quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Deputado do PT diz que Correios ajudaram Dilma em MG

Deputado do PT diz que Correios ajudaram Dilma em MG

Em vídeo, Durval Ângelo afirma que presidente-candidata só atingiu 40% de intenção de voto no Estado porque "tem dedo forte dos petistas" na estatal

A presidente Dilma Rousseff em campanha com Fernando Pimentel em Belo Horizonte (MG) - 29/09/2014
A presidente Dilma Rousseff em campanha com Fernando Pimentel em Belo Horizonte (MG) - 29/09/2014 (Ichiro Guerra/Divulgação/VEJA)
Numa reunião com dirigentes dos Correios em Minas Gerais, incluindo o presidente da empresa pública, Wagner Pinheiro, o deputado estadual mineiro Durval Ângelo (PT) afirmou que a presidente-candidata Dilma Rousseff só chegou a 40% das intenções de votos no Estado, porque "tem dedo forte dos petistas dos Correios". Ângelo é integrante do Diretório Nacional do PT, e Pinheiro, filiado ao diretório petista do Rio de Janeiro.
Em declaração gravada em vídeo, o parlamentar petista diz: "Se hoje nós temos a capilaridade da campanha do [Fernando] Pimentel [candidato do PT ao governo de Minas] e da Dilma em toda Minas Gerais, isso é graças a essa equipe dos Correios". Na gravação, o deputado afirma, ainda, que "a prestação de contas dos petistas dos Correios será com a vitória do Fernando Pimentel a governador e com a vitória da Dilma".
Todo discurso foi acompanhado pelo presidente dos Correios. Wagner Pinheiro estava sentado à mesa ao lado do deputado estadual petista e não o interrompeu em nenhum momento em que ele se pronunciou. Durval Ângelo chegou a fazer um apelo a Pinheiro para que a coordenação da campanha de Dilma reconheça a "grande contribuição dos Correios".  "(...) A Dilma tinha em Minas Gerais, em alguns momentos, menos de 30%. Se hoje nós estamos com 40% em Minas Gerais, tem dedo forte dos petistas dos Correios. Então, queremos que você leve à direção nacional do PT, que eu também faço parte do Diretório, mas também à direção nacional da campanha da Dilma a grande contribuição que os Correios estão fazendo." Aqui
Postar um comentário