quarta-feira, 28 de abril de 2010

KÁTIA ABREU É "O CARA" PARA VICE DE JOSÉ SERRA

(data original da postagem 18 de abril de 2010, às 21:01)
"Kátia Abreu não tem voto", argumentaram alguns colegas apressadamente quando disse que ela seria a melhor vice para Serra, caso Aécio Neves seja descartado. Mas eu argumentei "Kátia agrega valor. E valor é voto." Vamos aos detalhes.

Vista à distância Kátia Abreu é uma mulher forte, guerreira, que enfrentou sem medo o patrulhamento esquerdista e tornou-se a mais admirada e respeitada liderança política em defesa do cumprimento das leis e do estado de direito no país. Kátia conquistou o respeito da sociedade brasileira ao defender inicialmente o segmento ruralista produtivo com destemor de uma mãe que luta para proteger a sua cria. Eu e muita gente nos tornamos seus fãs por encontrarmos nela o que faltou em muito marmanjo da oposição: a dignidade para fazer política, enfrentando o popular governo Lula, em seu auge.

O que vemos de longe é o que o seu amigo Reinaldo Azevedo celebrizou no título de um artigo que escreveu sobre a atuação dela: "Kátia Abreu é homem mais corajoso da oposição." Mas e de pertinho, quem é Kátia Abreu? Uma mulher vibrante, bonita, brincalhona, interessada nas pessoas, carismática. Quando eu cheguei próximo dela no lançamento da candidatura de Serra e a vi, supreso, assoviar com os dedos na boca toda entusiasmada, numa alegria contagiante não tive dúvidas, disse-lhe: "Katia você é uma moleca". Ela sorriu, então, eu lhe pedi para fazer de novo para eu tirar uma foto. Ela fez.

Bem, é essa soma da conhecida mulher forte e guerreira com a militante-entusiasmada - lado pessoal seu ainda desconhecido do grande público - que pode fazer o Brasil se encantar e agregar o valor adicional que José Serra precisa para levar a eleição... no primeiro turno. Quando começei a conversar com ela, lhe disse que eu era seu fã "Kátia, eu sou seu fã", a mesma e coincidente expressão eu ouvi da jovem pessedebista de perfil centro-direita Stefânia Akel, quando lhe contei sobre o encontro com Kátia Abreu. Ela disse :"Eu sou fã dela."

O perfil da senadora pode contribuir para a performace especialmente entre dois grupos de eleitores, as pessoas de centro de direita e os homens. "Ah, mas o pessoal de centro direita já vai votar em Serra mesmo." É verdade, mas se eles votarem e fizerem campanha é melhor ainda e a senadora pode despertar muito mais o entusiasmo dessa gente. O outro grupo são os homens onde nas pesquisas, Serra está na frente, mas tem um desempenho bem inferior ao que consegue junto às mulheres.

Mais: haverá uma natural comparação dela com a carrasca do PT. E isso é muito bom, porque a vantagem é toda dela: carismática, cheia de graça, já disputou e venceu eleições, demonstra interesse genuíno pelas pessoas, é forte, mas delicada. E a competidora Dilma? É feia, horrorosa mesmo, dura e cheia de brutalidade - desajeitada, nunca disputou eleição, trata as pessoas a chutes e pontas pés, grosseria em público e em privado é o seu negócio. Kátia sendo tudo que é, complementa bem a candidatura de José Serra tornando-o mais palatável e humano, para quem não conseguiu perceber, ainda, o grande sujeito que está atrás do homem sereno.

Aqui eu com a admirável senadora Kátia Abreu, numa foto
feita pelo nobre senador Demostenes Torres também do DEM
E além de somar esses valores a candidatura de José Serra, ela tem conteúdo, conhece o PT e sabe agir para desmascarar as vigarices petralhas. Ela é "o cara"! Aliás, no momento do discurso de FHC comentei com ela: "como é que eles iriam deixar ele de fora dos discursos?" Ela respondeu: "eles não sabem defendê-lo". Bem, essa é outra contribuição que Kátia pode dar: defender, com coragem, o que foi feito pelo PSDB, inspirado pelas ideias liberais do seu ex-PFL. Enfim, Kátia Abreu pode ser a vice ideal!


PS.: A luminosidade do
ambiente era baixa, por isso, que as fotos tiradas do celular perderam qualidade.

Postar um comentário