sexta-feira, 9 de julho de 2010

A FELICIDADE EFÊMERA DOS MEUS ADVERSÁRIOS, É COMPREENSÍVEL

Um equivoco no envio da documentação pelo pessoal do partido em Belo Horizonte fez os meus adversários comemorarem a "impugnação da minha candidatura". A felicidade deles vai durar muito pouco, ou para usar uma termo mais rebuscado: será efêmera! O partido, que equivocou-se ao deixar de entregar um documento na forma digitalizada, já providenciou a correção junto ao TRE.

Interessante observar que os adversários, agora de manhã tentaram explorar o equivoco, comunicando a imprensa sobre a minha "inelegibilidade". Eu compreendo o que eles estão fazendo como legítimo temor e esperança. Afinal, veem a minha eleição como a grande ameaça às suas práticas nefastas, como, por exemplo, a relação trapaceira que mantém com o povo setelagoano. Mas eles podem tirar o cavalinho da chuva que o povo vai poder por fim a enganação, votando neste escrevinhador para deputado estadual, número 23o23.
Postar um comentário