VISITE ANTES DO LANÇAMENTO PARA CONHECER E ESCOLHER O SEU LOTE

sexta-feira, 30 de julho de 2010

ITAMAR, SERRA, ANASTASIA E AÉCIO UNIDOS


PSDB organiza evento político para formalizar apoio de Itamar a Serra em Minas
Publicidade
POr PAULO PEIXOTO, na Folha:

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, recebeu nesta tarde o apoio formal do ex-presidente Itamar Franco (PPS), durante encontro político no apartamento do ex-governador tucano Aécio Neves, em Belo Horizonte. Serra agradeceu com alegria de receber e afirmou que esse apoio "tem enorme importância política, eleitoral e moral".

Candidato ao Senado por Minas, Itamar nunca havia dito com todas as letras que apoiaria Serra. Recentemente, disse que o apoiaria porque seu partido integra a aliança com o PSDB. Hoje, contudo, destacou sua "lealdade" à coligação que apoia o tucano e ainda afirmou que não fez nenhuma exigência a Serra.

Serra vai ter comitês paralelos aos de Anastasia em Minas
Aécio e Anastasia escondem Serra em material
Hélio Costa acusa PSDB de "aliciar" prefeitos em Minas

Victor Schwaner/Nitro/Divulgação

Ato do PSDB de Minas Gerais formalizou o apoio de Itamar Franco (PPS) ao candidato à Presidência, José Serra
Itamar estava usando uma tipoia no braço esquerdo por conta da clavícula quebrada em um acidente em casa.

Ao final do encontro, em entrevista, Itamar disse: "Aqui em Minas a gente aprende o seguinte: acima de tudo a ética, a lealdade e o comportamento que se deve ter quando se juntam em uma coligação, como agora. Eu estou nessa coligação. Cabe a mim apoiá-la".

Anteriormente, Itamar havia criticado Serra porque ele vinha poupando o presidente Lula e, algumas vezes, fazendo elogios a algumas ações do petista.

Questionado sobre a crítica que fizera ao presidenciável, Itamar disse que não se esqueceu disso e repetiu que, "se a gente não quer falar mal do adversário, a gente não deve falar bem".

Questionado, depois, sobre o fato de Serra ter mudado o discurso, partindo mais para o ataque com o governo e o PT, e se esse comportamento o agradava, Itamar disse: "Vou observar bem de perto se ele mudou". Nesse instante Serra interveio: "Vou ouvir sempre o presidente, mas longe de vocês [imprensa]".

Aécio disse que estava "imensamente feliz" com esse "entendimento".

FILME NO CELULAR

Quando fotógrafos e cinegrafistas registravam a formalização do apoio, ainda dentro do apartamento de Aécio, Serra pegou o celular de uma assessora e começou a filmar Itamar e fez a seguinte declaração: "Estou aqui com o presidente Itamar. Viemos nos encontrar aqui junto com Aécio e com o [governador Antonio] Anastasia, firmando a nossa unidade em torno de Minas Gerais e do Brasil. Estou muito emocionado. Um homem da integridade e da importância de Itamar Franco para o Brasil do nosso lado. Juntos pela vitória de Minas e pela vitória do Brasil".

A despedida de Serra com Itamar se deu com um abraço. Serra cochichou algo no ouvido do ex-presidente, que disse "vai com Deus" ao candidato.

Serra, Aécio e Anastasia participam de evento de campanha na Região Metropolitana de Belo Horizonte nesta noite.
Postar um comentário