terça-feira, 31 de agosto de 2010

GOVERNO PROPÕE SALÁRIO MÍNIMO DE R$ 538,15

Da Folha - SÃO PAULO

A proposta de orçamento da União para 2011 embute a proposta de aumentar o salário mínimo do país de R$ 510 para R$ 538,15, isto é, o valor atual corrigido pela inflação de 2009. O projeto de Lei Orçamentária Anual, que foi entregue nesta terça-feira pelo ministro Paulo Bernardo (Planejamento) ao Senado, também inclui uma projeção de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) em 4,5% para o ano que vem.

O boletim Focus, elaborado pelo Banco Central, mostra que a maioria do setor financeiro trabalha com uma projeção mais acentuada de crescimento, de quase 5% (4,87%, precisamente). O ministro, durante encontro com o presidente do Senado, José Sarney, adiantou que o número oficial deve ser revisto.

Bernardo afirmou que a previsão do PIB já esta defasada em relação às projeções do Ministério da Fazenda. Ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega, previu expansão de 5,5% da economia brasileira no ano que vem.

A LOA é o orçamento preparado pelo governo e que deve guiar suas ações para o próximo ano, após passar pelo crivo do Congresso Nacional. Nesse caso, a peça orçamentária proposta pelo governo Lula, a última de sua gestão, representa uma "herança" para o primeiro ano da gestão do próximo presidente eleito.
Postar um comentário