terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

LEIAM E TIREM SUAS COCLUSÕES DESTE DIÁLOGO, COMENTO EM OUTRO POST

Este diálogo aconteceu sexta-feira (05/02/10) no programa Sem Censura da rádio Cultura de Sete Lagoas:

Paredão
- Até João eu queria te pedir, é o seguinte, na reunião dos partidos, eu vou falar isso publicamente no ar, eu vou te pedir uma carta com a assinatura de todos os partidos. Pedir a você encarecidamente parar de ficar dando espaço para pessoas que não tem a mínima condição. O que que é a mínima condição: pode ter dinheiro, pode ter valores, mas não são, tão querendo denegrir Sete Lagoas, aquele monte candidato a deputado estadual, federal. Por favor, eu vou te mandar um ofício, eu estou falando aqui em nome do grupo desses partidos. A partir de agora só cada partido vai credênciar um possível pré-candidato do seu partido.

João Carlos - Só entrevistar como candidato o pré-candidato quem estiver credênciado.

Paredão - Inteligênte é isso.

João Carlos - Aceito.

Paredão - Se entendeu.

João Carlos - Aceito.

Paredão - É porque tá ocupando seu espaço. E a cidade fica preocupada será que fulano... A gente sabe que é deboche. Tem gente que não está filiado a partido nenhum e está com candidatura posta. Isso aí denigre, desanima uma pessoa séria, uma pessoa boa que pode ser candidato. E as vezes deixa de ser. Porque, uma vez, eu era dono de uma frota de Taxi, em frente a Lagoa Paulino tinha a barraca de Gerônimo e Dr. Cirilo toda noite depois da faculdade ia lá chupar uma laranja; Dr. Pite e chegou e me falaram assim você vai candidatar mesmo a vereador. Eu falei vou. O Dr. nós precisamos mudar a Câmara vamos por umas pessoas boas lá, vamos entrar o Sr. é diretor, presidente da, da, da, na época da, da, da faculdade porque que o Sr. Dr. Cirilo não candidata (irmão do Dr. Juvenal que é amigo, que é pai do Maroca, do Paulinho, do Celsinho.) Aí ele pegou e olhou: Paredão se eu me candidatar, entre eu e Pifan, eu e Cicília preto, ou eu e Geraldo da barraca eu perco, eles vão ganhar de mim. Eu falei não Dr. quando as pessoas que tem capacidade afastam, aquela história mais no popular quando o gato afasta os ratos tomam conta. Então precisa que as pessoas de bem, séria comprometida com Sélagoas assumam compromisso, porque senão os brogueiros da vida, as pessoas que não sabem quando não é convidado para ir numa reunião chega e vai, que são, saem daqui para ir a São Paulo representar a imprensa sem convite. Isso denigre a imprensa João. Esse tipo de coisa nós não podemos aceitar, é por isso que aceitei ser presidente da Associação de Imprensa é para gente moralizar a imprensa. Pra moralizar também os partidos, pra não deixar qualquer um ser candidato. Então se me disculpa, mas tem hora que é meu jeito de ser (João: Aceito) eu não sou dono da verdade, mas gostaria de te pedir.

João Carlos - Eu aceito o desafio.


Atualização do post (11:20): acrescentei o áudio dessa "entrevista", o diálogo acima começa a partir dos 57 minutos, é só clicar e aguardar algns intantes e ir até esse tempo:


A partir dos 57 minutos, começa o diálogo acima:
Postar um comentário