sábado, 13 de julho de 2013

DUPLICAÇÃO DA ESTRADA ENTRE RIBEIRÃO DAS NEVES E JUSTINÓPOLIS - LMG-806 - QUANDO COMEÇA? AGORA EM JULHO. A VIA VAI LIGAR BR-040 COM A MG-10

Rodovia que liga Ribeirão das Neves a Justinópolis inicia obras de duplicação

Serão investidos pelo Governo de Minas aproximadamente R$ 35 milhões na duplicação de mais de oito quilômetros
Bernadete Amado
A rodovia LMG-806 é a via de acesso ao município de Ribeirão das Neves e atende a diversas regiões de Belo Horizonte
A rodovia LMG-806 é a via de acesso ao município de Ribeirão das Neves e atende a diversas regiões de Belo Horizonte
As obras de duplicação da rodovia LMG-806, que liga Ribeirão das Neves a Justinópolis, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, começaram no início de julho. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER/MG) autorizou o inicio das obras, que preveem a duplicação, melhoramentos, pavimentação e restauração do trecho entre o Centro Industrial de Ribeirão das Neves até o Distrito de Justinópolis. Serão investidos pelo Governo de Minas aproximadamente R$ 35 milhões na duplicação de mais de oito quilômetros. O valor inclui, além da obra, desapropriação, supervisão e compra de material betuminoso.
As obras, que fazem parte do plano Plurianual da Ação Governamental (PPAG), incluem a duplicação do trecho da estrada, passando dos atuais 7 metros de largura para 14 metros; construção de sete muros de arrimo; acostamentos com dois metros de largura em cada lateral; canteiros centrais e passeios. As obras serão executadas pela Construtora Brasil S/A, vencedora do processo licitatório, e a conclusão está prevista para fevereiro de 2015.
De acordo com o diretor geral do DER/MG, José Elcio Santos Monteze, a LMG-806 possui característica urbana devido a área ser bastante povoada, resultado do crescimento dos municípios do Vetor Norte de Belo Horizonte. “A ocupação urbana redobra a necessidade de melhorias da segurança viária, de forma a agilizar o trânsito e oferecer mais segurança para motoristas e pedestres”, disse.
A rodovia LMG-806 é a via de acesso ao município de Ribeirão das Neves e atende a diversas regiões de Belo Horizonte. Ela também possibilita a ligação da BR-040 com a MG-010, trecho final da Linha Verde, através da avenida Padre Pedro Pinto, em Venda Nova. Atualmente, a rodovia opera em condições precárias nos horários de pico, criando situações de congestionamentos, com formação de longas filas e baixa velocidade. Na região estão instaladas cinco penitenciárias estaduais, entre as quais a Dutra Ladeira, Inspetor Jorge Martinho Drumond e o Presídio feminino José Abranches Gonçalves.
Devido ao grande volume de veículos que trafega nesta região, a ampliação da capacidade de tráfego da rodovia trará mais segurança, comodidade e fluidez do trânsito. Por ela circulam diariamente cerca de 12.000 veículos/dia, sendo a maioria caminhões e ônibus. A via não possui acostamento o que torna o tráfego lento e perigoso.
Para o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, “esta é uma obra de mobilidade urbana que o Governo de Minas, por meio da Setop e do DER/MG, vai implantar com o objetivo de promover o desenvolvimento da região, facilitando o tráfego de veículos da LMG 806”.
Remanejamento de serviços
Como suporte ao projeto de duplicação da rodovia, a Cemig trabalhará no remanejamento da rede elétrica possibilitando a execução das obras. Para tal, será necessário também interferência nos serviços de telefonia, de abastecimento de água e esgoto.
Para a prefeita de Ribeirão das Neves, Daniela Correa, além de proporcionar segurança e comodidade aos usuários do trecho, a duplicação da LMG 806, promoverá o desenvolvimento econômico do município: “A duplicação da LMG 806 é muito esperada por todos os cidadãos nevenses. Esta obra é muito importante para a mobilidade urbana da cidade. Só assim vamos ter mais comodidade, fluidez e principalmente mais segurança no nosso caminho diário", destacou.
Pedestres
A antiga pista de mão dupla com apenas sete metros e sem acostamento dará lugar a uma nova estrutura, com vias duplicadas e separadas ao meio por canteiros. A construção das novas pistas indica melhorias significativas para os pedestres, uma vez que o trecho contará com calçadas nos segmentos com maior tráfego de pedestres nos dois sentidos da via, com 1,5 metros de largura.
Medidas Educativas
Com o objetivo de conscientizar condutores e pedestres para o comportamento adequado no trânsito, a equipe de Educação Para o Trânsito do DER/MG está programando campanhas educativas nas comunidades do entorno da obra e a distribuição de materiais informativos aos motoristas e pedestres que trafegam pela rodovia.
Postar um comentário