terça-feira, 30 de março de 2010

Assembleia de Minas aprova aumento de servidores no último dia de Aécio


Folha Online:

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou nesta terça-feira um reajuste de 10% para os funcionários públicos. O projeto, apresentada há nove dias pelo governo, foi votado um dia antes da despedida do governador Aécio Neves (PSDB).

O aumento, que vale a partir de maio, beneficia cerca de 900 mil servidores. O reajuste terá impacto anual de R$ 1,1 bilhão na folha de pagamento. O projeto também foi aprovado pelos partidos de oposição.

Aécio sai amanhã para ser candidato ao Senado ou ser vice do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), na disputa presidencial.

Segundo o governador, o aumento foi feito dentro dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal. "Não receberão esse reajuste secretários de Estado, secretários-adjuntos, subsecretários e diretores de fundações e autarquias", afirmou Aécio durante o anúncio do projeto.

Algumas categorias terão um reajuste maior. O piso dos professores subirá de R$ 850 por 20h semanais para R$ 935.

Já os cerca de 30 mil policiais civis, militares, bombeiros, agentes penitenciários terão reajuste salarial de 15%. Aécio justificou o aumento por conta da maior arrecadação do Estado este ano.
Postar um comentário