção de voto espontânea (quando o pesquisador não exibe para o entrevistado o cartão com os nomes dos candidatos), 46% disseram não saber em quem votar. Dilma aparece com 21% (tinha 22% na pesquisa anterior) e Serra com 16% (tinha 19%). Embora não seja candidato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve 4% das citações, mesmo percentual de Marina Silva.

Segundo turno
A simulação de segundo turno efetuada pelo Datafolha aponta Dilma com 46% e Serra com 45%. Os indecisos são 5%, e outros 5% votariam em branco ou anulariam o voto.

De acordo com o levantamento, em um eventual segundo turno, 41% dos eleitores de Marina Silva optariam por Serra, e 39%, por Dilma. Dentre os eleitores de Marina, 15% votariam em branco ou anulariam o voto em um segundo turno entre Serra e Dilma.

Rejeição
A pesquisa mostra que não votariam em José Serra em hipótese alguma 26% dos entrevistados (eram 24% no levantamento anterior). A taxa de rejeição de Dilma Rousseff é de 19% (era 20%) e a de Marina Silva, de 13% (era 14%).

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Curvelo, Pará de Minas, Ponte Nova e São João Del-Rei terão votação biométrica em Minas- impressão digital do eleitor

Do O Tempo:
Durante as eleições 2010, 60 municípios em 23 estados brasileiros receberam urnas com leitores biométricos. O sistema foi desenvolvido pela Justiça Eleitoral, que considera o novo processo mais democrático e seguro. Estima-se que mais de um milhão de eleitores irão votar utilizando o novo sistema. Em Minas estará disponível para as cidades de Curvelo, Pará de Minas, Ponte Nova e São João Del-Rei.

A principio o processo é o mesmo, o eleitor deverá apresentar os documentos de identificação obrigatório, carteira de identidade e o título de eleitor, sua identidade será confirmada através do reconhecimento biométrico de sua impressão digital. Caso venha a ocorrer problemas com o leitor biométrico, o mesário terá em sua pose a folha de votação com todos os dados do eleitor, inclusive a foto.

O novo sistema, já foi testado nas eleições de 2008 em três cidades, Colorado do Oeste (RO), Fátima do Sul (MS) e São Batista (SC). A meta é que até 2018 todos os municípios brasileiros possam utilizar o novo sistema.

FOLHA PUBLICA AMANHÃ PESQUISA DATAFOLHA SOBRE A CORRIDA PRESIDENCIAL E EM 7 ESTADOS

Da Folha:

A Folha publica amanhã os resultados de pesquisa Datafolha sobre intenção de voto para presidente da República e para governador em sete Estados (SP, RJ, MG, RS, PR, BA e PE) e no Distrito Federal.

O instituto registrou as pesquisas no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na sexta-feira passada. No total serão entrevistados 10.730 eleitores, em 379 municípios de 25 Estados e no Distrito Federal.

Os contratantes da pesquisa são a Folha e a TV Globo.

As margens de erro são de dois pontos percentuais para a amostra nacional e para o Estado de São Paulo, três pontos nos demais Estados e quatro pontos no Distrito Federal.

Os números dos registros para a divulgação das pesquisas são: TSE (19890/2010), DF (21746/2010), SP (51059/2010), RJ (59653/2010), MG (50097/2010), RS (31879/2010), BA (22781/2010), PE (32333/2010) e PR (15687/2010).

BRASIL CAI NO ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO, INFORMA RELATÓRIO DA ONU


Do G1, em Brasília

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançou nesta sexta-feira (23) o IDH-D, que mede o Índice de Desenvolvimento Humano corrigido pela desigualdade. Por esse parâmetro, o Brasil perde 19% no IDH e deixaria de ser considerado um país de alto desenvolvimento humano.

"As estimativas deste relatório mostram que a desigualdade afasta o Brasil do alto desenvolvimento humano em uma magnitude de 19%", explicou Flávio Comim, economista do PNUD no Brasil.

O IDH é uma medida comparativa que engloba três dimensões: riqueza, educação e expectativa de vida ao nascer. É uma maneira padronizada de avaliação e medida do bem-estar de uma população.

O índice varia de zero - nenhum desenvolvimento humano - até 1 - desenvolvimento humano total. Entre 0,5 e 0,8, um país é considerado de desenvolvimento médio. Acima de 0,8, é considerado país de alto desenvolvimento humano. O IDH do Brasil é de 0,813. Porém, no IDH-D, o Brasil tem 0,629. Como o IDH é uma média, o PNUD decidiu criar um novo parâmetro destacando a desigualdade.

