VISITE ANTES DO LANÇAMENTO PARA CONHECER E ESCOLHER O SEU LOTE

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

PESQUISA GOVERNO DE MINAS


DATAFOLHA 23/09/2010: ANASTASIA ABRE 5 PONTOS DE VANTAGEM SOBRE HÉLIO COSTA. ANASTASIA SUBIU 2 PONTOS E FOI PARA 42%; HÉLIO COSTA ESTACIONOU EM 37%.

POR EVANDRO SPINELLI:

O governador Antonio Anastasia (PSDB) abriu cinco pontos de vantagem sobre Hélio Costa (PMDB), seu principal adversário ao governo de Minas Gerais, diz pesquisa Datafolha. A eleição pode ser decidida já no primeiro turno.

Anastasia, candidato apoiado pelo ex-governador Aécio Neves (PSDB), passou de 40% para 42% das intenções de voto, uma variação dentro da margem de erro da pesquisa, de dois pontos.

Hélio Costa permaneceu com os 37% da pesquisa anterior, da semana passada.

Considerando apenas os votos válidos, o tucano tem agora 51% contra 44% de Costa. Para ser eleito no primeiro turno, o candidato precisa ter mais de 50% dos votos válidos.

Na pesquisa anterior, Anastasia tinha 50% dos votos válidos contra 46% de seu principal adversário.

Adilson Rosa (PCO), Edilson Nascimento (PT do B), Zé Fernando Aparecido (PV) e Vanessa Portugal (PSTU) têm 1% das intenções de voto. Fabinho (PCB) e Professor Luiz Carlos (PSOL) não atingiram 1%.

Votos em branco e nulo somam 4%. Ainda não decidiram em quem votar outros 13%.

A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número 31.369/2010. Foram ouvidos 1.974 eleitores em 88 cidades mineiras na terça e quarta-feira desta semana.


PESQUISA IBOPE 21/09/2010: ANASTASIA MANTÉM VANTAGEM SOBRE HÉLIO COSTA

Luisa Brasil - Estado de Minas

Os dois principais candidatos ao governo do estado, Antonio Anastasia (PSDB) e Hélio Costa (PMDB) registraram crescimento em pesquisa de intenção de voto divulgada nesta terça-feira, pelo Ibope, que apontou vantagem de oito pontos do tucano sobre o concorrente peemedebista.

Anastasia, que tinha 41% das intenções de voto no último levantamento do Instituto, oscilou um ponto para cima e agora tem 42%. Já Hélio Costa, que tinha 32% das intenções de voto na última pesquisa, oscilou dois pontos para cima. O peemedebista agora tem 34%. O número de votos brancos e nulos caiu quatro pontos, passando de 9% para 5%. Já o número de eleitores indecisos oscilou um ponto para cima e passou de 15% para 16%. Em um eventual segundo turno, Anastasia venceria o pleito com 40% dos votos, contra 34% de Hélio Costa.

Os candidatos Vanessa Portugal (PSTU), Zé Fernando (PV) e Fabinho (PCB) têm 1% da preferência do eleitorado. Adilson Rosa (PCO), Edilson Nascimento (PT do B) e Professor Luiz Carlos (PSOL) não atingiram 1%.

O levantamento foi encomendado pela Rede Globo e pelo Jornal Estado de São Paulo. Foram entrevistadas 2.002 pessoas entre os dias 18 e 20 de setembro. A pesquisa foi registrada no TRE-MG sob o número 73370/2010.


NO DATAFOLHA (17/11/09) ANASTASIA PASSA HÉLIO COSTA PELA PRIMEIRA VEZ: O ALIADO DE JOSÉ SERRA EM MINAS FOI DE 36% PARA 40%; ENQUANTO O CANDIDATO APOIADO POR DILMA ROUSSEFF DO PT CAIU DE 39% PARA 37%.

POR EVANDRO SPINELLI, NA FOLHA:
Antonio Anastasia (PSDB) voltou a crescer nas intenções de voto para o governo de Minas Gerais, passou numericamente Hélio Costa (PMDB) pela primeira vez, mas a disputa no Estado continua indefinida, segundo pesquisa Datafolha.

