VISITE ANTES DO LANÇAMENTO PARA CONHECER E ESCOLHER O SEU LOTE

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

PESQUISA GOVERNO DE MINAS 2010

PESQUISA DATATEMPO GOVERNO DE MINAS 19 DE AGOSTO DE 2010: HÉLIO COSTA: 44,84%. ANASTASIA: 22,23%.
Do Tempo:
Segundo a última Pesquisa DataTempo/CP2 realizada entre os dias 13 e 15 de agosto, o candidato ao governo do Estado, Hélio Costa, do PMDB, está com 44, 84% das intenções de votos, contra 22,23% do principal adversário Antonio Anastasia, do PSDB. Segundo o levantamento, Costa tem 22,61% pontos percentuais de vantagem em relação ao tucano. O Instituto DataTempo/CP2 entrevistou 1572 pessoas em todo o Estado. A margem de erro é de 2,4 pontos percentuais.

Data 13/08/10. Pesquisas divergem sobre números da disputa ao governo de Minas:

Diferença entre Hélio Costa e Anastasia é de 10 pontos na Vox Populi e 26 na Datafolha

Por Thiago Ventura - Estado de Minas:
Zuas pesquisas eleitorais divulgadas nesta sexta-feira apontam números diferentes na corrida pelo Palácio da Liberdade. Nos dois levantamentos o senador Hélio Costa (PMDB), candidato da coligação “Todos Juntos por Minas”, aparece na liderança, enquanto o governador Antonio Anastasia (PSDB), candidato à reeleição pela chapa “Somos Minas Gerais”, é o segundo colocado.

Na pesquisa Vox Populi/Band/iG, a diferença entre Hélio Costa e Anastasia caiu dez pontos percentuais em relação ao levantamento de 28/07. O peemedebista caiu de 42% para 36% das intenções de voto, enquanto Anastasia cresceu de 18% para 26%. Brancos e nulos somam 6% e o percentual de indecisos é de 27%.

A outra pesquisa mostrou um parâmetro diferente. Hélio Costa manteve a diferença de 26 pontos sobre Anastasia no levantamento Datafolha/TV Globo. O senador lidera as intenções de voto com 43% contra 17% do governador. Brancos e nulos somam 8% e os indecisos respondem por 24%.

Em um eventual segundo turno, segundo o Datafolha, Hélio Costa venceria com 54% dos votos, contra 22% de Anastasia. Não foi divulgado previsão de segundo turno na pesquisa do Vox Populi.

Apesar de conflitantes, as duas pesquisas tiveram números técnicos semelhantes. Ambas aplicaram entrevistas por quatro dias. O Vox Populi ouviu mil pessoas entre os dias 7 e 10 de agosto, enquanto o Datafolha aplicou 1.264 questionários entre os dias 9 e 12 de agosto. A margem de erro é 3 pontos no Datafolha e 3,1 pontos no Vox Populi.

Outra semelhança entre as duas pesquisas é que elas mostram o clima do eleitorado antes do primeiro debate pela Televisão. Além disso, em ambas as sondagens, os outros candidatos ao governo aparecem com percentuais próximos de 1%.

Veja na imagem a nova pesquisa Datafolha para o governo de Minas de 13 de Agosto de 2010. Abaixo você encontra os resultados de pesquisas de qualquer instituto para o governo de Minas feita anteriormente a esta.


Pesquisa Ibope Governo de Minas 30 julho de 2010: Helio Costa tem 39% das intenções de votos em Minas contra 21% de Anastasia


Do O Globo:

RIO - Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira sobre as eleições em Minas Gerais indica que Helio Costa (PMDB) possui 39% das intenções de voto contra 21% de Antonio Anastasia (PSDB).


Matérias Relacionadas












Ainda de acordo com a pesquisa, Vanessa Portugal (PSTU) tem 2% das intenções de voto. Professor Luiz Carlos (PSOL), Pepê (PCO), Fabinho (PCB) e Edilson Nascimento (PT do B) aparecem empatados com 1%. A estimativa de votos brancos ou nulos é de 8%. Eleitores indecisos representam 25%.