De acordo com Flávio Comim, levando-se em conta o IDH-D, o Brasil não apresentaria um alto índice de desenvolvimento humano. “Quando você leva em conta a desigualdade, o Brasil cai 19% no IDH”, explicou o economista. Segundo ele, para diminuir a desigualdade é preciso que os países tenham políticas públicas que promovam educação de qualidade e igualdade de oportunidades. Leia mais aqui

GERALDO GUARACI E MICHELE CASAM-SE AMANHÃ

Felicidades amigos!!!

ENFRENTANDO E DESMASCARANDO AS MENTIRAS DO PT: "O INDIO DE BATINA"


Em uma semana, apenas uma semana, o PT encontrou dois adversários à altura, para desespero dos que pregavam uma campanha onde Lula poderia cometer todos os crimes eleitorais, dizendo o que bem ententesse e fazendo o que lhe aprouvesse com a máquina pública, enquanto a oposição caminhava lenta e inexoravelmente para o matadouro. Indio da Costa(DEM) o vice de Serra, colocou o dedo na ferida gangrenada da ligação do PT com a narcoguerrilha assassina das FARC, que ocorre há mais de 20 anos dentro do Foro de São Paulo, que Lula criou em 1990, a mando de Fidel Castro. Dom Luiz Gonzaga, bispo de Guarulhos, apontou o dedo para o apoio de Dilma Rousseff(PT) ao aborto, inclusive apontando que ela vem mudando de idéia apenas para enganar os eleitores, pois é a "cabeça da cobra" de um PT que é francamente abortista. Apareceu um Indio com uma borduna na mão. Apareceu um Indio de batina, com a Bíblia na mão. Os dois são os responsáveis para que esta campanha passe a ser pautada pela verdade, não mais pelas mentiras do PT e da Dilma. Os dois Indios acertaram na cara dos principais líderes da Sofisticada Organização Criminosa:


É preciso que a oposição dê início a um freio de arrumação em sua campanha, para elevar o debate e deixar de lado o discurso do medo, do terror e das ofensas. É assim que se constrói uma eleição limpa, pois não deixaremos sem resposta as calúnias que nos tem sido dirigidas.

A frase acima é de José Dirceu, o chefe da quadrilha do mensalão, segundo acusação do Procurador Geral da República. Ele quer "elevar o nível do debate", colocando o PT farquista e abortista para debaixo do tapete. Logo quem. Agora só falta a camarilha da imprensa e a quadrilha do partido da bandidagem vir para os jornais chamar o Indio de batina de "idiota", "despreparado", " desqualificado" e, finalmente, afirmar que Deus escolheu muito mal o Bispo de Guarulhos. Do Blog do Coronel.

PIMENTEL É O RESPOSÁNVEL PELO CRIME DE QUEBRA DE SIGILO FISCAL NA RECEITA FEDERAL, DIZ SERRA

Do O Tempo:
Um dia após a identificação da analista da Receita Federal por cuja senha foram acessados os dados fiscais do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Calas, os tucanos atacaram duramente os adversários do PT e o governo Lula. O discurso associou o vazamento das informações com o que chamam de "aparelhamento" partidário.

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, deu nome a seus suspeitos e culpou dirigentes do PT pela quebra do sigilo fiscal. Em entrevista a jornalistas da Rádio Gaúcha e do jornal Zero Hora, o presidenciável acusou o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel de coordenar a ação.

"Eles tinham montado um grupo de dossiê sujo. Isso é jogo sujo e o PT estava montando isso agora. E foi descoberto inclusive contratando ex-delegado, tudo coordenado por um personagem de importância no PT que é o atual candidato ao senado de Minas Gerais, o Fernando Pimentel. Ele é o organizador disso. Não é um zé ninguém dentro de PT", acusou Serra.

O material seria usado para alimentar o suposto dossiê planejado pela campanha da ex-ministra Dilma Rousseff (PT) para atingir os oponentes.

Mais cedo, o tucano havia afirmado que há uma mistura entre Estado e governo, com a politização de empresas públicas e as agências reguladoras, por exemplo. "Se politizou. Se confundiu Estado com governo".

Ninho. Serra não foi o único tucano a bater duro nos oponentes por conta do episódio do vazamento. O senador e candidato à reeleição no Ceará Tasso Jereissati acusou o PT de usar a máquina "sem nenhum escrúpulo". "O PT está acabando com este país. Está usando a máquina, está praticamente tirando todo o sentido de ética da coisa pública, usando de maneira realmente sem nenhum escrúpulo tudo o que é possível", criticou.