Anastasia, atual governador e candidato apoiado por Aécio Neves (PSDB), passou de 36% para 40%. Ele está tecnicamente empatado com Costa, senador e ex-ministro das Comunicações, que oscilou de 39% para 37%.

A margem de erro máxima da pesquisa é de dois percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi feito na segunda e terça-feira desta semana com 1.837 eleitores de 83 municípios.
Anastasia cresceu 22 pontos desde julho. O candidato tucano ao governo era vice-governador e assumiu a titularidade em abril após a renúncia de Aécio, seu padrinho político, para disputar uma cadeira no Senado.

De acordo com o Datafolha, se a eleição fosse hoje Anastasia terminaria com 50% dos votos válidos, em situação de empate técnico com Costa, que atinge 46%.

Ou seja, não é possível atestar que a eleição terminaria no primeiro turno. Mesmo tendo apenas dois candidatos competitivos, a soma dos votos dos candidatos "nanicos" pode levar a eleição para o segundo turno.

Em um eventual segundo turno, Anastasia teria 45% dos votos contra 42% de Hélio Costa. Mais uma vez, empate técnico.

Para projetar os votos válidos, o Datafolha distribui os indecisos, nulos e brancos proporcionalmente à intenção de voto de cada candidato. Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha, lembra, no entanto, que ainda há um percentual grande de indecisos no Estado: 14%.

Vanessa Portugal (PSTU), Adilson Rosa (PCO), Fabinho (PCB), Professor Luiz Carlos (PSOL) e Zé Fernando Aparecido (PV) aparecem com 1% das intenções de voto. Edilson Nascimento (PT do B) não atingiu 1%.

Votariam nulo 3% e 1% pretendem votar em branco.

O tucano tem melhor desempenho na região metropolitana de Belo Horizonte, onde tem 46% das intenções de voto contra 34% de Costa. No interior, os dois estão empatados em 38%.

A menos de 20 dias do primeiro turno, somente 21% dos eleitores sabem o número de seu candidato ou sobre como votar nulo ou branco.

Os eleitores de Anastasia são mais bem informados: 30% sabem o número de seu candidato e 68% não conhecem. Entre os eleitores de Hélio Costa, 14% disseram o número correto e 82% não souberam responder.

Pesquisa feita com 1.837 entrevistados e registrada no TRE-MG com o número 70.959/2010.


DATATEMPO 16/09/10 CONTRADIZ IBOPE (VER ABAIXO) E PÕEM HÉLIO COSTA NA FRENTE DE ANASTASIA - EMPATE TÉCNICO HÉLIO, 38,90. ANASTASIA 35,81%.


Pesquisa DataTempo/CP2, realizada entre os dias 11 e 13 de setembro, aponta para uma disputa acirrada pelo governo de Minas. O candidato do PMDB, Hélio Costa, tem 38,90% das intenções de voto contra 35,81% do seu adversário tucano, o governador Antonio Anastasia. Considerando a margem de erro de 2,16 pontos percentuais para mais ou para menos, há um empate técnico. Na sua pior situação, Hélio Costa tem 36,74% das intenções de voto. E na sua melhor situação, Antonio Anastasia aparece com 37,97% da preferência do eleitorado.

O número de indecisos, pessoas que não sabem em quem votar ou não respondem, é de 18,73%. Nenhum dos outros concorrentes ao governo do Estado alcançou 1% das intenções de voto. Entre eles, a candidata do PSTU, Vanessa Portugal, é quem consegue a melhor pontuação - O,58% das intenções de voto.
Na comparação com a última pesquisa DataTempo/CP2, divulgada em 11 de setembro, Hélio Costa passa de 40,53% das intenções de voto para 38,90%. Já Anastasia sai de 35,26% para 35,81% da preferência do eleitorado.