Na corrida para o Senado, o ex-governador Aécio Neves (PSDB) lidera a pesquisa com 70% das intenções de voto. seguido de Itamar Franco (PPS) com 39%, Pimentel (PT) com 18% e Marilda Ribeiro (PSOL) com 2%. Alfredo (PRB), Betão (PCO), Efraim Moura (PSTU), José João da Silva (PSTU), Miguel Martini (PHS), Mineirinho (PSOL) e Rafael Pimenta (PCB) tem 1%. O candidato Zito Vieira (PC do B) não teve nenhum voto. Os votos brancos e nulos representam 11%. Estão indecisos 29% dos eleitores.

A pesquisa, encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, foi registrada no TRE/MG sob protocolo nº 54379/2010 e no TSE sob o nº 20792/2010. Foram entrevistadas 1.806 pessoas, entre 26 a 29 de julho.


Pesquisa Datafolha de 24 de Julho: Hélio Costa 44%, Anastasia 18%.

Hélio Costa (PMDB) abre 26 pontos de vantagem. Apoiado por Lula, Hélio aparece com 44%. Carregado por Aécio, Antonio Anastasia (PSDB) obtém 18%.

Bem atrás, estão embolados, com percentuais que oscilam entre 1% e 2%: Professor Luis Carlos (PSOL), Vanessa Portugal (PSTU), Edilson Nascimento (PTdoB), Fabinho (PCB), Pepê (PCO) e Zé Fernando Aparecido (PV).





Pesquisa aponta Hélio Costa com 43,4% e Anastasia com 21,5% em MG. Data 18/07/2010

Thiago Ventura - Portal Uai

Uma pesquisa eleitoral divulgada neste domingo apresenta o senador Hélio Costa (PMDB), candidato da coligação "Todos juntos por Minas", como líder nas intenções de votos no estado. O relatório indica que o peemedebista tem 43,3% contra 21,5% do candidato à reeleição, o governador Antônio Anastasia (PSDB), da coligação "Somos Minas Gerais".




Matérira Relacionada

O EQUIVOCO DA COLIGAÇÃO "SOMOS MINAS GERAIS", QUE PODE CUSTAR A ELEIÇÃO E MUITO MAIS... [coligação que apoia Anastasia]

A pesquisa foi feita pelo Instituto Sensus e encomenda pelo PR. Os dados foram divulgados pelo presidente estadual da legenda, Clésio Andrade. Em terceiro lugar na disputa para o Palácio da Liberdade, aparecem empatados José Fernando (PV) e Vanessa Portugal (PSTU), ambos com 2,3%.

No mesmo levantamento, 28,1% dos eleitores estão no grupo dos votos indecisos, brancos ou nulos. A pesquisa tem margem de erro de 2,5 pontos percentuais, para cima ou para baixo, e as perguntas foram feitas em voto estimulado.

Num eventual segundo turno, de acordo com a pesquisa, Hélio Costa venceria com 50,7% dos votos, contra 25,7% de Antônio Anastasia. Brancos, nulos e indecisos somam 23,5% dos votos.

Esta pesquisa gerou mais um embate entre os dois candidatos ao governo de Minas. O PSDB acusou o PR de ter manipulado as perguntas para beneficiar Hélio Costa.

Na votação espontânea, Hélio Costa aparece com 17,9%, Anastasia com 11% e o grupo indecisos, brancos e nulos sobe para 63,7%. Cinco por cento dos eleitores citaram nomes de políticos que não concorrem para governador.

Se no embate para o Palácio da Liberdade o PMDB aparece na frente, nas eleições para senador, quem lidera é o PSDB. O ex-governador tucano Aécio Neves apresenta 68,2 % das intenções para o primeiro voto. Itamar Franco (PPS) tem 10,3% e Fernando Pimentel 6,8 %. Para o segundo voto, Itamar tem 34,3%, Pimentel 15,2% e Aécio 6,6%.

O senador tem mandato de oito anos e neste ano haverá duas vagas para cada estado. Dessa forma, o eleitor terá dois votos. Segundo o Instituto Sensus, considerando a média ponderada dos dois votos, Aécio lidera com 37,4% seguido de Itamar com 22,3% e Pimentel com 11%.

Presidente

José Serra tem 35,5 %, Dilma 34% e Marina 9,2%. Indecisos, brancos e nulos chegam a 19,7%. No segundo turno, o tucano vence com 41% e a petista tem 40,8%.

