terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

VAGA NA ESCOLA MUNICIPAL? SÓ COM O VEREADOR "FULANO DE TAL"

Por Busu (PT)

Companheiros,

tenho tentado ficar ausente deste debate nos últimos dias, até como forma garantir a autoridade do meu presidente Sílvio de Sá e em respeito aos amigos que ainda estão no Governo.

Porém um fato que me ocorreu na data de ontem, me deixou engasgado e gostaria de compartilhar com todos.

Por questão de ética, vou omitir os nomes dos envolvidos, até mesmo porque gostaria de consultar os dois lados sobre a veracidade do assunto.

Ontem a noite, uma pessoa perguntando se eu conhecia o Vereador "Fulano de Tal". Eu respondi que sim e quiz saber qual o motivo.

Segundo esta pessoa, um parente dela procurou uma Escola Municipal para garantir a vaga de sua filha na Escolinha.

Porém a resposta que ele recebeu me tirou do sério.

Disseram que não havia mais vagas e que somente o Vereador "Fulano de Tal" conseguiria vaga para ela mediante uma carta de apresentação.

Quando ouvi isso, realmente fiquei triste ao saber que a educação de Sete Lagoas está regredindo a patamares de épocas medievais.

Lembro-me que quando tinha 12 anos, tentei ingressar na Escola Técnica, porém não havia mais vagas. Dias após essa tentativa, um influente político local, fez questão de ligar aqui para casa oferecendo a "tal" vaga.

Minha mãe foi taxativa ao dizer: "Meu filho não precisa de ajuda política para entrar na Escola Técnica. O Direito dele é o mesmo de qualquer criança, bem como seus deveres. Se o quizer, que ele estude e passe na seleção."

Infelizmente nem todos os pais são como minha mãe e nem todos os políticos mudaram de lá para cá. Já se passaram 14 anos do fato da Escola Técnica e até hoje acontecem fatos como esse.

Não sou contra o papel do Vereador, porém abomino esse tipo de atitude. O vereador que está fazendo isso, em colúio com o funcionário da referida Escola, estão praticando Prevaricação.

Essa conduta é considerada CRIME, prevista no Art.319 do Código Penal e pode gerar Detenção, de três meses a 1 anos, e multa.

As pessoas precisam entender que Educação é um Direito e não um favor.
O político que luta para que todas as crianças possam estudar com qualidade e perto de casa, está correto, mas aquele que condiciona a entrada a uma Escola, em troca de um voto, está sendo CRIMINOSO. Leia mais
Postar um comentário