sexta-feira, 21 de outubro de 2011

DR. AFRÂNIO, UMA RESERVA, SIM, MUITO RICA, MAS INEXPLORADA E IGNORADA


"Dr. Afrânio Avelar era uma reserva moral que Sete Lagoas tinha...", "Dr. Afrânio fez isso e aquilo por Sete Lagoas", "Dr. Afrânio, Dr. Afrânio e Dr. Afrânio. Tudo muito bem tudo muito bom Dr. Afrânio era mesmo um dos homens públicos mais admiráveis, visionário e capaz que Sete Lagoas tinha. Descobri isso nas conversas que tivemos e em momentos como o do discurso que segue abaixo preparado pessoalmente por ele em 2007 e pronunciado em audiência pública. Por isso, passei a ser um entusiasmado admirador seu e tive o privilégio de ganhar o seu respeito e o seu apreço. Um orgulho sem tamanho para mim.

Mas o que eu constatei não só agora na hora da sua morte foi que as pessoas diziam essas coisas bonitas sobre ele, entretanto ignoravam-o por completo. As pessoas que estiveram e estão no poder deixaram de explorar a sua capacidade e a sua brilhante vitalidade muito viva até seu último minuto de vida. Desperdiçaram uma enorme riqueza. Faltou a essas pessoas o que ele tinha de sombra: "largueza de visão".

Orgulho: eu o conheci e tive a oportunidade de ser conhecido por ele
E ele podeira e queria muito contribuir só não foi chamado fazê-lo. Um dia saindo do Clube Náutico ele me disse: "Eu é que tô velho Leonardo, eles é que estão olhando para o passado". Ele referia-se a sua sempre preocupação, o saneamento de Sete Lagoas, questão que nos aproximou muito. Assunto que descobri depois de conhecê-lo que o que eu dizia era tudo o que ele sempre disse. E ele se foi preocupado com a nossa água me revelou Adriana - sua filha que é secretária de saúde em Esmeraldas. Ela me contou que há 6 seis meses ouviu Dr. Afrânio temeroso como sempre com a situação do abastecimento de água de Sete Lagoas que estava acabando e a cidade só crescendo "como vai fazer?".

A verdade é que Dr. Afrânio foi jogando no ostracismo por muitos dos que o elogiavam, mas nunca o quiseram com a sua capacidade e a sua verdade desconcertante para eles enroladores do povo. Esses o mataram antes como homem público que nunca perdeu a paixão por servir. Mas nós ainda podemos recuperar muito dele em benefício de Sete Lagoas, basta querer servir o povo como ele nós ensinou, com seu exemplo.

Para isso, temos que ser grandes assim como ele foi e ouvi-lo a nós interpelar atitude em favor do povo! Ouçam ele:





Postar um comentário