Os questionários foram aplicados entre os dias 8 e 11 de julho em 53 cidades mineiras. Ao todo foram 1,5 mil entrevistas em 12 regiões do estado. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número 48.064/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob registro 19.485/2010.



Pesquisa aponta Hélio Costa com 43,4% e Anastasia com 21,5% em MG. Data 18/07/2010

Thiago Ventura - Portal Uai

Uma pesquisa eleitoral divulgada neste domingo apresenta o senador Hélio Costa (PMDB), candidato da coligação "Todos juntos por Minas", como líder nas intenções de votos no estado. O relatório indica que o peemedebista tem 43,3% contra 21,5% do candidato à reeleição, o governador Antônio Anastasia (PSDB), da coligação "Somos Minas Gerais".

A pesquisa foi feita pelo Instituto Sensus e encomenda pelo PR. Os dados foram divulgados pelo presidente estadual da legenda, Clésio Andrade. Em terceiro lugar na disputa para o Palácio da Liberdade, aparecem empatados José Fernando (PV) e Vanessa Portugal (PSTU), ambos com 2,3%.

No mesmo levantamento, 28,1% dos eleitores estão no grupo dos votos indecisos, brancos ou nulos. A pesquisa tem margem de erro de 2,5 pontos percentuais, para cima ou para baixo, e as perguntas foram feitas em voto estimulado.

Num eventual segundo turno, de acordo com a pesquisa, Hélio Costa venceria com 50,7% dos votos, contra 25,7% de Antônio Anastasia. Brancos, nulos e indecisos somam 23,5% dos votos.

Esta pesquisa gerou mais um embate entre os dois candidatos ao governo de Minas. O PSDB acusou o PR de ter manipulado as perguntas para beneficiar Hélio Costa.

Na votação espontânea, Hélio Costa aparece com 17,9%, Anastasia com 11% e o grupo indecisos, brancos e nulos sobe para 63,7%. Cinco por cento dos eleitores citaram nomes de políticos que não concorrem para governador.

Se no embate para o Palácio da Liberdade o PMDB aparece na frente, nas eleições para senador, quem lidera é o PSDB. O ex-governador tucano Aécio Neves apresenta 68,2 % das intenções para o primeiro voto. Itamar Franco (PPS) tem 10,3% e Fernando Pimentel 6,8 %. Para o segundo voto, Itamar tem 34,3%, Pimentel 15,2% e Aécio 6,6%.

O senador tem mandato de oito anos e neste ano haverá duas vagas para cada estado. Dessa forma, o eleitor terá dois votos. Segundo o Instituto Sensus, considerando a média ponderada dos dois votos, Aécio lidera com 37,4% seguido de Itamar com 22,3% e Pimentel com 11%.

Presidente

José Serra tem 35,5 %, Dilma 34% e Marina 9,2%. Indecisos, brancos e nulos chegam a 19,7%. No segundo turno, o tucano vence com 41% e a petista tem 40,8%.

Os questionários foram aplicados entre os dias 8 e 11 de julho em 53 cidades mineiras. Ao todo foram 1,5 mil entrevistas em 12 regiões do estado. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número 48.064/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob registro 19.485/2010.



Pesquisa aponta Hélio Costa com 43,4% e Anastasia com 21,5% em MG. Data 18/07/2010

Thiago Ventura - Portal Uai

Uma pesquisa eleitoral divulgada neste domingo apresenta o senador Hélio Costa (PMDB), candidato da coligação "Todos juntos por Minas", como líder nas intenções de votos no estado. O relatório indica que o peemedebista tem 43,3% contra 21,5% do candidato à reeleição, o governador Antônio Anastasia (PSDB), da coligação "Somos Minas Gerais".

A pesquisa foi feita pelo Instituto Sensus e encomenda pelo PR. Os dados foram divulgados pelo presidente estadual da legenda, Clésio Andrade. Em terceiro lugar na disputa para o Palácio da Liberdade, aparecem empatados José Fernando (PV) e Vanessa Portugal (PSTU), ambos com 2,3%.

No mesmo levantamento, 28,1% dos eleitores estão no grupo dos votos indecisos, brancos ou nulos. A pesquisa tem margem de erro de 2,5 pontos percentuais, para cima ou para baixo, e as perguntas foram feitas em voto estimulado.

