sexta-feira, 3 de julho de 2009

Após fazer chifres com as mãos, ministro renuncia em Portugal; enquanto isso no Brasil...

O primeiro-ministro José Sócrates aceitou o pedido. Manuel Pinho era o ministro da Economia e Inovação português.
Do G1, com agências:
O ministro da Economia e Inovação português, Manuel Pinho, apresentou nessa quinta-feira (2) sua renúncia, já aceita pelo chefe do governo do país, o socialista José Sócrates, depois de ter feito um gesto ofensivo ao porta-voz do Partido Comunista em pleno Parlamento do país.
Pinho, que estava no cargo desde 2005, simulou chifres com suas mãos, gesto que dirigiu ao porta-voz dos comunistas portugueses, Bernardino Soares, depois de este ter recriminado sua atitude em relação a um problema trabalhista ocorrido em minas do sul de Portugal.
Soares considerou a ação como "pouco educada" e solicitou a renúncia de Pinho, que, apesar de pedir desculpas rapidamente, justificou sua reação com o fato de que se sentiu ofendido pelas acusações do deputado comunista.
O ministro das Finanças português, Fernando Teixeira dos Santos, assumirá a pasta de Economia e comandará as duas até setembro, quando o governante Partido Socialista tentará manter sua maioria absoluta nas eleições legislativas.

Comento
Bem diferente do Brasil onde Marco Aurélio Garcia depois Top, Top, Top... Continua ministro do homem que não viu nem ou ouviu nada: o Lula do PT. Ah, por falar em PT lembrei que ele é a última salvação de Sarney.
Postar um comentário