sábado, 8 de junho de 2013

PREÇO DE IMÓVEIS EM BH BELO HORIZONTE VALOR DO METRO QUADRADO M²

Preço de imóveis cai em BH e acumula alta de 5% em todo o país

Das 16 cidades cujos preços são monitorados, apenas na capital mineira e em Florianópolis registraram queda no período, segundo Índice FipeZap Ampliado

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
Inflação do aluguel acelera
Belo Horizonte e Florianópolis foram as duas capital que registraram queda nos preços dos imóveis
PUBLICADO EM 05/06/13 - 09h29
Em maio, o Índice FipeZap Ampliado - que acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 16 cidades do País - registrou aumento de 1%, taxa ligeiramente menor que a anunciada em abril (1,1%).

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (5). Com isso, o preço anunciado acumula alta de 4,9% nos cinco primeiros meses de 2013.
A variação do último mês é ligeiramente menor que a registrada em abril, quando a alta foi de 1,1%.
Das 16 cidades cujos preços são monitorados, apenas duas registraram queda nos preços no período: Belo Horizonte (-0,1%) e Florianópolis (-0,2%).
As maiores altas foram registradas em Curitiba (3,3%) e no Recife (2,9%). No Rio de Janeiro, que já tem o metro quadrado mais caro do país (R$ 9.160), a variação de preços chegou a 1,2% em maio. Em São Paulo, a alta foi de 1%.
As mais caras
Brasília desponta como o segundo metro quadrado mais caro do país só perdendo para o Rio de Janeiro. O custo médio na capital federal é de  R$ 8.346.
São Paulo ocupa o terceiro lugar, com o metro quadrado anunciado valendo, em média, R$ 7.192. Entre as cidades pesquisadas, o preço mais barato foi encontrado em Vila Velha (R$ 3.542).
Índice composto
O Índice FipeZap Composto acompanha a evolução média do preço nas sete cidades que originalmente faziam parte do indicador e que tem série histórica maior – subiu 0,9% em maio, ante abril.
Ao longo deste ano, o indicador composto tem alta acumulada de 4,7%. No período de 12 meses, o FipeZap Composto registrou aumento de 11,9%, mesma taxa observada em abril, mas quase a metade do que havia sido medido em maio de 2012, quando o aumento foi de 19,9%.
O Índice FipeZap  acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 16 municípios brasileiros com base em anúncios da internet. Os municípios abrangidos são: Rio de Janeiro, São Paulo, Niterói, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, São Caetano do Sul, Florianópolis, Porto Alegre, Santo André, Salvador, São Bernardo do Campo, Vitória, Curitiba e Vila Velha.
Postar um comentário