Confronto de chapas. Quando são apresentadas aos entrevistados as chapas completas (nomes dos candidatos a governador e vice), Hélio Costa e Patrus Ananias (PT) conseguem uma vantagem em relação a Anastasia e Alberto Pinto Coelho (PP) superior à margem de erro. A primeira dupla tem 40,54% das intenções de voto, e a segunda tem 36,82%.

A pesquisa também simulou um segundo turno entre o peemedebista e o tucano. Nessa situação, Hélio vence Anastasia com 42,42% das intenções de voto contra 37,98%.

A disputa fica mais acirrada ainda quando se considera a possibilidade de voto. Perguntados sobre qual a possibilidade de voto em Anastasia, 30,28% dizem que é grande, 20,91% afirmam que é razoável. Somente 20,86% respondem que não há nenhuma possibilidade. Quando a pergunta é sobre a possibilidade de voto em Hélio Costa, 29,42% dizem que é grande, 26,52% afirmam que é razoável. Para 23,13%, não há nenhuma possibilidade de voto.



ANASTASIA 9 PONTOS À FRENTE DE HÉLIO COSTA - IBOPE 13 DE SETEMBRO DE 2010: ANASTASIA TEM 41%, E HÉLIO COSTA, 32%



POR PAULO PEIXOTO, NA FOLHA:
Pesquisa Ibope sobre as intenções de voto para o governo de Minas, divulgada na noite desta segunda-feira pela TV Globo, coloca o candidato do PSDB, o governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, nove pontos à frente do seu principal concorrente, o senador Hélio Costa (PMDB).

Acompanhe a Folha Poder no Twitter
Conheça nossa página no Facebook

Segundo o Ibope, Anastasia tem 41% das intenções de voto, contra 32% do peemedebista. Os indecisos somam 15% dos entrevistados. Brancos e nulos somaram 9%. Os demais candidatos na disputa somaram 2%. Esse resultado indica a vitória tucana no primeiro turno.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

No levantamento anterior, de 3 de setembro, o Ibope apontou empate técnico entre os dois principais candidatos. Anastasia tinha 35%, contra 33% de Costa.

A pesquisa foi realizada entre os dias 10 e 12 de setembro. Foram entrevistados 1.806 eleitores. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e o jornal "O Estado de S.Paulo". Está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número 70286/2010.


DATAFOLHA 11/09/2010 GOVERNO DE MINAS: DIFERENÇA ENTRE HÉLIO COSTA E ANASTASIA CAI PARA TRÊS PONTOS - HÉLIO COSTA 39% X ANASTASIA 36%

Por Elaine Resende - Estado de Minas:
A três semanas das eleições, a disputa ao Palácio da Liberdade fica mais embolada, segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado. Conforme o levantamento feito entre os dias 8 e 9 de setembro, Hélio Costa (PMDB) tem agora 39% dos votos, seguido de perto por Antonio Anastasia (PSDB) que alcançou 36%. Comparado aos últimos números do Datafolha, publicados no início deste mês, o peemedebista perdeu um ponto percentual, enquanto o tucano subiu um ponto no mesmo período. Essa é a menor diferença em Minas entre os dois principais adversários apontada pelo instituto desde o início da campanha eleitoral.

A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. Levando em consideração esse fator, Hélio oscila entre 37% e 41% e Anastasia tem entre 34% e 38%. Os candidatos Edilson Nascimento (PT do B), Zé Fernando Aparecido (PV), Professor Luiz Carlos (PSOL), Vanessa Portugal (PSTU), e Fabinho (PCB) têm 1% das intenções de voto cada um. Votos brancos e nulos somam 5% e outros 16% ainda não sabem em quem votar.

Segundo turno

Na simulação para o segundo turno, o Datafolha sinaliza para a vitória de Hélio Costa. Caso a eleição seja definida em 31 de outubro, o ex-ministro de Lula teria 47% e Anastasia, 39%.

A pesquisa Datafolha foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo. Foram entrevistados 1.685 eleitores. Os dados foram registrados no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) sob o número 69732/2010.

