quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Dissidente cubano diz que Lula é cúmplice de violação de direitos humanos


da Efe, no Rio de Janeiro
da Folha Online

O dissidente cubano Oswaldo Payá, líder do Movimento Cristão de Libertação, afirmou nesta quarta-feira que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é cúmplice das violações dos direitos humanos no país caribenho, em meio à visita do brasileiro ao país e à morte do dissidente Orlando Zapata Tamayo, após 85 dias em greve de fome.

"Respeitamos e amamos o povo brasileiro, mas o governo Lula não deu nenhuma palavra de solidariedade para com os direitos humanos em Cuba. Tem sido um verdadeiro cúmplice da violação dos direitos humanos em Cuba", disse Payá, em entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal "O Globo".

Assim como nas três visitas oficiais a Cuba, Lula não se reunirá com a oposição durante a viagem.

"Já não esperamos e nem queremos esperar nada dele", continuou Payá, uma das principais vozes do movimento dissidente cubano e vencedor do Prêmio Sajarov, do Parlamento Europeu, em 2002. Mais
Postar um comentário