quarta-feira, 3 de julho de 2013

PESQUISA PARA PRESIDENTE DA REPUBLICA COM JOSÉ SERRA, MARINA SILVA, DILMA, LULA, JOAQUIM BARBOSA, EDUARDO CAMPOS, - DATAFOLHA, IBOPE, VOXPOPULI? NÃO INSTITUTO PARANÁ EM PESQUISA ENCOMENDADA PELA GAZETA DO POVO. INTENÇÃO DE VOTO, LEVANTAMENTO - FOLHA, VEJA, ESTADÃO, O TEMPO - PESQUISA COM O NOME DE JOSÉ SERRA - CANDIDATOS A PRESIDENTE DO BRAZIL (BRASIL) ELEIÇÃO 2014 MINAS GERAIS, SÃO PAULO, PARANA


Pesquisa: Serra aparece empatado com Marina em 2º lugar; candidata da Rede supera até Dilma entre os mais ricos; melhor desempenho do tucano se dá entre os mais pobres

Escrevi hoje um post estranhando que o nome de José Serra tenha sido excluído da Pesquisa Datafolha, embora, de modo um tanto exótico, se especule sobre a alternativa Joaquim Barbosa, que nem partido tem. Não será candidato. De maneira oficiosa, considera-se que o candidato tucano será o senador Aécio Neves (MG). Nem ele próprio assume ainda essa condição. Também oficiosa, por enquanto, é a candidatura de Dilma à reeleição. Mas é certo que existe a “hipótese Lula”. Nesse caso, no entanto, o Datafolha testa as duas hipóteses. Ora, Serra disputou a eleição de 2010, obteve 44 milhões de votos e não disse que está fora do jogo de 2014. Não cumpre à imprensa ou a um instituto de pesquisa dizer quem pode e quem não pode se candidatar. Muito bem! O Instituto Paraná Pesquisa resolveu incluir o nome de Serra em um dos cenários. Ele aparece empatado, dentro da margem de erro (2 pontos), em segundo lugar, com Marina Silva. Nesse levantamento, teria mais condições do que Aécio de disputar o segundo turno com Dilma, que continua na liderança. A pesquisa foi encomendada pela Gazeta do Povo. Vejam.
 
O Paraná Pesquisa também avaliou o desempenho dos candidatos segundo a renda dos eleitores. Vejam. Volto em seguida.
 
Voltei
Algumas constatações:
- Marina Silva continua a ser o xodó dos mais endinheirados, única faixa em que tem uma boa vantagem sobre Serra. Nessa faixa, está tecnicamente empatada com Dilma, mas numericamente na frente;
- Marina e Serra empatam na classe C, mas ele a supera em quase sete pontos nas classes D e E;
- Serra tem um desempenho ligeiramente inferior a Aécio (na margem de erro) só nas classes A e B. Nas demais, a vantagem do ex-governador de São Paulo é considerável (20,6% a 13,8% na Classe C e 22,1% a 9,4% nas classes D e E);
- Dilma Rousseff só não lidera com folga na Classe A (nesse grupo, esta numericamente atrás de Marina), mas tem vantagem considerável nas Classes C, D e E, onde se concentra a maioria do eleitorado;
- o melhor desempenho de Marina se dá entre os mais ricos; o pior, entre os mais pobres.
A pesquisa também verifica o desempenho dos candidatos segundo as regiões. Vejam.
 
- Dilma e Marina empatam na margem de erro, com a petista numericamente à frente, na região Norte-Centro-Oeste nos dois cenários, com Serra ou Aécio como candidato tucano;
- No cenário em que Serra é candidato, o tucano aparece numericamente à frente de Dilma, na margem de erro, na Região Sul;
- Serra aparece numericamente à frente de Aécio em todas as regiões, com vantagem considerável na Nore-Centro-Oeste e na Sul e dentro da margem de erro nas demais.
Resumo da ópera
1: Marina Silva vai se consolidando como uma alternativa para disputar o segundo turno com Dilma;
2: nesse levantamento, quem tem mais chances de disputar o segundo lugar com ela — e, pois, o segundo turno com Dilma — é Serra, não Aécio;
3: pesquisas de opinião devem revelar a vontade do eleitorado num dado momento, num cenário de plausibilidade (Barbosa candidato, por exemplo, não é plausível), não escondê-la.
Por Reinaldo Azevedo
Postar um comentário