VISITE ANTES DO LANÇAMENTO PARA CONHECER E ESCOLHER O SEU LOTE

terça-feira, 24 de agosto de 2010

ANASTASIA DEFENDE O FORTALECIMENTO ECONÔMICO REGIONAL COM ATRAÇÃO DE EMPRESAS ÂNCORAS

Do O Tempo:
Agenda. Estratégia da campanha do PSDB pelo governo do Estado agora é avançar fortemente pelo interior

Anastasia regionaliza projetos
Propostas serão divulgadas por meio de entrevistas nas imprensas locais

Visite o site de campanha do Governador Antônio Anastasia (PSDB) AQUI e conheças mais suas propostas. Observação minha, deputado estadual Leonardo Barros(PPS), número 23023. A seguir a matéria do O Tempo:

MATHEUS JASPER NANGINO
O candidato ao governo do Estado pelo PSDB, Antonio Anastasia, começa a colocar em prática o seu plano de apresentar propostas de governo para cada região. A estratégia tucana agora é avançar fortemente pelo interior. Para ajudar na divulgação dos projetos, diversas entrevistas com jornais locais estão sendo agendadas pela campanha. Ontem, por exemplo, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, Anastasia deu atenção para emissoras de TV, rádios e jornais da região, além de ter mantido encontros com lideranças locais.

O tucano permaneceu durante todo o dia na cidade. A região, em que o seu adversário Hélio Costa (PMDB) tem uma vantagem maior em relação à média do Estado, tem sido colocada como uma das prioridades de Anastasia na alavancada que pretende construir pelo interior do Estado. A mesma atenção dada à imprensa local deve ser repetida em Varginha, Juiz de Fora, Governador Valadares e Montes Claros. O objetivo é dar ainda mais visibilidade ao tucano e possibilitar a difusão de seu plano de governo para as regiões. "Governo tem que ter um olhar sempre regional".

O presidente do PSDB em Minas, Nárcio Rodrigues, confirmou ontem informações adiantadas pelo O TEMPO de que o investimento prioritário da campanha, a partir de agora, será direcionado aos 50 maiores colégios eleitorais de Minas Gerais. "São colégios que têm um reflexo microrregional e que exercem uma influência sobre todo o eleitorado", afirmou.

Desenvolvimento. Em entrevista ao telejornal "MGTV" da região, Anastasia voltou a defender a criação de zonas de desenvolvimento regional, nas quais a atração de empresas âncoras seriam responsáveis por absorver empresas fornecedoras, gerando um ciclo de emprego e desenvolvimento. "Vamos identificar, nas vocações econômicas, uma indústria ou uma empresa estratégica, e essa empresa terá a obrigação de trazer uma cadeia de fornecedores", afirmou. Segundo ele, a criação dessas zonas, junto com a reforma tributária, possibilitará a criação de incentivos de crédito e de tributos e dará a Minas maior competitividade fiscal.

Mesmo sem citar nome, Anastasia aproveitou a deixa para, mais uma vez, cutucar seu adversário peemedebista, que tem criticado a política tributária do Estado. "Não adianta o candidato sentar aqui e dizer de maneira completamente demagógica e mentirosa: ‘vou reduzir todos os tributos’. Isso não existe. Nós temos de ter uma maneira seletiva e estratégica, evitando a perda de empregos, atraindo novas empresas para Minas".
Postar um comentário