quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

QUE SEJA BEM-VINDA A COMISSÃO ESPECIAL DE FISCALIZAÇÃO DO PAC EM SETE LAGOAS: O POVO AGRADECE

O vereador Caio Dutra vai propor a criação de uma Comissão Especial para "apurar denúncias recebidas e lida no Plenário desta Casa", no requerimento como está diz "respeito de obra realizada no CRAMAN, medições da construtora Prefisan e competência dos funcionários da Prefeitura Municipal para fiscalizar as obras e conferir tais medições". Como o documento fala em "denúncias lida no Plenário" e foi lida a matéria deste blog onde mostra um encarregado da citada empresa contradizendo a explicação oficial da prefeitura trazida a público por nada menos nada mais que o deputado Márcio Reinaldo, ela terá que ser objeto de apuração.

E mais: não somente a análise de supostos desvios e falta de competência para medições deverão ser objetos da analise dessa bem vinda Comissão, como devem estar no escopo dessa investigação Parlamentar as obras integrais do PAC em Sete Lagoas. Porque é triste ver que uma senhora valendo-se apenas da lógica básica é capaz de dar uma lição em especialista de engenharia, como fez a moradora do bairro Verde Vale, que está em vídeo abaixo, denunciando na Câmara Municipal o desperdício de dinheiro público na obra do seu bairro. É como ela diz "olha o dinheiro público gente"!

As casas
Outra área do PAC em Sete Lagoas que deve ser olhada com muita atenção pela Comissão a ser criada é a construção das casas do "PPI área de risco". Falo claro das casas que estão sendo feitas para os moradores dos bairros Iraque e Kuwait. Estive visitando estes imóveis em companhia de alguns futuros moradores e eles estão indignados em ter que trocar suas casas por imóveis, que em alguns casos chega 1/5 do tamanho do que possuem hoje. E pior são casas germinadas - parede de meia -, que traz o desconforto da falta essencial de privacidade. É mais uma obra com marca Prefisan Engenharia-Governo, ou seja, estão fazendo em uma bonita área que é o local um verdadeiro pombal para gente morar.

Nada que surpreenda, trata-se de mais um feito do Governo Maroca que permitiu a execução de um projeto tão vagabundo quanto esse. Ah, estas pessoas não tem do que reclamar, estão recebendo estas casas de graça, pode pensar alguns desinformados. É uma mentira igual a Restaurante do Trabalhador fechado pela Vigilância Sanitária, quando na verdade foi fechado sei bem pela vontade do maioral, não é mesmo? Lembra maioral quando conversamos lá Mila Sete em 2003 e você vereador estava indignado com a construção do restaurante alí? Eu tenho memória e guardo muitos detalhes na cabeça em arquivo magnético, aqui em BH, porque caso resolvão me eliminar serei defunto insepulto pior, muito pior do que o vivo lhes amola e atrapalha os negócios. E me desviei, né? Adiante adiante volto ao principal.

Prosseguindo retomo ao que falava sobre as casas não serem de graça. E não são porque as propriedades em que essas pessoas do bairro Iraque e Kuwite tem valor, se quiserem ficar o poder público terá que indenizá-las, não pelo preço "máximo" de R$ 15.000,oo segundo avaliação oficial, mas pelo preço conseguido via justiça ou negociação pelos moradores, tem muitas casas boas e que não estão em "área de risco".

Bem, estão aí algumas questões sobre as obras do PAC em Sete Lagoas que deverão ser alvos da comissão, que tem justificativa bem fundamentada para nascer e prosperar, ao bem do povo setelagoano, que ora é administrado por um governo onde a mentira, a atuação obscurantista e a arrogância tosca são o prato principal da casa.

É nessas horas que a gente se pergunta quem vai defender a população? Temos uma Câmara de vereadores comprometida com o interesse público e, sendo assim, é o poder do povo para resistir a tirania maroquista ou temos um parlamentosinho de vereadoresinhos que se rende como o partidinho da boquinha que já disse um dia representar o trabalhador e não consegue largar ossinho moroquista?

Não espero que não, reconheço homens alí homem com a grandeza para representar e defender o cidadão e aqueles que não tiverem serão revelados individualmente pela força dos leitores deste blog. É preciso ser vigilante com quem tem a função de ser fiscalizar.

Por isso, a partir de agora entraremos no monitorando individual de desempenho de nossos edis reconhencendo os bons, revelando os maus, os omissos...
Postar um comentário