quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

ENQUANTO O NORTE DE MINAS DEFENDE SEUS INTERESSES; NOSSOS "LÍDERES" TRATAM DE DEFENDER SUAS CONVENIÊNCIAS PARTICULARES, IMPORTANDO ATÉ "SETE-LAGOANOS"

OU VEJAM ISSO:
O texto abaixo é que vai na imagem e pode ser lido também clicando aqui:
PREFEITADA norte-mineira não quer se arriscar com os pára-quedistas que já estão caindo na região. Digo isso, porque a cada dia tenho visto e ouvido o interesse cada vez mais crescente dos alcaides em querer apoiar candidatos da região contra os pára-quedistas que sempre aplicam o golpe do famigerado “ouro de tolo”, ou seja brilha e parece bonito, mas não tem nenhum valor, principalmente após as eleições. Por isso que a candidatura que já está decolando é a do jovem advogado Fabrício Diniz. Sem fazer muito alarde, mas visitando todos as bases eleitorais que já estiveram ao lado do seu saudoso pai, o deputado federal Fernando Diniz, Fabrício tem conseguido a adesão de prefeitos e lideranças norte-mineiras, revertendo um quadro político-eleitoral que até então parecia desfavorável à sua candidatura. Pelo andar da carruagem e das adesões que Fabrício Diniz e outros jovens candidatos têm recebido, tudo leva à crer que teremos muitas renovações no quadro político a partir de janeiro de 2011.

Comento
Por isso eles têm muitos e bons representantes, com a gente é o contrário. A gente poderia aprender algumas coisa com eles, a começar rejeitando, como é mesmo o nome do golpe dito no texto acima?, o "golpe do famigerado 'ouro de tolo'".
Postar um comentário