O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), defendeu apenas que se descubra o motivo que levou ao vazamento dos dados do Imposto de Renda de Caldas. Mais do que levantar o nome de quem praticou o crime, ele avalia que o importante é saber "para quem o trabalho foi feito".

O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) acusou o auditor da Receita Washington Afonso Rodrigues de ser um dos suspeitos. Para Dias, Rodrigues tem precedentes por ter "bisbilhotado", em 2006, dados de 13 mil pessoas entre físicas e jurídicas.

"Colocar isso é meu dever depois que o nome dessa mulher (a analista Antonia Aparecida Rodrigues dos Santos Silva) foi divulgado. Ela está sendo usada para acobertar um responsável maior", declarou. Leia mais aqui

quinta-feira, 22 de julho de 2010

O GOVERNADOR ANTÔNIO ANTASTASIA E AÉCIO SÃO RECEBIDOS COM MUITO CARINHO E ENTUSIASMO PELA POPULAÇÃO DE SETE LAGOAS

Depois da caminhada no centro fomos para Arena do Jacaré,
o governador vistoriou o estádio reformado pelo seu governo e depois assistimos ao jogo do Galo

Meu amigo Piquitito na cabine da Rádio Itatiaia, na Arena do Jacaré
Chico Maia homenageou o governador com uma camisa do Democratas de Sete Lagoas
Tina e Nieta com Aécio e o governador Antônio Antastasia


Não é um "Choque de Gestão" é Choque de entusiasmo: amigas do comércio de Sete Lagoas receberam com muito afeto, este grande trabalhador por Minas Gerais: o governador Antônio Anastasia

Aécio saindo da lanchonete Onasis


Recepção calorosa da equipe da loja Vitória

Aécio e o professor Anastasia receberam o calor humano das ruas.
É a vitória de uma gestão que dá resultados para à população.


Gente que produz: o próprietário da Camisaria Alves com o Governador Anastasia. "Vou ficar importe também", disse ele - o senhor já é muito importante como cidadão e homem da produção

Os pais de Nadab Abelin, sec. de Governo.

Os prefeitos da região também marcaram presença na vinda do governador à Sete Lagoas


quarta-feira, 21 de julho de 2010

Servidores do Ministério do Trabalho se decepcionam com a grosseria de Dilma e reconhecem a educação de José Serra.

UOL Eleições :

Após a sabatina de que participou hoje (21) na TV Brasil, em Brasília, Dilma deixou o edifício da emissora rapidamente, para não conceder entrevista coletiva aos jornalistas que a aguardavam na saída do evento. A ex-ministra entrou no carro que a aguardava, mas não conseguiu se desvencilhar de um grupo pequeno de manifestantes que lhe entregaram um documento sobre a greve dos servidores do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

“Entregamos nosso dossiê. Estamos procurando os presidenciáveis em qualquer lugar do país", disse Célia Souza, servidora do MTE na Bahia. “A equipe de Pernambuco já encontrou o candidato Serra [do PSDB], em Pernambuco, e ele recebeu de maneira muito educada. Ao contrário da candidata Dilma Rousseff. Isso é pra gente uma decepção muito grande”.

Um dos documentos entregues a Dilma e a Serra diz que os grevistas “lutam pela implantação do plano de carreira, contra a destruição do órgão e pela continuidade da prestação de serviços públicos, gratuitos e de qualidade aos trabalhadores brasileiros”. Os manifestantes prometem ainda levar as reivindicações a Marina Silva (PV).

Na noite de hoje (21), o site da Associação dos Servidores da Delegacia Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul (Asdert), entidade de trabalhadores vinculados ao MTE, info0mava que a greve atinge o Distrito Federal e 19 Estados: Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rondônia, Sergipe, Tocantins e Rio Grande do Norte.

ANASTASIA VAI ESTAR DAQUI A POUCO EM SETE LAGOAS

Governador, Antônio Anastasia, cad. Dep. Estadual 23023, Leonardo Barros e Governador José Serra

CANDIDATURA REGULARIZADA JUNTO AO TSE; PROCESSAMENTO DE CANDIDATURAS DEVE SER ALTERADO PARA QUE INOCENTES NÃO SOFRAM O DESGASTE DOS FICHAS SUJAS


