quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Deputado Márcio Reinaldo desonra a sua palavra assinada e tem a cara de pau de falar na TV em defesa do produtor rural enquanto alinha-se com o MST


Um pouco antes do Jornal Nacional assisti o deputado Márcio Reinaldo falando na televisão que defende o produtor rural na propaganda de 30" do seu partido, o PP. Quanta desfaçatez... o deputado dizer isso um dia depois de defender o MST. Foi exatamente isso que fez o deputado ao retirar covardemente a assinatura ontem que já havia dado no requerimento que pedia a criação da CPI do MST.

Ora, o Brasil precisa tanto investigar esse movimento que vai se transformando numa guerrilha e numa Alcaida terrorista para o produtor rural, entretanto, dependesse do deputado que diz defender... o produtor rural, a CPI não seria criada. Não dá para confiar nem mesmo em uma assinatura do deputado Márcio Reinaldo?

Quem sabe o deputado possa explicar para a sociedade o que o fez retirar o seu endosso dessa luta para investigar esse movimento que matou 7 mil pés de laranja? Onde está sua coragem sua coragem? Ou será que as emendinhas fazem mágica e são capazes de impedir o parlamentar Márcio Reinaldo de fiscalizar até o MST?

Sinceramente eu não imaginava que o deputado fosse capaz de tal desonra, pelo menos não os produtores rurais. Olha quem lê esse blog a mais tempo sabe que eu nunca me coloquei na trincheira do ruralismo ou de qualquer outro tipo de segmento. Não, eu não defendo uma categoria da sociedade. Defendo a sociedade. Meu compromisso não é setorizado e por isso eu NÃO defendo os interesses particulares dos produtores rurais, mas dos cidadãos produtores rurais quando seus direitos constitucionais estiverem sendo violados.

Esta é a diferença, ele defende interesses; eu direitos.
Postar um comentário