terça-feira, 28 de junho de 2011

Porque reagi e denunciei o prefeito? Porque Maroca mandou dizer que iria me matar se eu não calasse a minha boca - foi durante a campanha de 2010

Prefeito Investigado 
Porque reagi!
Muitos não sabem, quase ninguém sabe. E se eu não contasse hoje na rádio, não seria a "imprensa" de Sete Lagoas que vai fazer", não é mesmo? Então segue a informação. A 7ª Promotoria Ministério Público de Sete Lagoas mandou abrir inquérito criminal contra o prefeito Maroca e seus capangas. Ele mandou que eu calasse, me ameaçou de morte, humilhou, açoitou, bateu através de seus capangas que executaram esse serviço sujo. Eu reagi. Não me calei, não me recolhi como ele queria que eu fizesse. Denuncie ele e seus comparsas. A quadrilha toda. Fiz isso por mim, para defender a minha honra, a minha liberdade. E sei que ao defender esse direito individual estou resguardando o direito que é de cada um, mas que em Sete Lagoas sob a gestão do governo Maroca estava fortemente ameaçado.

A intimidação, a violência, começava a se transformar no método de relacionamento desse governo com seus adversários. Eu fui a primeira vítima, alguma dos atos de violência vocês acompanharam aqui, mas nada que chegue aos pés do que sofri e denunciei as autoridades policiais e ao ministério público, que imediatamente mandou que se instaurasse o inquérito.

Em qual estágio a coisa está neste momento? O delegado Dr. Arlei que preside o inquérito enviou os autos para Tribunal de Justiça solicitando prologamento da investigação. O TJ ainda não devolveu o inquérito para o prosseguimento das diligências policiais.

Novas informações ainda esta semana.
Postar um comentário