quarta-feira, 19 de maio de 2010

Governo suspende folha de pagamento suplementar que seria dada aos professores em greve


Por Carolina Coutinho e Karina Alves, no O Tempo:
Os professores da rede estadual de Minas Gerais decidiram manter a greve que já dura 40 dias, depois de uma tentativa de negociação com o governo do Estado. A secretária de estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, afirmou que o governo foi surpreendido pela decisão, e alegou que cedeu em todos os pontos de reivindicação, mas dentro dos limites suportados pela secretaria.

LEIAM TAMBÉM:
GREVE DO SIND-UTE É POLÍTICO-ELEITOREIRA; INGÊNUO FOI O GOVERNO QUE ACABARA DE CONSEDER AUMENTO AOS EDUCADORES E NÃO DENUNCIOU A MANIPULAÇÃO TRAPACEIRA DO PETISMO E CIA TRAVESTIDO DE SINDICATO

Ainda de acordo com a secretária, o documento com as concessões foi entregue aos professores por volta de meio dia. O governo estudava a possibilidade de fazer uma folha de pagamento suplementar aos grevistas, mas a medida foi suspensa com a decisão tomada pela categoria. No vencimento do mês de maio, os professores não vão receber pagamento. Na quarta-feira (19), uma cúpula do governo deve realizar uma reunião para analisar as medidas que serão adotadas daqui em diante.

Matérias relacionadas:
Postar um comentário