quarta-feira, 5 de maio de 2010

DESRESPEITA-SE OS VIVOS E TAMBÉM OS MORTOS EM SETE LAGOAS. OU: A FALTA DE INFRAESTRUTURA É GERAL E ABSOLUTA NA CIDADE

Situação dos cimitérios de Sete Lagoas também é deprimente e desrespeitosa, o mesmo problema que o vereador Renato Gomes (PV) relatou em relação ao Cemitério Parque da Boa Vista e solicitou providências na Câmara Municipal no dia 5 de abril, repete-se no cemitério Santa Helena. Quem conta é Karine Oliveira em e-mail envidado ao blog. "O cemitério está completamente abandonado pelas autoridades da cidade. Ele está sendo visitado 'constatemente' por usuários de drogas. (...) a parte de baixo do cemitério não tem muro e contém muito mato". Segue seu e-mail:

*

Bom dia Leonardo!
Meu nome é Karine, moro em Sete Lagoas há 18 anos e gostaria de compartilhar um problema estarrecedor que vem acontecendo em um dos semitérios de Sete Lagoas. Perdi meu irmão em acidente de carro em dezembro do ano passado e há pouco tempo, depois de nos recuperar do susto, retornamos ao local do sepultamento e ficamos abismados com o que vimos. O cemitério(onde funciona o IML) está completamente abandonado pelas autoridades da cidade. Ele está sendo visitado "constatemente" por usuários de drogas. Devido a isso, não se pode ao menos fazer uma oração no túmulo de nossos entes queridos com tranquilidade porque corremos o risco de ser assaltados por esses vândalos.

Tivemos notícias que as pessoas estão sendo assaltadas em plena luz do dia dentro do cemitério. Para entrar lá à noite para realização dos exames de necrópsia somente com acompanhamento policial. Sem contar a quantidade de lixo que os usuários de drogas depositam no local. De acordo com informações coletadas no próprio cemitério, esse é um problema antigo e pelo visto está longe de ser resolvido já que a parte de baixo do cemitério não tem muro e contém muito mato.

Unindo estes fatores ao abandono resulta nesse absurdo que podemos presenciar a qualquer hora do dia. Isso é uma falta de respeito com os moradores dessa cidade e com os nossos entes queridos que já se foram. É preciso que se faça algo para mudar essa realidade. Onde está a dignidade da pessoa humana citada em nossa Constituição? Hoje somos nós, amanhã pode ser qualquer morador da cidade a passar por esse tipo de situação deprimente.

Imagino que seja de responsabilidade da prefeitura cuidar deste local mas, como não estamos em ano de eleição(para prefeito) imagino que não adiantaria reclamar na sede administrativa do município. Como seu blog é muito visitado gostaria de que você "soltasse o verbo" sobre esse assunto.

Perder as pessoas que amamos tão precocemente já é muito doloroso. Não poder visitar o seu túmulo por desleixo e pouco caso da prefeitura da nossa cidade já é demais. Não sabemos a quem recorrer para resolver essa questão. A vontade que temos é de chamar a imprensa e fazer muito barulho para ver se o prefeito domonstra pelo menos um pouco de vergonha da sua má administração. Infelizmente em alguns casos é preciso que haja esse tipo de exposição para que o problema não caia no esquecimento sem ser resolucionado.

Desde já agradeço a colaboração

Karine Oliveira
Postar um comentário