quarta-feira, 3 de agosto de 2011

GERENTE DO DLO REVELA OS "TRAMITES" QUE ESTÃO FAZENDO OS INVESTIDORES E ATÉ CIDADÃOS DESISTIREM DE SETE LAGOAS. MAIS: ADM MOROCA RECEBEU PUXÃO DE ORELHA DA CEF - TUDO ISSO CONTADO PELO FUNCIONÁRIO DE CONFIANÇA DE MAROCA

Washington Luiz de Avelar Oliveira é o atual chefe do DLO - Departamento de Licenciamento de Obras de Sete Lagoas, mas pode chamar o sistema todo processo de Atraso de Obras. Ou política de Atraso do crescimento do Maroca. A entrevista é enfadonha, lenta, assim como o DLO do Maroca, mas MUITO, MUITO, MUITO reveladora.

OS PROCESSOS DE APROVAÇÃO DE OBRAS ESTÃO LEVANDO 1 ANO EM SETE LAGOAS, NA MAIORIA DAS CIDADES ISSO OCORRE EM UMA, 2 SEMANAS. EM OUTRAS A APROVAÇÃO É EM DIAS E ATÉ HORAS. ESSA LENTIDÃO É UMA AÇÃO DE XENOFOBIA EXPLICITA E RESERVA DE MERCADO QUE SÓ PREJUDICA O CONSUMIDOR. REPAREM A EMPRESA RODOBENS DEPOIS INVESTIR 15 MILHÕES EM COMPRA DE TERRENO NA CIDADE ESTÁ SENDO IMPEDIDA DE CONSTRUIR CASAS - MORADIAS PARA PESSOAS DE CLASSE MÉDIA BAIXA.. QUEM PERDE COM ESSA POLÍTICA É A CIDADE, SÃO AS PESSOAS QUE FICAM REFÉM DE POUCAS E RUINS OFERTAS DE IMÓVEIS.

Postar um comentário