A seguir veja pesquisa do jornal O Tempo DATATEMPO TAMBÉM DE 11 DE SETEMBRO DE 2010:





PESQUISA DATATEMPO 11/09/2010: ANASTASIA TEM 35,26% DA PREFERÊNCIA DO ELEITORADO CONTRA 40,53% DE HÉLIO COSTA


Pesquisa realizada pelo Instituto DataTempo/CP2, entre os dias 3 e 7 de setembro, mostra o candidato do PMDB, Hélio Costa, na liderança pela disputa do governo de Minas, com 5,27 pontos percentuais de vantagem em relação ao seu adversário mais próximo, o governador Antonio Anastasia (PSDB). Hélio tem 40,53% das intenções de voto contra 35,26% do tucano. A margem de erro do levantamento é de 2,16 pontos percentuais. Foram realizadas 2.062 entrevistas e a pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número 29.225/2010.


Os outros candidatos ao governo estão muito distantes dos dois primeiros colocados. Nenhum deles alcançou 1% das intenções de voto. José Fernando Aparecido (PV) e Vanessa Portugal (PSTU) aparecem em terceiro e quarto lugares, com 0,57% e 0,53%, respectivamente.


Na comparação com a última pesquisa DataTempo/CP2, divulgada no último dia 3 de setembro, não houve praticamente nenhuma mudança no quadro. Hélio passou de 40,89% das intenções de voto para 40,53%. Anastasia tinha 35,32% da preferência do eleitorado e agora tem 35,26%. Também não houve alteração no número de indecisos, que era de 15,56% dos pesquisados e agora é de 15,55%.


Ambos os candidatos possuem boas condições para conquistar os votos dos indecisos. Quando perguntados sobre qual é a possibilidade de voto em Hélio Costa, 31,52% respondem que é grande e 24,23% dizem que é razoável. Afirmam que a possibilidade é pequena 12,82% dos interrogados. Para 24,62% não existe nenhuma possibilidade de escolher Hélio. Quando a pergunta é sobre a possibilidade de voto em Antonio Anastasia, 29,52% afirmam que é grande, 20,76% dizem que é razoável e 12,93% respondem que é pequena. Para 21,07% não há nenhuma possibilidade de votar em Anastasia.


Segundo turno. A pesquisa simulou um segundo turno entre Hélio Costa e Antonio Anastasia. Nessa condição, o peemedebista continua na liderança e venceria o tucano por 44,35% a 37,61%.


ACIRRADO


Levantamento espontâneo revela empate técnico


No levantamento realizado pelo DataTempo/CP2, na modalidade espontânea, quando os nomes dos candidatos não são apresentados aos entrevistados, há um empate técnico entre Hélio Costa (PMDB) e Antonio Anastasia (PSDB). O tucano tem 23,97% contra 23,30% do peemedebista.


Dos entrevistados, 8,90% afirmam que não conhecem os candidatos e 3,73% dizem que vão anular o voto.


Apesar de não disputar o governo do Estado e ser candidato ao Senado por Minas, Aécio Neves é citado por 1,39% dos entrevistados.


Na comparação com a última pesquisa DataTempo/CP2, Anastasia passa de 25,18% para 23,97%. Hélio tinha 24,13% e agora tem 23,30%. Ambas as variações estão dentro da margem de erro.


Dados


DataTempo/CP2. Foram realizadas 2.062 entrevistas em todo o Estado. A margem de erro é 2,16 pontos percentuais. O registro na Justiça Eleitoral de Minas Gerais tem número 29.225/2010.





PESQUISA IBOPE DE 3 SETEMBRO DE 2010: Anastasia tem 35%, e Costa, 33%, aponta pesquisa Ibope em Minas
Levantamento foi feito de terça-feira (31/8) a quinta (2).
Margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.
Do G1 MG - Como está no título pesquisa publicada no MGTV E JORNAL NACIONAL:


O Ibope divulgou nesta sexta-feira (3) uma nova pesquisa com as intenções de voto para o governo de Minas Gerais. A análise foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de São Paulo.

De acordo com os dados da pesquisa, o candidato Antonio Anastasia (PSDB), que apresentava 21% das intenções, depois 27%, foi para 35%, manteve os 35%. O candidato Hélio Costa (PMDB), tinha 39%, depois 38%, passou para 33% e continua com 33%.

