segunda-feira, 2 de maio de 2011

EXPLICAÇÃO NECESSÁRIA

Veja a notinha que segue, comento sobre ela em seguida:


Esta nota saiu na sexta-feira, 17 de setembro de 2010, no jornal Sete Dias e reforça para Sete Lagoas a insatisfação exposta pelo Governador Anastasia em seu programa eleitoral, com administração do prefeito Maroca de Sete Lagoas.

O que fez o professor foi deixar claro para a sociedade sete-lagoana e mineira que Hospital Regional a ser instalado na cidade já tem verba DISPINÍVEL e só não sai do papel porque a prefeitura local não faz a sua parte. Foi isso que eu fiz no texto veiculado no som do carro e fui criticado como se estivesse atrapalhando a campanha; foi isso que deixou claro governador na televisão e rádio.

Aliás, o governador sofreu e sofre desgaste (vide debate Band na época da campanha, onde o Hélio Costa explorou a questão do hospital regional) pela inoperância da administração local de Sete Lagoas. Assim, é equivocado e muito injusto dizer que eu atrapalhei na campanha sem conhecer a realidade de Sete Lagoas. Muito pelo contrário eu ajudei a que a população distinguisse o excelente trabalho de Anastasia-Aécio da incompetência Nefasta de Maroca-petralhas (o PT ainda estava no governo). No texto do carro de som que rodou falando do hospital cumpriu bem esse objetivo. É só vê-lo, ele está abaixo. O que fiz foi ajudar o governador e expor o verdadeiro culpado, a gestão Maroca, obviamente que eu seria alvo da censura da administração local eles diriam que estava atrapalhando a campanha, mas quem não se importava de verdade com o professor eram eles, que até cederam gente para campanha do PMDB-PT.

Desta feita, é importante que sejam colocados todos os pingos nos is para que alguém que como eu que agiu em sintonia com a campanha não venha ser injustiçado. A seguir está a mensagem que veiculei no som do carro e ajudou a esclarecer que o verdadeiro responsável pelo problema não era o governador Anastasia.

Sete Lagoas, aqui é o Leonardo Barros, e como vocês estou indignado com a administração Maroca. O Hospital Regional é um exemplo da ruindade desta gestão: com dinheiro que eu ajudei a conseguir junto ao Governo do Estado, falta boa vontade para construí-lo no Aeroporto. No Saneamento a situação continua precária. Precisamos da Copasa. Muita gente acompanha minha batalha ou já ouviu falar, na Assembleia ela será mais forte. O blog que escrevo é o leonardobarros.com Meu número? 23023.
Postar um comentário