sábado, 1 de agosto de 2009

Acidente na CSN Minas Gerais (em mina), Congonhas, da deixa três mortos e três feridos

BRENO COSTAda Agência Folha, em Belo Horizonte
Três funcionários de uma empresa prestadora de serviços da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) morreram nesta quinta-feira em acidente numa mina da companhia, em Congonhas (89 km de Belo Horizonte). Outros três funcionários ficaram feridos. Um deles permanecia em estado grave até o início da noite de hoje.
Segundo o Corpo de Bombeiros e a CSN, os seis montavam a estrutura de um transportador de correia, nome técnico de uma espécie de esteira que transporta minério. Por volta das 10h, parte da estrutura, com cerca de 20 metros de altura, desabou. Os operários, que usavam equipamentos de proteção, caíram.
Três morreram na hora. Um ferido grave, com traumatismo craniano, foi levado de helicóptero para a capital mineira.
Para o Corpo de Bombeiros, a queda foi provocada por uma peça que se soltou. A causa da falha, no entanto, não está esclarecida. O caso é investigado por peritos do Instituto de Criminalística de Belo Horizonte. A CSN criou uma comissão interna para apurar o acidente.
A CSN informou que os operários trabalhavam para a LMM Montagem e Manutenção de Equipamentos Industriais, empresa contratada para montar o transportador. A reportagem ainda não localizou representantes da LMM.
A obra faz parte da ampliação da capacidade de produção da mina Casa de Pedra, onde ocorreu o acidente. A mina fornece todo o minério de ferro usado na usina siderúrgica da CSN em Volta Redonda (RJ). (data original 01/10/09)
Postar um comentário