terça-feira, 30 de março de 2010

BDMG EM SETE LAGOAS

A equipe de negócios do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) esteve nesta noite em Sete Lagoas [na Associação Comercial] como anunciado pelo blog. Eles vieram num esforço para aproximarem o banco de fomento mineiro de seus clientes e parceiros de negócios. A iniciativa nomida de "Caravana do Desenvolvimento" veio com um bom número de profissionais. Elizabeth Santos, Analista de Negócios, apresentou as linhas de créditos que o banco possui para os empreendedores mineiros. Tem crédito também para as prefeituras. Os produtos são bem flexíveis e os juros atrativos. Outra vantagem para quem usa uma instituição pública de fomento é que evita a pegadinha dos custos adicionais camuflados e o constrangimento de ser obrigado a engolir produtos adicionais - as famosas vendas casadas.

Para quem está pensando em investir vale a pena fazer uma consulta ao banco. O detalhe é que o banco faz um rigoroso acompanhamento da aplicação do recurso. Nenhum problema para quem é honesto e só quer investir na produção, não é mesmo?

Quanto a qualidade do atendimento tive a melhor impressão possível da equipe, são profissionais dispostos a servir o empreendedor, atendendo a diretriz de um governo empreendedor como é o de Aécio-Anastasia. Aliás, uma das palavras mais ouvidas no discurso do governador e do também quase governador foi de que o papel do governo é o de "animar", ou seja, criar um ambiente que favoreça o investimento produtivo pela livre iniciativa.

Ouçam a entrevista de Ana Verina do BDMG:

"Nós queremos que as empresas de Minas Gerais tenham apoio", diz Elizabeth Santos, do BDMG:

Matéria relacionada: "PREÇO É O QUE INTERESSA"
"Minas pode ser tão dinâmica quanto for capaz de ousar, investir, acreditar em si mesma."

Postar um comentário