segunda-feira, 9 de novembro de 2009

ISSO LÁ É HORA PARA FESTAS?

Parece amolar pouco o prefeito a situação caótica da cidade, é o que as imagens dele em três eventos festivos publicadas pelos jornais Notícia, Hoje Cidade e Sete Dias, neste final de semana revelam. É contrastante, para dizer o mínimo, a farta aparição do prefeito em momentos festivos enquanto a cidade vive momentos de tristes desespero e vergonha como o cancelamentos de centenas de cirurgias e a comprovação dos indícios de corrupção dentro da máquina pública municipal, denunciado pela oposição, através do atuante vereador Caio Dutra (PMDB).


O prefeito que disse que "esse governo não rouba e não deixa roubar" é obrigado a admitir publicamente que a coisa não é bem assim; o candidato que prometia mais e melhor a saúde, entrega menos e pior saúde. Quanta contradição agravada pela demonstração visual de que não estou nem aí.

Ou o que podem dizer essas imagens acima senão o stress zero do chefe do executivo com os problemas da cidade. Enquanto a cidade experimenta o caos dos serviços públicos municipais, seja a falta de escolas decentes, a água suja que é entregue à população, a limpeza urbana precária ou o hospital lotado de pessoas nos corredores sem médicos nem mesmo alí para lhes dar assistência, o prefeito vive uma semana festiva. Ele está a passeio?

Ora é claro que isso está errado. Agora, é que o prefeito deveria estar usando a sua suposta "força política com o governador e com o governo federal" para socorrer a cidade das tragédias sociais que experimenta; esse é o momento de vermos a foto do prefeito com secretários de estado, governador, ministro e até presidente da República em busca de soluções emergenciais para uma população que pena. Mas não, me aparece o senhor Maroca (PSDB) ao lado das candidatas a miss férias, entregando trofel e confraternizando-se, e para piorar acompanhado dos vereadores da base Claudinei Dias do PT, Marcelo da Cooperseltta (PMN) e Milton Saraiva (PP) (esse não tem nem água em casa nos finais de semana e tem que amolar os vizinhos) que parecem seguir o ritmo de "confraternização" do prefeito. Santo Deus! Tudo isso é um tapa na cara.
Postar um comentário