quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

A SOCIEDADE QUER SABER: A EXPLICAÇÃO FOI COISA COMBINADA DEPUTADO?

Começo com uma digressão antes de cobrar do deputado federal Márcio Reinaldo uma posição sobre a suspeita de corrupção que pesa sobre o poder público local, o Executivo. Vamos a digressão. Dos assuntos quentes da Câmara ontem consegui publicar apenas uma parte do que tenho, estou aguardando um vídeo com a fala do vereador Reginaldo Tristeza (PSOL), que ontem me fez orgulhar da representação popular que recebeu. Conto mais depois sobre a atuação positiva dele e de outros parlamentares, entre eles alguns governistas também. Adiante, vamos a questão da suspeita de corrupção que ontem foi reforçada pela carta recebida e lida pelo vereador Caio Dutra (PMDB) no plenário da Câmara.

Se a justificativa do "Dr. Guaraci" que o Deputado Federal Márcio Reinaldo (PP) se fez portador e contém nela a confissão da suspeita do desvio de dinheiro, ou seja, ainda que não houvesse a entrevista do encarregado ali, naquele texto oficial do deputado federal, já está a autorevelação de uma escandalosa suspeita corrupção em Sete Lagoas.

Bem, diante disso o congressista, homem público, Márcio Reinaldo, tem que se posicionar ou tem-se a suspeita de que ele não foi apenas o portador de uma confissão, mas fez parte da formulação daquela explicação autodenunciadora. Ele tem que ir além de um pronunciamento de que foi só porta voz, ele tem exigir uma explicação já do Governo Maroca sobre as suspeitas, de novo, CONTIDAS ALÍ, porque no mínimo ele foi uma vítima útil e ingénua para o Governo Maroca.

A sociedade sete-lagoana está aguardando uma posição do Sr. Dep. Márcio Reinaldo (PP).

Postar um comentário