segunda-feira, 24 de maio de 2010

AÉCIO NEVES VAI SER VICE SERRA JOSÉ SERRA NESSA ELEIÇÃO? VEJA NO ARTIGO QUE ESCREVI HÁ UM ANO E UM MÊS, PRECISAMENTE NO DIA 24 DE ABRIL DE 2009, MAS QUE PODE AJUDAR A RESPONDER ESTA GRANDE INTERROGAÇÃO NACIONAL DE HOJE, NO TÍTULO EU JÁ APOSTAVA: "ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE 2010 - VOU APOSTAR ALTO: AÉCIO NEVES VICE-PRESIDENTE DA REPUBLICA. DUVIDA?"

Aécio tem toda a legitimidade para pleitear a presidência da republica. Está em seu segundo mandato e hoje é o governador mais bem avaliado do país. Um feito e tanto. O governador tem mais que uma boa avaliação momentânea, ele tem um grande serviço prestado a Minas Gerais. Recuperou o nosso estado em todos os sentidos, colocou ordem na casa, modernizando a burocracia administrativa, recuperou as finanças públicas, atraiu investimentos e colocou o governo a serviço da sociedade. A obra de Aécio Neves em Minas com o auxilio de muitas pessoas, em especial, o professor Anastásia deve entrar para história de nosso país como um exemplo a ser seguido em qualquer tempo e lugar.

Esse é um mérito do governador que merece o aplauso e eu o faço agora: lhe parabenizando publicamente. E, portanto, por tudo isso reconheço o trabalho que o habilita a preitear a Presidência do Brasil.

É mais o leitor, que me acompanha deve estar se perguntando se mudei a minha posição de José Serra para Aécio Neves como candidato a presidente em 2010. Então vai resposta: não eu não mudei, acho que deve ser Serra o candidato. O que estou defendendo é a postulação legítima de Aécio Neves. Não posso, de forma alguma, ignorar o grande nome que é o governador. E se querem saber acho que Aécio será presidente do Brasil pelo PSDB. Só não acho que ele será eleito em 2010 e que seu melhor caminho não é pelo Senado, mas pelo seu próprio partido, o PSDB. Explico-me.

Então, vamos lá. Aécio seria hoje sem José Serra o candidato natural de seu partido e com grandes chances de ser eleito. Mas as circunstâncias e o contexto faz ser José Serra o candidato que está pronto para vencer as eleições e governar o Brasil. Isto é repetidamente demonstrado pelas pesquisas que colocam o ex-ministro e governador de São Paulo como o pretende que mais está próximo de ser o próximo presidente do País. E Aécio tem consciência disso e saberá, dessa vez, contribuir para que o seu partido vença. É por isso, que eu volto a repetir: o caminho de Aécio é o PSDB não o Senado.

Aécio está numa posição privilegiada sob todos os ângulos políticos que se vislumbre. Sendo José Serra o nome já quase confirmado como o candidato, qual é o jogo para o governador de Minas? Se cacifar como vem fazendo para ser a maior liderança do partido depois de Serra. Neste sentido Aécio está se saindo exemplarmente bem, não é mesmo? Mas como a "vez" é de José Serra, como o mineiro pode assegurar sua boa viabilidade para amanhã (2014)? Dando um passo para frente. E qual é esse passo para frente? A VICE PRESIDENCIA DA REPUBLICA NÃO UMA CADEIRA NO SENADO. Retomando o fio condutor desse parágrafo disse que Aécio está numa posição privilegiada e é verdade ele pode não só estar como se manter numa posição muitíssimo privilegiada sendo o segundo nome da republica e não um dos 81 senadores da Republica.

Quando todo mundo dizia há cerca de quatro anos que Aécio mudaria de partido eu repetia que isso não tinha a menor chance de acontecer. Pois agora eu vou ousar dizer que Aécio tem tudo para ser o próximo vice-presidente do País. E por quê? Como já disse além de se manter numa posição muito forte estrategicamente e poder costurar já, para ser o próximo candidato do seu partido a presidente, que, salvo alguma tragédia política terá o próximo presidente do Brasil. Ele, que tem luz própria, como candidato a vice de José Serra adicionará grande valor reconhecido a chapa e a provável vitória de seu partido, o tornará ainda mais forte e com mais visibilidade nacional.

E que se note, Aécio Neves candidato a vice além de poder fazer um excelente acordo com o companheiro de partido, terá muito mais disponibilidade e capacidade de liderar a eleição em Minas, que como candidato a Câmara Alta. Assim, ele sairia fortalecido nacionalmente como companheiro de Serra e em nosso estado onde pode fazer barba, cabelo e bigode: uma forte bancada federal na Câmara, uma ou até as duas vagas ao senado e o mais importante o governo do estado, com o professor Anastásia. Nessa configuração ele não toma a vaga de candidato do correligionário Eduardo Azeredo como ainda terá toda a força de minas a seu favor após as eleições e estará na posição de segundo homem da republica, ajudando o então presidente Serra fazer as reformas corajosas que o país precisa, como grande articulador que é.

O CAMINHO DE AÉCIO É O PSDB COMO VICE-PRESIDENTE DA REPUBLICA!
Postar um comentário