terça-feira, 9 de julho de 2013

MARCIO LACERDA SERÁ CANDIDATO A GOVERNADOR DE MINAS GERAIS? A PRESSÃO É GRANDE. SE ELE FOR CANDIDATO SERÁ O MEU CANDIDATO.

PSDB investe em Lacerda para tentar garantir a vitória

Do O Tempo:

Prefeito é tido como mais viável eleitoralmente do que tucanos

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
Marcio Lacerda evita falar sobre eleição em 2014 e diz que quer terminar o seu mandato
Marcio Lacerda evita falar sobre eleição em 2014 e diz que quer terminar o seu mandato
PUBLICADO EM 12/06/13 - 03h00
Apesar de o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), reafirmar que, nesse momento, não pretende concorrer ao governo de Minas Gerais no ano que vem, fontes próximas ao socialista garantem que a pressão do PSDB para que ele saia candidato aumentou nos últimos dias.

O partido não teria descartado a possibilidade de o prefeito ser o nome da sigla para as eleições estaduais de 2014 por ser o précandidato mais forte para fazer frente à futura candidatura do ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel.

“Está havendo um trabalho sistemático de sedução em relação ao governo”, afirmou um aliado de Lacerda que pediu anonimato.

De acordo com a mesma fonte, a aposta no prefeito ocorre por uma dificuldade do PSDB em “fazer colar” os nomes cotados dentro da aliança tucana nas gestões do senador Aécio Neves (PSDB) e do governador Antonio Anastasia à frente do Estado.

“Com a candidatura de Lacerda, na região metropolitana, a gente empata (com o PT) e, no interior, o palácio domina”, avaliou.

Mesmo sendo um candidato forte, o nome de Lacerda sofre resistências de parte do PSDB. A articulação interna desse grupo é para que os tucanos tenham candidatura própria para fortalecer a campanha de Aécio à Presidência.

O presidente estadual do PSDB, deputado federal Marcus Pestana, nega que a pressão tenha aumentado. “O Marcio é um interlocutor permanente, somos parceiros”, disse. Segundo ele, o que tem ocorrido até agora são “conversas políticas”.

Encontro. Além dos tucanos, o prefeito terá que lidar também com as expectativas de sua própria legenda. Na sexta-feira, Lacerda vai encontrar com o governador de Pernambuco e presidenciável, Eduardo Campos, em Araxá, no Alto Paranaíba. Campos é também presidente nacional do PSB e estará na cidade para participar de um evento empresarial com a presença de lideranças mineiras.

O PSB tem urgência para definir palanques para Campos, caso ele realmente seja candidato em 2014, e, por isso, a pauta da conversa entre o governador e Lacerda será o comando do partido em Minas.

A sucessão de Walfrido Mares Guia ainda uma incógnita, mas é fundamental para garantir o crescimento do PSB e viabilizar candidatura forte do partido em Minas Gerais.
Postar um comentário