VISITE ANTES DO LANÇAMENTO PARA CONHECER E ESCOLHER O SEU LOTE

terça-feira, 3 de agosto de 2010

ASSIM COMO FOI DITO AQUI HÁ UM ANO: RONALDO CANABRAVA NÃO PODERÁ CONCORRER, ESTÁ COM OS DIREITOS POLÍTICOS CASSADOS PELA PERDA DO MANDATO DE PREFEITO

Há um ano eu escrevia Ronaldo Canabrava não pode ser candidato, hoje a justiça diz exatamente o mesmo. Leiam a matéria do Estado de Minas:

Nesta segunda-feira, a três dias do prazo final para análise dos processos referentes a registros de candidatura para as eleições de 2010, mais três candidatos tiveram o pedido de registro negado devido à Lei “Ficha Limpa”. Com mais essas impugnações, sobe a 13 o número de barrados em Minas.

Francelino Silva Santos, candidato a deputado estadual pela Coligação “Projeto Vitória 2010” – PRP/PTdoB -, teve registro indeferido em função de inelegibilidade por improbidade administrativa. Patrícia dos Santos Martins Rocha, candidata a deputada federal pela Coligação “Unidos por Minas” – PSL/PSDC/PMN -, não conseguiu registrar a candidatura pelo mesmo motivo. Já Ronaldo Canabrava, candidato a deputado estadual pela Coligação “Unidos por Minas” – PSL/PSDC/PMN -, não poderá concorrer nestas eleições por inelegibilidade causada pela cassação de seu mandato de prefeito de Sete Lagoas, em 2006, e por suspensão de direitos políticos por condenação em ação civil pública.

De 19 de julho a 2 de agosto, de um total de 1.752 pedidos de registros de candidaturas protocolados no TRE-MG, foram indeferidos 245.
Postar um comentário