quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Serra diz que violação de sigilo de tucanos mostra 'tática suja' e 'pura espionagem' do PT

POR, JOÃO CARLOS MAGALHÃES, na FOLHA

O candidato tucano à Presidência, José Serra, disse nesta quarta-feira que a informação de que outras três pessoas ligadas ao PSDB tiveram seus dados acessados irregularmente dentro do fisco revela uma "tática suja" do PT, de "pura espionagem".

Além das três, que são integrantes do partido e ligadas a Serra, o vice-presidente-executivo do PSDB, Eduardo Jorge Caldas Pereira, também teve o sigilo fiscal violado dentro da Receita Federal.

Serra disse que a quebra do sigilo é um "atentado contra a democracia" e que o ato é culpa da campanha de Dilma Roussef (PT), sua adversária na disputa pela Presidência. O tucano afirmou que a petista deveria ser responsabilizada por isso.
Postar um comentário