Depois de um erro do partido, o PPS, que não entregou a documentação como eu lhe havia repassado em tempo e hora, junto ao Tribunal, que depois de receber a documentação também custou a regularizar a minha situação bem como a de milhares de candidatos em Minas. Esse erro somado a lentidão do processamento do TRE causou desgastes aos candidatos, como foi o meu caso explorado pela mídia. Só ontem depois de forte cobrança de minha parte junto ao Tribunal que o status da candidatura foi mudado de "com impugnação" para "aguardando julgamento", que é a normalidade nesse período junto a instituição. A minha situação já havia sido "deferida" há alguns dias me informou ontem Ana [a quem eu agradeço o atendimento, assim como Barbara de outro setor] do gabinete da procuradoria do TRE, mas só ontem depois de conversar com ela e outras várias pessoas no órgão foi que se acelerou o andamento da situação. Sim, a responsabilidade maior pelo problema é do meu partido, que mesmo tendo tudo em mãos não conseguiu fazer o certo, mas o TRE de Minas está levando demaziado tempo para processar a situação. É certo que deve haver mais celeridade para não se fazer com que inocentes sofram um desgaste como se fossem culpados: os fichas sujas.

ANASTASIA FAZ CAMPANHA HOJE EM SETE LAGOAS


O governador de Minas Gerais e candidato a reeleição Antônio Augusto Anastasia vem a Sete Lagoas nesta quarta-feira, 21, para cumprir um compromisso de campanha. Ele participa de uma caminhada no centro da cidade. A concentração será às 16 horas, em frente ao colégio Dom Silvério, no início da avenida Monsenhor Messias.

HÉLIO COSTA É DESDENHADO POR PREFEITOS E ACUSA ANASTASIA DE PRIVILEGIAR ALIADOS EM CONVÊNIOS

Por RODRIGO FREITAS, no O Tempo:
Os dois principais candidatos ao governo de Minas, Hélio Costa (PMDB) e Antonio Anastasia (PSDB), trocaram mais farpas ontem. O novo motivo do bate-boca público são os convênios assinados por prefeitos do Norte de Minas com o governo do Estado.

Em visita, ontem, a Montes Claros, onde acompanhou a candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff, Costa acusou o governo de privilegiar, em convênios, apenas as prefeituras que apoiam a reeleição de Anastasia. "Nós estamos sabendo das pressões e aliciamentos que o governo (do Estado) está fazendo em cima das nossas lideranças, colocando até como condição para liberação de recursos de convênios - que deveriam ser liberados democraticamente - o apoio ao nosso adversário ", criticou.

No Twitter, Costa agradeceu aos prefeitos e insinuou o condicionamento. "Os prefeitos do Norte nos receberam em Montes Claros sem medo de nos apoiar. É a garra e coragem dos companheiros do Norte".

O ex-secretário de governo de Minas Gerais Danilo de Castro, que se afastou do cargo e assumiu ontem a coordenação política da campanha de Anastasia, rebateu as acusações do peemedebista. Ele disse que Costa está "partindo para o desespero" e que suas declarações foram fruto de um "desapontamento" com os "pouquíssimos prefeitos que o receberam". Cerca de 30 lideranças políticas do Norte de Minas, entre prefeitos e vices, estiveram ontem com Costa.

Já o governador Antonio Anastasia negou as acusações de seu adversário e as classificou como "coisa sem pé nem cabeça". "Não há convênio no Estado desde o dia 30 de junho, que foi o prazo da legislação. Nós estamos cumprindo isso de maneira muito clara. Então, de fato, é uma coisa totalmente sem pé nem cabeça", argumentou.

Anastasia disse que boa parte dos prefeitos mineiros o apoia em função do reconhecimento dos últimos oito anos de governo. O governador disse ainda que está "admirado" com a postura de seu adversário.

ARENA DO JACARÉ SETE LAGOAS ATLÉTICO E CRUZEIRO ANUNCIAM MEDIDAS PARA ATRAIR TORCEDORES AO CAMPO


Devido ao pequeno público nas últimas partidas envolvendo o Cruzeiro e o Atlético, realizadas na Arena do Jacaré, que ao todo não chegou nem a sete mil torcedores, a diretoria dos clubes anunciaram hoje que vão tomar medidas para evitar a pouca adesão da torcida durante os jogos do Campeonato Brasileiro. No Atlético, o presidente Alexandre Kallil diz que todo torcedor que comprar o ingresso antecipado terá a sua disposição um ônibus que irá levar e buscar o torcedor durante os jogos realizados em Sete Lagoas. Já o Cruzeiro preferiu reduzir o valor dos ingressos que, a partir deste domingo vão de R$40,00 para R$25,00 e de R$80,00 para R$50,00.