quinta-feira, 15 de julho de 2010

ESTRATÉGIA ELEITORAL: AÉCIO, ANASTASIA E ITAMAR VÃO SE DIVIDIR PARA OCUPAR "RAPIDAMENTE" O ESTADO

Por Matheus Jasper Nangino, no O Tempo:

Ao lado de Aécio, Anastasia cumprimentou eleitores em Ibirité.
O candidato do PSDB à reeleição para o governo do Estado, Antonio Anastasia, esteve na tarde desta quarta-feira (14) em Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte, acompanhado do ex-governador e candidato ao senado, Aécio Neves e do vice na sua chapa, deputado estadual Alberto Pinto Coelho(PP). Os candidatos cumprimentaram populares e comerciantes e tomaram café em uma padaria na região do bairro Durval de Barros. Cerca de 500 pessoas com faixas e bandeiras acompanharam a caminhada que durou pouco mais de 40 minutos.

Aécio afirmou estar muito feliz com a receptividade do povo durante a campanha e disse que isso é resultado dos mais de sete anos do governo. Ele defendeu que aonde Anastasia é conhecido é também bem avaliado. “Há ainda um grande desconhecimento em relação a ele e ao seu papel durante esses oito anos de governo. A nossa campanha agora tem um objetivo central: tornar o governador Anastasia ainda mais conhecido”.

Para isso a campanha tucana aposta na propaganda de rádio e televisão que começa em agosto. Aécio reconheceu ainda que Anastasia está pior nas pesquisas em algumas regiões, mas ressaltou que a campanha não vai priorizar nenhum local. “Temos ainda o programa eleitoral, não tem outro caminho. No programa eleitoral é que a população se familiariza mais com o candidato e com o seu perfil e as suas realizações. Nós estamos muito serenos, a nossa campanha está muito bem organizada e vamos estar em todas as regiões do Estado, dando a elas a mesma importância”, afirmou.

O ex-governador disse ainda que Itamar Franco (PPS), o outro candidato da chapa para o Senado, deverá estar a partir da próxima semana mais presente na campanha. Segundo Aécio, o ex-presidente esteve até agora organizando comitês da chapa na Zona da Mata. Apesar disso, o tucano confirmou que eles não estarão juntos em todas as ocasiões. “Nós queremos nos dividir um pouco pelo Estado. Nos grandes eventos nós vamos estar juntos, mas nos atos rotineiros de campanha eu estarei levando a palavra de Itamar e de Anastasia assim como ele estará levando o nosso, e vice e versa. Acho que é uma forma de estarmos ocupando o Estado com a nossa presença mais rapidamente”, afirmou Aécio.
Postar um comentário