Os candidatos Vanessa Portugal (PSTU) e Fabinho (PCB) aparecem com 1% das intenções de voto. Zé Fernando Aparecido (PV), Professor Luiz Carlos (PSOL) e Edilson Nascimento (PT do B) não atingiram 1% das intenções de voto. Pepê (PCO) teve a candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) e foi substituído por Adilson Rosa, que foi incluído na pesquisa pelo Ibope, mas também não atingiu 1%.

Ainda de acordo com análise, os votos brancos ou nulos totalizaram 6% e o percentual das pessoas que não sabem em quem votar chega a 23%.

Segundo o Ibope, 1.806 pessoas foram entrevistadas nos dias 31 de agosto e 2 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) sob o número 66911/2010.

Segundo Turno

O Ibope também simulou a possibilidade de segundo turno entre os candidatos Antonio Anastasia (PSDB) e Hélio Costa (PMDB). O candidato Antonio Anastasia que tinha 37% das intenções de voto manteve os 37%. Já Hélio Costa que estava com 36% continua com os mesmos 36%.


DATAFOLHA DE 03 DE SETEMBRO DE 2010: VANTAGEM DE HÉLIO COSTA SOBRE ANASTASIA CAI PARA 5 PONTOS: Costa tem hoje 40% das intenções de voto, e Anastasia, 35%.



A vantagem de Hélio Costa (PMDB) sobre Antonio Anastasia (PSDB) na disputa pelo governo de Minas Gerais, que era de 26 pontos no início de agosto, agora é de apenas cinco pontos percentuais, mostra o Datafolha.

Segundo pesquisa realizada nos dias 31/8 e 1º/9, Costa tem hoje 40% das intenções de voto, e Anastasia, 35%. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.
No levantamento anterior, de 23 e 24 de agosto, o peemedebista aparecia com 43%, e o tucano, com 29%. Dez dias antes, quando o horário eleitoral na TV ainda não havia começado, Costa tinha 43%, e Anastasia, 17%.


O candidato Pepê, do PCO, foi citado, mas não alcançou 1%. Os demais candidatos --Zé Fernando Aparecido (PV), Professor Luiz Carlos (PSOL), Vanessa Portugal (PSTU), Fabinho (PCB) e Edilson Nascimento (PT do B)-- tiveram 1% cada um.

Brancos e nulos somam 4%, e 15% dos entrevistados não sabem em quem votar.

Segundo Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha, "a pesquisa mostra que há forte influência do ex-governador Aécio Neves (PSDB) no crescimento de Anastasia".
No início de agosto, antes do horário eleitoral, 23% dos eleitores de Aécio para o Senado declaravam o voto em Anastasia. Agora o índice alcançou 46%.




NOVA PESQUISA (30/08) - DO ESTADO DE MINAS - ANASTASIA CRESCE
POR Isabella Souto:
As eleições para governador de Minas Gerais tendem a uma reviravolta. O governador Antonio Augusto Anastasia (PSDB) apresenta uma tendência de crescimento e deve ultrapassar seu principal adversário, o senador Hélio Costa (PMDB). É o que revela a primeira rodada de pesquisas do Instituto EM Data, realizada entre o dia 26 deste mês e no domingo com eleitores de 51 municípios. A 34 dias da votação, o peemedebista é o preferido de 39% do eleitorado, mas é seguido de perto pelo tucano, apontado por 32% dos mineiros. Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados os nomes dos candidatos, eles estão empatados tecnicamente: 22% para Hélio Costa e 21% para Antonio Anastasia. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

A mudança no quadro é esperada porque 51% dos eleitores desconhecem o governador do estado (15% nunca ouviram falar e 36% o conhecem só de nome), aliada ao fato de que 55% dos mineiros pretendem votar no candidato que represente a continuidade, enquanto 24% tendem a votar em quem for oposição. “Quem o conhece está optando por ele (Anastasia). À medida em que o governador se tornar mais conhecido, mantendo as atuais tendências de voto, o indicativo é de crescimento de sua candidatura”, explicou o cientista político Adriano Cerqueira, diretor do Instituto EM Data. Além disso, 18% dos eleitores – quase 2,5 milhões de pessoas – ainda estão indecisos e não sabem em quem votarão.

