VISITE ANTES DO LANÇAMENTO PARA CONHECER E ESCOLHER O SEU LOTE

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

SOBRE MINHA POSIÇÃO DE SUSPENDER O APOIO A AÉCIO, ANASTASIA E PIMENTA DA VEIGA

Sobre a minha posição exposta ontem de SUSPENDER (e isso em absoluto significa mudar de lado) o apoio aos candidatos Antonio Anastasia, Pimenta da Veiga e Aécio Neves, ela foi e está sendo sim uma forma de protesto, de indignação, de expor um problema, o qual já venho tratando sem nenhum alarde há 25 dias e vendo um claro privilégio para alguns. O pior, é que como havia o compromisso e até fomos a produtora contratada pelo PSDB para elaborar as peças deste material, não me ocupei de fazer os santinhos por minha conta. E quando vi que alguns colegas candidatos do PSDB receberam o material imaginei que o meu material não demoraria. Engano meu. Aí procurei o presidente do meu partido há uma semana. Continuei sem receber o material. A gota d'água foi a cobrança dos meus apoiadores que precisam do material e estavam me cobrando para me ajudarem na campanha, enquanto alguns dos filhinhos do papai (os herdeiros e sucessores) receberam há quase mais de um mês o material. Aí você precisa reagir. Sim, conto com canais diretos com todos eles, mas chega um momento que fica chato você cobrar e cobrar e nada. Neste sentido, o presidente do meu partido me garantiu que até 16 horas de segunda-feira a coisa se resolve. 

O fato é, tenho admiração e respeito pela competência dos três candidatos em questão, porém há algo que precisa mudar urgentemente: a manutenção desta tradição de privilégio hereditário dentro do grupo político do PSDB de Minas, que eles ainda não entenderam que precisa mudar também. Sei que já mudaram muita coisa importante, exemplo disso, é o fato de Aécio ter liderado como então presidente da Câmara dos Deputados o fim da imunidade parlamentar, que impedia que deputado fossem processados. Ou seja, para algum deputado ser processado tinha de haver a autorização do Supremo.


Postar um comentário