VISITE ANTES DO LANÇAMENTO PARA CONHECER E ESCOLHER O SEU LOTE

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

CASOS DE DENGUE EM BH, MONTES CLAROS E EM OUTRAS CIDADES DE MINAS

Por: João Henrique do Vale - Estado de Minas

Belo Horizonte registrou até esta quarta-feira, 64.663 notificações da doença. Desse total, 49.790 casos confirmados; 11.312 descartados; e 3.599 aguardam resultados de exames. Doze pessoas morreram por causa da doença.

Venda Nova continua sendo a região que apresenta o maior número de casos, com 11.354 confirmações. Em seguida vem a Região Norte, com 8.495 casos confirmados – e Noroeste – com 7.899 casos confirmados.

O Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde divulgou, na terça-feira, a quarta pesquisa sobre o índice de infestação do aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, em Montes Claros. Os dados colhidos entre os dias 09 a 11 de agosto, apontaram um índice de 0,76%. Isto quer dizer que a cada 100 casas pesquisadas pelos agentes comunitários, 0,76 residências foram encontrados criadouros do mosquito.

De acordo com o Ministério da Saúde, 1% a 3,9% aponta para uma situação de médio risco e acima de 3,9%, de alto risco para a transmissão da doença. O Governo Federal recomenda que sejam sorteados quarteirões e pesquisados 20% das residências. Em Montes Claros, foram pesquisadas 7.396 casas, o que representa 4,5% dos imóveis da cidade.

Os bairros de maior incidência do mosquito da dengue foram: Santo Antônio I, com 8,82%; Santa Cecília, com 7,69%; Vila Mauricéia, com 6,06%; JardimPanorama, com 5,88%; Vila Santa Maria com 4,76%; Ibituruna I e VilaItatiaia, com 4,35%; Conjunto José Carlos de Lima, com 4,17%; Alto São João II e Ibituruna; com 3,85% e Jardim Europa com 3,7%.
Postar um comentário