Num eventual segundo turno, de acordo com a pesquisa, Hélio Costa venceria com 50,7% dos votos, contra 25,7% de Antônio Anastasia. Brancos, nulos e indecisos somam 23,5% dos votos.

Esta pesquisa gerou mais um embate entre os dois candidatos ao governo de Minas. O PSDB acusou o PR de ter manipulado as perguntas para beneficiar Hélio Costa.

Na votação espontânea, Hélio Costa aparece com 17,9%, Anastasia com 11% e o grupo indecisos, brancos e nulos sobe para 63,7%. Cinco por cento dos eleitores citaram nomes de políticos que não concorrem para governador.

Se no embate para o Palácio da Liberdade o PMDB aparece na frente, nas eleições para senador, quem lidera é o PSDB. O ex-governador tucano Aécio Neves apresenta 68,2 % das intenções para o primeiro voto. Itamar Franco (PPS) tem 10,3% e Fernando Pimentel 6,8 %. Para o segundo voto, Itamar tem 34,3%, Pimentel 15,2% e Aécio 6,6%.

O senador tem mandato de oito anos e neste ano haverá duas vagas para cada estado. Dessa forma, o eleitor terá dois votos. Segundo o Instituto Sensus, considerando a média ponderada dos dois votos, Aécio lidera com 37,4% seguido de Itamar com 22,3% e Pimentel com 11%.

Presidente

José Serra tem 35,5 %, Dilma 34% e Marina 9,2%. Indecisos, brancos e nulos chegam a 19,7%. No segundo turno, o tucano vence com 41% e a petista tem 40,8%.

Os questionários foram aplicados entre os dias 8 e 11 de julho em 53 cidades mineiras. Ao todo foram 1,5 mil entrevistas em 12 regiões do estado. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número 48.064/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob registro 19.485/2010.




Minas - Cai vantagem de Hélio Costa sobre Anastasia (24/06/10)

Saiu do forno a mais recente pesquisa de intenção de votos do Instituto Vox Populi sobre a eleição para governador de Minas Gerais.


Matéria Relacionada: DILMA AINDA NÃO GANHOU E PODE PERDER, SABIA?

Aplicada junto a 2 mil eleitores entre os últimos dias 19 e 23, ela aponta uma queda de 10 pontos percentuais da vantagem que abrira Hélio Costa, candidato do PMDB, sobre Antonio Anastasia, candidato do PSDB.

Entre maio e agora, Hélio caiu quatro pontos e Anastasia subiu seis. Hélio tem 41% das intenções de voto contra 23 de Anastasia. A vantagem que era de 28 pontos percentuais reduziu-se a 18.

Dois fatos podem explicar o que aconteceu: o desgaste de Hélio com a resistência do PT em apoiá-lo e a presença de Anastasia na mídia por meio de comerciais e do programa de propaganda do PSDB.

O curioso em Minas é que à exceção do PT e do PMDB, os demais partidos da base de apoio do governo Lula estão fechados com Anastasia, que é a Dilma do ex-governador Aécio Neves - um candidato que nunca disputou eleições a não ser como vice de Aécio.

Ao contrário de Dilma, o índice de conhecimento de Anastasia ainda é baixo.





NOVA PESQUISA DE 15 DE JUNHO DE 2010, NÚMEROS MUITO ESTRALHOS DO LEVANTAMENTO SENSUS, VEJA AQUI


Veja também: PT ERROU AO NÃO LANÇAR CANDIDATO EM MINAS E DILMA PODE LEVAR UMA SURRA NO ESTADO



PESQUISA PARA O GOVERNO DE MINAS, 23 DE MAIO, ELEIÇÕES 2010: HÉLIO COSTA NA FRENTE; ANTÔNIO ANASTASIA EM SEGUNDO
Por Carla Kreefft, O Tempo:
Pesquisa DataTempo/CP2, realizada entre os dias 14 e 17 de maio, mostra o senador Hélio Costa (PMDB) na frente da disputa pelo governo do Estado. Ele tem, segundo o levantamento, 52,52% das intenções de voto, enquanto seu adversário, o governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), conta com 16,05% da preferência do eleitorado. O candidato do PV, deputado federal José Fernando Aparecido, registra 1,57%.

