sexta-feira, 30 de março de 2012

SETE LAGOAS QUER SER GRANDE BH - TORNAR-SE PARTE DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE

Da Prefeitura:
O secretário de Trânsito e Transporte Urbano de Sete Lagoas, Caio Valace, conheceu de perto, na segunda feira, 26, o Programa de Desenvolvimento do Vetor Norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, (RMBH). A reunião de apresentação do programa foi presidida pelo subsecretário de assuntos estratégicos da Secretaria Estadual de Desenvolvimento (Sede), Luiz Athayde e agendada pelo deputado federal, Márcio Reinaldo. Participou também o deputado estadual Dr. Ronaldo João. Entre os assuntos tratados constam a preocupação com o ordenamento urbano em função do boom populacional e econômico da região, além da implantação de um pólo eletroeletrônico.

O Programa de Desenvolvimento do Vetor Norte da RMBH foi apresentado para que as lideranças políticas de Sete Lagoas conheçam a proposta e alinhem com os projetos de desenvolvimento econômico e de infraestrutura planejados para a região. Entre as melhorias apresentadas estão a criação de um pólo de eletroeletrônica nas proximidades de Sete Lagoas e a implantação de uma rodovia expressa em conjunto com sistema ferroviário de passageiros que vai possibilitar o transporte dos usuários entre Sete Lagoas e o aeroporto de Confins em 30 minutos.

Uma das propostas apresentadas às lideranças de Sete Lagoas foi a incorporação do município à RMBH para o fortalecimento regional na captação de recursos federais e desenvolvimento regional integrado. Com a medida, a cidade evitaria o aumento da expansão imobiliária não planejada que já impede a captação de novos investimentos em muitos municípios de Minas e de outros estados.

O secretário Caio Valace e sua equipe na Seltrans já vinham participando de outras reuniões com a Sede no objetivo do desenvolvimento logístico, viário e de transporte interurbano de Sete Lagoas. Neste encontro, o terceiro, com Luiz Athayde, o secretário falou da percepção de uma melhor compreensão do governo estadual com o desenvolvimento que o município passa. Para Caio “a prova disso será a criação do pólo de produção de eletroeletrônicos na região gerando empregos, renda e uma nova forma de desenvolvimento mais limpa, sustentável e com mais qualidade de vida para a população”.
Postar um comentário