quinta-feira, 1 de outubro de 2009

A resposta 2 - VOCÊ SABIA QUE OS R$ 72 MILHÕES DE EMPRÉSTIMO VIA PAC É O MAIOR ENDIVIDAMENTO DA HISTÓRIA DE SETE LAGOAS

O custo "per capta" é de R$320,00, menor do que o aluguel de 30 dias de um barracão. Puxa, porque você não raciocina um pouco?

Prossigo respondendo aqui a segunda parte do comentário postado abaixo - o comentárista refere-se ao empréstimo de R$ 72 milhões para água do Rio das Velhas. Vamos lá. Para uma cidade que não tem hospital público de verdade, falta escolas, não tem urbanização... endividar-se para fazer algo que tem a oportunidade de conseguir uma boa concessão, é péssimo negócio, ainda que o custo per capta fosse de US$ 10,00.
E mais, a questão custo depende muito da questão onde, o que e para que. Não é uma simples análise de valor per capta sozinha, não. Ah, nesse caso independente de qualquer coisa o valor não é nada baratinho, não. Muito pelo contrário, nós estamos falando do maior endividamento que a cidade já fez, sabiam? R$ 72.ooo.ooo (Setenta e dois milhões) de dívida é muito alto e mais as contrapartidas obrigatóias estragularão as finanças de Sete Lagoas, que mal já tem dinheiro para pagar salários.

Tem mais: a conta já chegou! Muitas pessoas não sabem, mas a preço "per capta" do PAC chegou antecipadamente. É? Sim. A taxa de resíduos sólidos aprovada pela Câmara foi para cobrir os custos da opção pelo PAC. Quem tiver dúvida sobre isso é só peguntar para o líder do prefeito a época: o ex-vereador Luiz Carlos, que liderou muito a contra gosto esse projeto. Bem, quem está precisando raciocinar um pouco e se informar mais não sou eu, mas o comentarista aí.
Postar um comentário