quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Prá começo de conversa: De que lado está a prefeitura, HNSG OU POPULAÇÃO?

Chama muita a atenção a "Nota Técnica à População Setelagoana (post abaixo)" emitida pela prefeitura "sobre cirurgias eletivas no HNSG". O Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG) decidiu cancelar cirurgias de paciêntes atendidos pelos SUS, mesmo estando "em fase final de negociação para realização de um novo contrato" com o município, como expressa literalmente a prefeitura.

Entre as muitas curiosidades da "Nota" da prefeitura a primeira é uso, sim, de uma liguagem tão elogiosa ao HNSG num momento em que este cancela um serviço essencial prestado ao parceiro (prefeitura), que prejudica muito a vida da população. "O HNSG é filantrópico e o maior e mais bem equipado hospital da região", diz prefeitura.

Isso lá é momento para bajulação do hospital? Não é. Se como diz a prefeitura a negociação estava "em fase final", como o hospital toma uma medida tão dura em desfavor da população? E o governo ao invés reagir a altura, escreve uma "Nota" que parece mais preocupado em elogiar o hospital a denunciar uma medida desnecessária e insensata sua. Não se trata de ser aspero, mas de não deixar dúvida quanto ao lado que está o poder público do município.
Postar um comentário