sexta-feira, 16 de outubro de 2009

O velho palhaço de sempre se autoridicularizando para se autopromover; pior é que tem gente que compra isso

Suplicy veste cueca por cima do terno e desfila pelo Senado
Brasília. O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) rendeu aos apelos da apresentadora de TV Sabrina Sato e, anteontem, vestiu sobre o terno uma peça vermelha que ele jura não ser uma cueca, mas um calção.
"Ela me perguntou se havia heróis no Parlamento. Depois, perguntou qual era o meu sonho. Disse que era o (programa) renda mínima. Aí, ela disse que eu era um super-herói e me entregou o calção", contou.
Suplicy disse que não podia usar o traje, mas cedeu e teve até a ajuda da apresentadora para vestir a peça.
O senador disse que não soube de ninguém que se sentiu ofendido pela brincadeira. Disse ainda que nenhum senador reclamou.
Postar um comentário