terça-feira, 3 de novembro de 2009

Aécio admite candidatura ao Senado


da Folha Online
O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), demonstrou nesta terça-feira desconforto com a decisão de seu partido em protelar a decisão sobre a escolha do candidato à Presidência da República. Ele admitiu que poderá concorrer ao Senado caso o PSDB não tome uma decisão sobre a disputa presidencial até o início de 2010.
Pré-candidato a presidente, Aécio disputa a indicação do PSDB com o governador de São Paulo, José Serra (PSDB). Hoje, ele disse percebe uma convergência no partido para decidir as prévias entre dezembro e janeiro. Porém, caso isso não ocorra, afirmou que vai se voltar "integralmente" para Minas.
"Se o partido optar, e eu respeitarei essa decisão, por alongar um pouco mais esse prazo eu vou voltar-me integralmente para Minas Gerais. Tenho compromissos enormes e profundos com o Estado e a forma de eu poder até tentar dar ou ajudar a dar aqui, ao lado dos meus companheiros, uma vitória a um outro candidato do PSDB seria mergulhando aqui na nossa campanha, sendo candidato ao Senado da República", afirmou Aécio em entrevista divulgada por sua assessoria. Mais
Postar um comentário