sábado, 20 de agosto de 2011

CIDADÃOS EM UMA SOCIEDADE CONECTADA VIRTUALMENTE FORMA UMA FORÇA REAL. OU: TEMOS PODER PARA IMPEDIR UM AUMENTO PARA 21 VEREADORES EM SETE LAGOAS E MUITO MAIS


  • Cidadãos como essa moça, Raquel Vitória, estão fazendo a diferença:

    Raquel Vitória uma campeã de audiência. Seus posts geram inúmeros comentários, como este que tem até agora: 126. Por isso Raquel VITÓRIA!

    há 4 horas ·  ·  1 pessoa

  • Raquel Vitória 
    rsrsrs.. Nada, só mais Humilde Leonardo Barros...hehehe Mais é só questão da realidade... Quando as pessoas reconhecem que tem coisas erradas na cidade em que elas vivem, simplesmente quem não concorda não fica calado. Todos nos pagamos impostos e temos nossos dinheiros, que são conquistados com muito sacrifício, para que?? Para encher bolsos de outras pessoas? Isso não pode ficar assim mesmo, o que não podemos é fechar os olhos e deixar que passem por cima da gente, sem que nós cidadões possamos fazer alguma coisa. "Obrigada"!

    há ± 1 hora ·  ·  3 pessoas

  • Leonardo Barros Fiz questão do registro porque a sua participação cidadã feita de forma simples e autêntica simboliza bem a força de uma sociedade conectada pela tecnologia virtual que fazem a força real para as mudanças que precisam acontecer.

    E nesse "fazer alguma coisa" os cidadãos aprendem que podem fazer mais que esperavam, amadurecem a sua atuação e descobrem o poder que tem o exercício da sua liberdade como cidadãos de um país livre. Ou seja, não é preciso ter mandato para influenciar, para ter poder, é preciso ter essa disposição Raquel Vitória que muitos tem aqui no face, em blogs, em jornais, na rua... para exercer o poder que a cidadania lhe dá.

    Essa força pode, por exemplo, impedir o escandaloso aumento para 21 vereadores em Sete Lagoas, somando aos 13 mais 8. Essa mesma mobilização pode fazer aumentar sim a quantidade e a qualidade do trabalho dos senhores vereadores e ainda, por cima, obrigá-los a ter transparência de verdade com seus gastos, bem como, diminuir o ganho extorsivo quem tem hoje.

    Encerrando, o modelo de democracia representativa tem de ser preservado e valorizado, mas os nossos representantes, ou candidatos a tais, não podem ignorar o sentimento da sociedade. Estes devem se dar conta que a sua atuação tem que ser permeada pela sua vontade.

    Afinal, "Todos nos pagamos impostos e temos nossos dinheiros, que são conquistados com muito sacrifício, para que?? Para encher bolsos de outras pessoas?"

    alguns segundos atrás · 
Postar um comentário