Para ter uma ideia, um quarto dos eleitores conhecem bem Hélio Costa – que já disputou duas eleições para governador e uma para senador –, enquanto 14% têm o mesmo grau de conhecimento em relação a Anastasia. E apenas 4% nunca ouviu falar do candidato do PMDB. Entre os eleitores que disseram conhecer bem os candidatos, mais ou menos ou só de nome, houve um empate técnico no grau de aceitação deles. Hélio Costa é o único que receberia o voto de 29% dos entrevistados, enquanto Anastasia foi citado por 24%.

Ainda podem mudar o seu voto 38% daqueles que hoje preferem o peemedebista e 37% dos que escolheram o tucano. “No comparativo do grau de aceitação das candidaturas, Hélio Costa tem leve vantagem sobre Antonio Anastasia no grau de rejeição, mas o índice do governador é baixo”, diz Adriano Cerqueira. O tucano não receberia o voto de 22% dos mineiros, enquanto o peemedebista é rejeitado por 17% daqueles que responderam ao questionamento.

Propaganda eleitoral

Apontada como o principal mecanismo para conseguir votos – e até mesmo anular uma rejeição –, a propaganda eleitoral ainda não está interessando os mineiros. Apenas metade dos eleitores do estado (52%) tem acompanhado os programas dos candidatos. Percentual considerado baixo, levando-se em conta a complexidade das eleições – são cinco cargos – e ainda o fato de que são dois votos para o Senado. Entre aqueles que acompanham os programas, a maciça maioria (94%) os assistem pela televisão, enquanto o rádio recebeu minguados 4% das citações. Outros meios foram apontados por 1% dos entrevistados.

Os dois principais padrinhos dos candidatos nestas eleições – o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador Aécio Neves (PSDB) – têm força eleitoral semelhante entre o eleitorado. O levantamento mostrou que ter o apoio de Aécio aumenta em 38% as chances de Anastasia receber o voto. O presidente Lula atrai 40% dos mineiros para a candidatura de Hélio Costa. “Lula e Aécio empatam no impacto positivo de seus apoios, praticamente um anulando o efeito benéfico do outro”, analisa Cerqueira. A influência dos presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), por sua vez, é bem menor. A petista influencia o voto de 27% dos eleitores, enquanto Serra estimula 20% dos entrevistados a votarem em Anastasia.



VIRADA EM MINAS - NOVA PESQUISA NESTE SÁBADO 28/08/10 MOSTRA: O PROFESSOR ANASTASIA COM 35% ENQUANTO HÉLIO COSTA CAI DE 38% PARA 33%.

Por Mateus Castanha - Estado de Minas:

Pesquisa divulgada neste sábado pelo Ibope, encomendada pelo jornal Estado de São Paulo e TV Globo, aponta a virada do candidato à reeleição ao governo de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), sobre o peemedebista Hélio Costa. O tucano cresceu oito pontos e chegou a 35% das intenções de voto, contra 33% do concorrente.

Na última pesquisa do Ibope, realizada entre os dias 18 e 20 de agosto, Anastasia tinha 27% das intenções de voto. Já Hélio Costa liderava com folga e tinha 38% da preferência popular.


Vanessa Portugal (PSTU) e Zé Fernando Aparecido (PV) têm 1% cada e os demais não pontuaram. Brancos e nulos somaram 6% e os indecisos chegam a 24%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa ouviu 1.806 eleitores e está registrada no TRE/MG sob protocolo 65090/2010 e no TSE sob protocolo nº 26113/2010.

