sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Balanço 1 - Ações e Planos em curso no município, relato sem juízo de valor, mais tarde à análise

O governo Maroca faz uma espécie de balanço misturado com promessas nesta semana falando de PAC ÁGUA, Trânsito, Convênio para qualificação profissional, Turismo esportivo, Saúde, Perspectivas... E que balanço a gente pode fazer dessa administração após 10 meses? Positiva, Regular ou Ruim? A essa altura é conplicado para se medir resultados concretos. O que é possível fazer é identificar ações e planos governamentais em curso para saber se correspodem ao que a cidade precisa e quer.

O que foi feito e o que se pretende fazer na saúde, educação, saneamento, urbanização, habitação, lazer e esporte, trânsito e transportes, desenvolvimento e emprego, segurança, gestão administrativa, investimento e endividamento, assistência social, política para a juventude...?

Balanço
Na saúde a cidade tem programado duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA's), mais dois posto de saúde na zona leste, o combate da Dengue reduziu o índice de infestação da doença, vão ser implantados novos programas de gestão no Hospital Municipal, que também está sendo melhor equipado. E o PSF teve uma mudança de nome para ESF e o salários foram aumentados. Na educação a secretária reformulou os processos orientando a prestação de serviços às escolas; as escolas por sua vem têm mais autonomia para trabalhar, e ampliou-se o número de escolas em tempo integral.

Na área de laser e turismo a Gruta Rei do Mato ganhou novo status, a Arena do Jacaré está sendo reformada e numa parceria com o grupo empresarial instalado na cidade o Ginásio da "saudosa" Praça de Esportes será totalmente reformado. A autarquia municipal de água, o SAAE tem hoje uma gestão mais profissional. No saneamento recursos do PAC estão previstos ampliação, interligação das redes de água e aumento da capacidade de reservação, além de um financiamento de R$ 72 milhões para captação de água no Rio das Velhas. E para a juventude foi feito o convênio com o estado para a implantação do PEP - Programa de Educação Profissional - na Escola Técnica. Para o transporte coletivo aprovou-se um projeto de bilhetagem eletrônica. A secretária de Assistência Social criou o CAAS - Centro de Antendimento de Assistência Social - no centro da cidade unificando os serviços e facilitando o acesso da clientela.

Na área de desenvolvimento está sendo implantado uma encubadora de empresas em parceria com a Unifemm. Há um plano de negócios em fase final e tem como proposta atrair investidores para revitalizar o Parque da Cascata promovendo o Turismo e a preservação ambiental. A avenida Perimetral será concluída e o Rodo Anel é um projeto que está em estudo. Há ainda a previsão de que se instale um condomínio de empresas fornecedoras da Iveco e existem conversações com empresas do segmento automotivo - autopeças - para se instalarem no município. E no que diz respeito a identidade do povo com a terra há iniciativas como "Conhecer Sete Lagoas" e um projeto que iniciará no 2010 nas escolas numa parceria da Seltur com secretaria de Educação que adotará nas escolas um livro sobre o dinamarquês Peter Wilhelm Lund estudioso das grutas.

Aqui fiz um relato do que consequi levantar de ações e planos no município. Mais tarde faço a análise comparando as ações e planos com as necessidades - o que a cidade precisa e quer.
Postar um comentário