domingo, 20 de dezembro de 2009

Dizem que grupo de "Estela" matou jornalista e integrantes do Exército

Do jornal O Tempo:
Terrorismo. Spam associa crimes da ditadura a Dilma
Circula na internet um e-mail atribuindo à ministra-chefe da Casa Civil e pré-candidata à Presidência, Dilma Rousseff, crimes cometidos durante a ditadura militar. A mensagem traz fotos de integrantes do Exército e de um jornalista que teriam sido mortos em atentados e execuções supostamente atribuídos ao grupo ao qual a ministra pertencia. O e-mail também traz a ficha policial da ministra, que era conhecida pelo codinome de Estela.
Postar um comentário