Segundo turno

Ainda de acordo com a pesquisa, a situação de empate técnico na corrida pelo governo de Minas se repete no segundo turno. Antonio Anastasia teria 37% das preferências, contra 36% de Costa. Na contagem dos votos válidos, segundo o Ibope, o tucano está hoje a um ponto mais um voto de vencer no primeiro turno: tem 49% das intenções, contra 46% do rival do PMDB.


Nova pesquisa Datafolha, 27 de Agosto de 2010: Anastasia cresce 12 pontos, diz Datafolha - Ex-ministro tem 43% dos votos contra 29% do tucano

Elaine Resende - Estado de Minas
As duas primeiras semanas de propaganda eleitoral gratuita fizeram a diferença cair entre os candidatos ao Palácio da Liberdade, segundo pesquisa divulgada esta sexta-feira pelo DataFolha a pedido do jornal Folha de S. Paulo e da Rede Globo. O levantamento mostra que o ex-ministro Hélio Costa (PMDB) ainda mantém a liderança em Minas com 43%. Já o candidato à reeleição, o governador Antonio Anastasia (PSDB), alcançou 29% das intenções de voto, tendo crescido 12 pontos em relação à pesquisa feita anteriormente, quando tinha 17% da preferência do eleitorado.

Em julho, quando a campanha já havia ganhado às ruas, Hélio Costa, da coligação “Todos Juntos por Minas”, aparecia com 44% . Na pesquisa seguinte, o peemedebista caiu um ponto, passando para 43%. Pela nova pesquisa desta sexta, o senador se manteve no mesmo percentual. Já a candidatura de Anastasia, da coligação “Somos Minas Gerais”, aparecia em julho com 18%, caiu para 17% no início de agosto e agora conta com os 29% do eleitorado. Os números mostram que o tucano não roubou eleitores de Hélio Costa, mas cresceu conquistando votos dos que se declaravam indecisos e/ou dos candidatos nanicos.

Vanessa Portugal (PSTU) e Fabinho (PCB) oscilaram negativamente de 2% para 1% cada. Professor Luiz Carlos (PSOL), Zé Fernando Aparecido (PV) e Edison Nascimento (PT do B) também têm 1%. Pepê (PCO), cuja candidatura foi indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 24 deste mês, não pontuou. O percentual de eleitores indecisos se mantém elevado: 16%. Já os eleitores que declararam votar em branco/nulo somam 7%.

O Datafolha entrevistou em Minas 1.261 eleitores em 52 cidades do Estado, na segunda e terça-feira desta semana. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) com o número 25452/2010.


NOVA PESQUISA (23/08/10) IBOPE GOVERNO DE MINAS HÉLIO COSTA CAI DE 39% DAS INTENÇÕES DE VOTOS PARA 38%; ANASTASIA CRESCE PARA DE 21% PARA 27%. VEJA DADOS COMPLETOS ABAIXO:
É a primeira pesquisa após início do horário eleitoral obrigatório.

Do G1 MG


O Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) divulgou nesta segunda-feira (23) pesquisa sobre as intenções de voto para o governo de Minas Gerais nas eleições deste ano.
Veja a nova (26/08) pesquisa para presidente aqui

Esta é a primeira análise realizada depois do início do horário eleitoral obrigatório no rádio e na televisão. A pesquisa foi feita entre os dias 18 e 20 de agosto com 2.002 eleitores entrevistados no estado.
De acordo com os dados do Ibope, Helio Costa, candidato do PMDB, tinha 39% dos votos na pesquisa divulgada em 30 de julho. Agora tem 38%.

Antonio Anastasia, do PSDB, aparecia com 21%, e agora apresenta 27% das intenções.

Vanessa Portugal, do PSTU, foi de 2% para 1%.

O Professor Luiz Carlos, do PSol, e Zé Fernando Aparecido, do PV, mantiveram 1% dos votos cada um.

Os votos brancos ou nulos eram 8% e agora representam 7%.

Vinte e cinco por cento dos eleitores continuam sem saber em quem votar.

Edilson Nascimento, do PT do B, Fabinho, do PCB, e Pepê, do PCO, não atingiram 1% das intenções de voto.

Ainda segundo o Ibope, a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 62810/2010.
Postar um comentário