Em um segundo cenário da pesquisa, quando o nome de Costa é substituído pelo do ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT), Anastasia obtém 21,44% das intenções de voto, permanecendo em segundo lugar. Nessa situação, Pimentel lidera a disputa com 31,86% da preferência do eleitorado. José Fernando Aparecido conta com 2,40% das intenções de voto.
Na comparação com a pesquisa DataTempo/CP2, realizada entre 12 e 18 de fevereiro, Hélio Costa sofre queda de 5,38 pontos percentuais, passando de 57,90% das intenções de voto para 52,52%. Anastasia permanece estável - cresce 0,35 ponto percentual, de 15,70% para 16,05%. No mesmo comparativo, Fernando Pimentel também cai 3,64 pontos percentuais (de 35,50% para 31,86%), e Anastasia cresce 1,64 ponto percentual, saltando de 19,80% das intenções de voto para 21,44%.

Hélio Costa é também o candidato mais conhecido do eleitorado mineiro. Segundo o levantamento, 22,91% dos entrevistados afirmam que o conhecem bem e têm muitas informações sobre ele. Outros 39,84% dizem que o conhecem pouco e têm alguma informação sobre ele. Já 30,10% informam que o conhecem de nome. Somente 6,95% dos interrogados afirmam que não o conhecem. Fernando Pimentel é conhecido bem por 12,38% dos entrevistados e outros 29,22% dizem que o conhecem pouco.

O nível de conhecimento dos eleitores em relação a Antonio Anastasia é menor. Apenas 6,66% do eleitorado dizem que o conhecem bem e outros 17,87% afirmam que o conhecem pouco. Já 31,13% dos entrevistados o conhecem só de nome e 44,05% não o conhecem. José Fernando é o menos conhecido (83,36% afirmam que não o conhecem).

Rejeição. Segundo pesquisa DataTempo/CP2, o campeão de rejeição é o candidato verde José Fernando com 32,79%. Antonio Anastasia foi rejeitado por 9,20% dos entrevistados. Já Hélio Costa e Fernando Pimentel registram percentuais próximos nesse item, 4,75% e 4,45% respectivamente.

PMDB tem mais votos na Zona da Mata, e PSDB, no Mucuri

O candidato do PMDB ao governo de Minas, Hélio Costa, consegue melhor desempenho na pesquisa DataTempo/CP2 na Zona da Mata mineira, onde alcança 61,3% das intenções de voto, e nas regiões Norte e Noroeste, locais em que conta com 58,5% da preferência.

As regiões Central, Metropolitana e Vertentes são os locais em que Costa registra pior desempenho. Nestas mesmas áreas, o petista Fernando obtém percentuais de intenção de voto mais altos.

Já Antonio Anastasia tem melhor resultado nos vales do Jequitinhonha e Mucuri. O pior resultado do governador acontece na Zona da Mata. José Fernando Aparecido registra percentuais de intenção de voto semelhantes nas diversas regiões do Estado. (CK)












Na pesquisa do Data Tempo/CP2 de junho o Professor Anastasia aparecia com 4,3% de intenções de voto enquanto Hélio Costa tinha 48,1%. Na oportunidade escrevi o post Eleição em Minas Gerais 2010: tudo pode mudar. É o que começa a se configurar com o avanço do vice-governador, que deu um salto triplo na intenção de votos, e agora tem 12, 27%. Esse crescimento do “Professor” pode ser visto como a identificação dele como o grande responsável pelo “Choque de Gestão”, que colocou administração de Minas Gerais nos trilhos.

Bem, essa tendência de crescimento que se verifica agora tem tudo para continuar fortemente. Conta para isso, a maior exposição dele na mídia como candidato e futuro governador a partir de 2010, com saída de Aécio Neves para disputar a eleição, mais provável como Vice-Presidente da Republica, na chapa de José Serra. A seguir a matéria do O Tempo, que traz a pesquisa atual:

*
Pesquisa realizada pelo Instituto DataTempo/CP2 mostra que, se a eleição para o governo de Minas Gerais fosse hoje, o ministro das Comunicações, Hélio Costa (PMDB), venceria a disputa. O levantamento foi feito entre os dias 4 e 11 de dezembro, ouvindo 2.046 pessoas de todas as faixas de renda, níveis de escolaridade e nas diversas regiões do Estado. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.


