terça-feira, 20 de outubro de 2009

Governo de Minas demite 336 e afasta 256 agentes penitenciários em greve


PAULO PEIXOTO da Agência Folha, em Belo Horizonte:
O governo de Minas Gerais demitiu 336 agentes penitenciários contratados que aderiram à greve da categoria no fim de semana no Estado. Outros 256 agentes concursados foram afastados e sofrerão processo disciplinar "por suas ações ou omissões", sob a justificativa de que "expuseram a risco a integridade de pessoas e a segurança das unidades prisionais", diz nota do governo.
A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais acatou na noite desta segunda-feira (19) pedido do governo e declarou ilegal a greve, determinando a suspensão imediata do movimento sob pena de aplicação de multa de R$ 50 mil por dia.
O governo alegou que havia "riscos de danos irreparáveis a pessoas e a bens e de preservação da segurança e da ordem pública nos presídios". Mais
Postar um comentário