No primeiro cenário, Hélio Costa obtém 42,35% das intenções de votos. Em segundo lugar, aparece o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT), com 20,59%. O vice-governador Antonio Augusto Anastasia (PSDB) conta com 12,27% da preferência do eleitorado. Outros 10,42% disseram não saber em quem vão votar ou não responderam. Dos entrevistados, 9,73% afirmaram que não votarão em ninguém, e 3,77% pretendem votar nulo. Somente 0,87% declarou que votarão em branco.

No segundo cenário, no qual o nome de Fernando Pimentel é substituído pelo do ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, como candidato petista, Hélio Costa continua na frente, com 44,55% das intenções de voto. Patrus Ananias fica em segundo lugar, com 14,87% da preferência do eleitorado. Antonio Anastasia acompanha-o de perto, com 13,74%, constituindo um empate técnico. Afirmaram que não sabem em quem votarão ou não responderam 11,83% dos pesquisados. Declararam que não votarão em nenhum candidato 10,56%. Outros 3,72% disseram que pretendem anular o voto.


Na pesquisa DataTempo/CP2, publicada em 2 de junho deste ano, Costa também estava na liderança em três de quatro cenários.Espontânea. Na pesquisa em que os nomes dos candidatos não são apresentados, os entrevistados revelaram uma maior preferência pelo governador Aécio Neves (PSDB), que não é candidato. Ele obtém 12,42% das intenções de voto. Em segundo lugar, está o vice-governador Antonio Anastasia, com 4,40%. Mas. como a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, Anastasia estaria tecnicamente empatado com Fernando Pimentel, que registrou 3,33%. Muito próximo de Pimentel está Hélio Costa, com 2,25% das intenções de voto. Entre os dois, também há um empate técnico, considerando a margem de erro. O ministro Patrus Ananias aparece em seguida, com 1,52% das intenções de voto - situação de empate técnico com Costa.


ABAIXO ESTÁ A DE JUNHO:

Do Tempo:
Pesquisa realizada pelo Instituto CP2 sobre a intenção de voto para o governo de Minas em 2010 aponta o ministro das Comunicações, Hélio Costa (PMDB), na liderança em três dos quatro cenários montados. O senador Eduardo Azeredo (PSDB) lidera em uma das situações, mas, considerando a margem de erro de 2,17 pontos percentuais para mais ou menos, há um empate técnico. Em outro quadro, Azeredo se aproxima de Hélio Costa.
Os dados mostram que a eleição fica mais difícil para Hélio Costa quando o nome do PSDB é o de Azeredo, em lugar do vice-governador Antonio Anastasia, e que os pré-candidatos petistas impõem dificuldades semelhantes para o peemedebista.

Leiam também - Cenário eleitoral de Minas 2010 - O bom desempenho de Azeredo na pesquisa CP2 para o governo fortaleceu o PSDB e seu nome para o... Senado
Eduardo Azeredo obteve 35,1% das intenções de voto no primeiro cenário, contra 32,9% do peemedebista. Considerando a margem de erro (somando 2,17 pontos percentuais), Costa atinge 35,07% e encosta em Azeredo. Ainda nesse cenário, o ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Patrus Ananias (PT), aparece em terceiro lugar, com 12,6% da preferência do eleitorado e a maior rejeição (35,8%). Azeredo e Costa conseguiram números de rejeição semelhantes nesse cenário, 17,4% e 16,1% respectivamente.
No segundo cenário, em que o nome de Azeredo é trocado pelo de Anastasia (PSDB), Costa lidera com 48,1% das intenções de voto, Patrus assume a segunda colocação, com 17,3%, seguido por Anastasia, com 5,1%. Patrus tem, nesse quadro, rejeição de 29,6%.
No terceiro cenário, Costa obtém 36,4% da preferência do eleitorado, enquanto o segundo colocado, Azeredo, consegue 28,3%. O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT), que substitui nessa situação Patrus, é o terceiro colocado, com 17,1%. Pimentel tem a maior rejeição nesse quadro (30,3%).
No quarto cenário, Costa registra 47,5%, contra 20,6% de Pimentel e 4,3% de Anastasia, que tem a maior rejeição (30,4%).
Dados A pesquisa CP2 foi encomendada pelo Instituto Teotônio Vilela e ouviu 2.045 pessoas entre 15 e 20 de maio. A margem de erro é de 2,17 pontos percentuais.
Postar um comentário